ENSINO DOMICILIAR

Gogol

Últimos posts por Gogol (exibir todos)

Jane Eyre é a personagem principal do romance de mesmo nome, da escritora inglesa Charlotte Brontë. Nele, a protagonista, uma órfã, depois de uma infância triste e difícil, em um orfanato muito mal administrado, após concluir seus estudos, resolve trabalhar como preceptora para uma família um pouco diferente das outras. Por que essa menção? Porque neste artigo vamos falar do ensino domiciliar: os preceptores de outrora eram os profissionais que realizavam essa atividade. Também porque é uma boa dica para quem gosta de ler. Para quem prefere filmes, vários foram…

Ler mais

QUANDO A INEXPERIÊNCIA FALA MAIS ALTO!

Como diria Ortega y Gasset em seu clássico Rebelião das Massas nessa transcrição abaixo: “Nas gerações anteriores a juventude vivia preocupada com a madureza. Admirava os maiores, recebia deles as normas – em arte, ciência, política, usos e regime de vida -, esperava sua aprovação e temia seu enfado. Só se entregava a si mesma, ao que é peculiar a tal idade, sub-repticiamente e como à margem. Os jovens sentiam sua própria juventude como uma transgressão do que é devido. Objetivamente se manifestava isto no fato de que a vida…

Ler mais

O LENÇO DE DESDÊMONA

GVBA

Últimos posts por GVBA (exibir todos)

O Amor revela o que a paixão esconde. Se de tudo há uma raiz que salva a humanidade, seja na filosofia, política ou religião, é no Amor que a verdade humana resplandece até ofuscar o mal que nos ronda. A lealdade não se confunde com a fidelidade, mas quando se fala do Amor são pré-requisitos para todas as atividades sociais sem o custo de causar a falta de paz. É notório que sem atributos e valores não há decisões que nos leve ao Amor. Dentre tantos que a citaram, foi…

Ler mais

EXTRA, EXTRA! LEIAM O JORNAL DE HOJE!

Gogol

Últimos posts por Gogol (exibir todos)

Uma cena cinematográfica das manhãs, principalmente, nas grandes cidades, há algumas décadas: – Extra, extra, leiam o jornal de hoje! Notícias fresquinhas, extra! – Garoto, eu quero um. – Obrigado, senhor. – Nossa, que bomba esta notícia! Como deixamos chegar a este ponto? E o leitor conferia as matérias publicadas, com atenção, com preocupação, com alegria, com tristeza, tudo a depender do que estava escrito lá. Mas por que se preocupar tanto, apenas por alguém ter escrito um texto em um papel? Porque os leitores de ontem acreditavam no que…

Ler mais

QUE ACÓRDÃO É ESSE, STF?

Fábio Talhari

Últimos posts por Fábio Talhari (exibir todos)

A situação neste país está chegando em um grau de arruaça, de baderna e de crimes insuportável! Como já mencionei em artigos anteriores, chegam mesmo ao nível de patologia psiquiátrica essas calúnias, essas acusações malucas, medonhas e mentirosas que estão sendo assacadas pela esquerda, no Brasil. Por certo, deve se tratar de hibristofilia (atração pelo crime e pelo criminoso). Mas para tudo há limite, e o fanatismo dessas pessoas já ultrapassou todos, desde a decência até a lei. Porque o Governo está avançando nas Reformas, na Economia, na Infraestrutura, mesmo…

Ler mais

Por que defender a reforma da previdência

Siga-me:

Vinicius Mariano

Formado em ciência da computação, pós graduando em desenvolvimento de software, estudante de direito e economia nas horas vagas, apaixonado por política e ciências sociais. Ex-esquerdista, que deixou essa pseudo-ideologia por respeito à lógica e ao uso racional do cérebro
Vinicius Mariano
Siga-me:

Dada como uma questão de matemática básica, e não ideológica, a reforma do sistema previdenciário deve ocorrer, segundo os estudiosos do direito, de forma contínua, uma vez que, o termo previdência vem do latim e significa “prevenção”. Analisado sob o contexto em que a previdência social tem sua função principal, que é acolher o sujeito que não tem mais condições de trabalhar, o termo pode ser entendido como uma “prevenção para quando cessarem as forças que garantem o sustento do indivíduo”. Até ai, tudo bem, o problema surge quando forças…

Ler mais

No muro das lamentações

Últimos posts por Kaio Lopes (exibir todos)

Estrutura sagrada de Israel recebe a visita cristã e aproxima a esquerda da religião. Neste primeiro momento, a partir da ida do nosso presidente eleito, Jair Bolsonaro, à terra sagrada, intuindo acordar parcerias diplomáticas e econômicas com os laços ocidentais, tivemos a presença marcante do nosso chefe de Estado ao que conhecemos como “Muro das Lamentações”, que, em suma, substitui o antigo Templo de Salomão, e serve, abdicadas as lembranças sangrentas da vitória romana, como símbolo da busca pelo milagre e pela realização dos sonhos israelitas. A partir desse fato,…

Ler mais

Efeito Borboleta

Últimos posts por Kaio Lopes (exibir todos)

  A teoria do caos resiste à linearidade e mantém acesa a inconstância circunstancial.   O ano era 1963, quando o meteorologista, matemático e filósofo do MIT, Eduard Norton, permeou na ciência um pensamento avesso à trivialidade secular e explicou o fenômeno do EFEITO BORBOLETA, segundo o qual, conforme artigo publicado em 1972, “o bater das asas de uma borboleta no Brasil poderia causar um tornado no Texas”. Embora o título cause-nos estranheza, não devemos indagá-lo num sentido literal, mas numa série de fatores que, em conjunto, poderiam, a partir…

Ler mais

O carnaval e a hipocrisia da militância esquerdista

João Alves

Professor
Formado em Letras Português / Inglês desde 2013
Casado com Luciana
Pai do João Miguel
Defensor da família tradicional como base de toda sociedade
Gosta de música dos anos 1960, 1970 e 1980
É locutor
Toca bateria nas horas vagas
João Alves

Mais um carnaval se foi e deixou marcas inconfundíveis da hipocrisia da galera lacradora. Tivemos, tanto no RJ quanto em Sampa, desfiles de blocos, escolas de samba, muito discurso e campanha contra o assédio sexual masculino, só esse é crime ou só esse acontece e, é claro, muita lacração politicamente correta. Para começar, quero comentar com você a hipocrisia que notei nos desfiles dos sambódromos do Rio e de São Paulo. Veja só: escolas de samba querendo lacrar falando de corrupção e de injustiça social. Logo elas, que são sustentadas…

Ler mais