Quem navega pelas redes sociais se depara com todo tipo de postagens, algumas positivas e até inspiradoras, enquanto outras são deploráveis, e algumas chegam a ser inacreditáveis, tamanha a ignorância de seus autores.

Comigo, claro, não é diferente. Diariamente tenho contato com todo tipo de postagens, e alguns comentários feitos em minhas publicações sempre me chamam a atenção. Hoje quero chamar a atenção de vocês, leitores, para um comentário que foi feito em uma das minhas publicações relacionadas a esportes, onde o autor dizia que devíamos “acabar com o futebol, pois temos coisas mais importantes com que nos preocupar”.

Eu entendo o que o autor da frase quis dizer, embora não concorde com seu argumento. De fato, temos muito com o que nos preocupar. Porém, nem sempre resolvemos os nossos problemas simplesmente eliminando aquilo de que não gostamos. E digo isso pois acredito que o autor da frase não gosta de futebol, ou pelo menos não da mesma maneira como eu gosto, ou como muitos brasileiros também gostam.

Também me parece que a pessoa crê que devemos focar apenas na política, que é um dos nossos maiores problemas atuais, senão o maior deles. Porém creio que tudo é uma questão de foco. E ao contrário do que algumas pessoas possam pensar, é possível termos vários focos diferentes ao mesmo tempo. Isto porque a nossa vida é resultado de múltiplos aspectos, e não se resume a uma só área, como a política ou o futebol. Temos nossos objetivos pessoais, nossa vida amorosa, nossa vida em família, nossas amizades e a nossa vida em sociedade, nossa vida intelectual, nossa vida profissional, nossa vida espiritual, ou seja, nossas vidas tem várias áreas que exigem que tenhamos focos distintos, sem que um atrapalhe o outro, ao menos em tese.

Claro que equilibrar tudo isso em nossas vidas não é tarefa fácil, mas quem disse que viver é fácil, não é mesmo? Por isso acredito que é perfeitamente possível eu apreciar com fervor os jogos do meu Palmeiras, ter os meus momentos de estudos, ter o meu trabalho, ter o meu momento devocional, ter meus momentos com a família e os amigos, sem que um prejudique o outro. As vezes uma área acaba exigindo mais atenção que as outras, o que é normal, mas nós nunca devemos perder o equilibro, priorizando uma área em detrimento das outras, por muito tempo.

Por isso afirmo que é perfeitamente possível sermos engajados politicamente e ao mesmo tempo desfrutarmos dos nossos esportes favoritos. Podemos lutar pelo futuro do país, e ao mesmo tempo desfrutarmos da nossa produção cultural, ouvindo boas músicas e lendo um bom livro. E ainda afirmo que tudo isto não apenas é possível, mas é essencial até mesmo para a nossa vitória no campo político.

Afinal, se deixarmos de lado os esportes, a cultura, a religião, as nossas famílias e relacionamentos, estaremos lutando na arena política pelo quê? Não é justamente para preservarmos tudo o que mais amamos que nós nos engajamos politicamente? Por isso acredito que focar excessivamente e unicamente em uma área não só não é correto, como também pode nos levar ao fracasso por ser um erro estratégico. Quem está buscando atingir um objetivo precisa manter o foco no alvo, mas sem desprezar o cenário ao redor. Ou seja, deve focar na árvore mas sem jamais se esquecer do restante da floresta.

Creio que esta deve ser a nossa atitude no nosso dia a dia: devemos lutar e nos engajar politicamente, devemos pressionar os políticos pela aprovação das pautas que nos beneficiam, mas sem deixarmos de lado aquilo que nos define e que motiva a nossa luta.

Viva a sua vida! Curta o seu futebol ou o seu esporte favorito! Faça aquilo que te dê prazer e ajude a recarregar as energias! Em tempos de CPI circense, o desgaste mental é elevadíssimo, e precisamos de válvulas de escape. Por isso não recrimine se aquele que está ao seu lado está curtindo um futebol. Isso não significa que ele esteja alienado dos nossos problemas e nem alheio às nossas pautas! Chega de chatice e fanatismo! Até porque, de fanáticos que politizam tudo, já bastam os insuportáveis retardados esquerdistas!

 

 

Sander Souza (ConexãoJapão), para Vida Destra, 16/07/2021.
Vamos discutir o Tema! Sigam-me no Twitter @srsjoejp e no Parler @Srsjoejp                  Acessem também o meu blog: Blog do Sander

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Sander Souza
Acompanhe me
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments