Nesta maravilhosa manhã de quinta-feira, os jornais, revistas, e a mídia alternativa na Internet, estampam em suas manchetes, a notícia que o Ministro Alexandre de Moraes  num rompante, acaba numa canetada só, não apenas com o Inquérito das Fakes News como também o dos Atos Antidemocráticos. Expede alvará de soltura da prisão domiciliar de Oswaldo Eustáquio, Sarah Winter, e do Deputado Federal Daniel Silveira, retirando concomitantemente as tornozeleiras eletrônicas. E determina, num passe de mágica,  que as redes sociais são livres e não podem ser censuradas, sob pena de prisão dos donos das Big Techs.

Animado com tanto poder que lhe foi dado pela Lei de Segurança Nacional, passando por cima do STJ, expede mandado de prisão dos governadores João Dória Jr., Flávio Dino, Eduardo Leite, Rui Costa, Camilo Santana e, por último, Fátima Bezerra. Determina o recolhimento de todos em cela única, porque todos são iguais, na prisão recém-ativada da Ilhas das Cobras.

As famílias saem às ruas todas emocionadas, não existe mais pandemia, parece até carnaval, blocos desfilando, todos se abraçam e jogam flores e máscaras para o alto, numa irradiante satisfação, que até chegam a chorar copiosamente.

No conjunto de medidas, o novo herói Alexandre de Moraes determina a prisão de Lula, José Dirceu, da Deputada Federal Maria do Rosário, do Deputado Marcelo Freixo, do Senador Randolfe Rodrigues, todos considerados inimigos da pátria e enquadrados também na Lei de Segurança Nacional. Mas como os Direitos Humanos preponderam, manda os recolher no Presídio de Pedrinhas, no Maranhão.

A velha imprensa não passa incólume e também é levada para o xilindró. Entre eles, William Bonner, Renata Vasconcelos, Monica Bergamo, Vera Magalhães, e de lambuja Amanda Klein, sem contar os donos da Globo, Estadão e da Folha de São Paulo; todos enquadrados na LSN por propagarem FAKE NEWS contra o governo e o presidente.

Em uma partida de porrinha entre Rodrigo Constantino e Miriam Leitão sobre o que é melhor para a humanidade, tratamento precoce ou vacinação, tomam conhecimento das novas notícias e se abraçam efusivamente.

Num paralelo impressionante, a Suprema Corte Americana cassa o mandato de Joe Biden e manda ele contar bolinhas de sabão. Eis que surge Donald Trump na sua dancinha tradicional para reassumir o posto de Presidente dos EUA. E como primeiro ato manda prender XI JINPING, o que é feito pelo FBI numa ação espetacular, que até parece filme de Hollywood, como tudo no filme imita a realidade brasileira, o chinês é levado para a reinaugurada prisão de segurança máxima na Ilha de Alcatraz.

Festejando sua volta a Casa Branca, Trump convida Kim Jong-Un e Putin para um campeonato de Ping-Pong,  o último colocado no certame faria companhia a XI JINPING.

Na Europa, o tampinha Macron é destituído do cargo pelos grevistas franceses, o mesmo acontece na América do Sul com Maduro e Alberto Fernandez, da Argentina, por um grupo de conservadores.

Fico por aqui.

Bem que isso tudo poderia ser verdade, mas é apenas PRIMEIRO DE ABRIL! Claro que Alexandre de Moraes, como herói, é o fim da picada!

 

 

Luiz Antônio Santa Ritta, para Vida Destra, 09/12/2021.
Sigam-me no Twitter! Vamos debater o meu artigo! @LuizRitta

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
PauloSantos60D
PauloSantos60
6 meses atrás

Eu não diria que esse excelente texto utópico e com uma boa dose de humor fosse uma história de 1° de abril. Essa data é tida como o dia da mentira…e eu não vejo a vontade do escritor como mentira.
Mas diria que é um sonho. Mas como todo sonhador, a gente acorda e vê que tudo foi um sonho…
E o pesadelo real continua no Brasil!
Deus tenha misericórdia de nosso País e de seu Povo!