Prezados leitores:

Seguimos com o nosso compromisso de trazer até vocês, todos os sábados, artigos sobre temas relevantes, publicados pela imprensa internacional, e traduzidos pela nossa colaboradora, a tradutora profissional Telma Regina Matheus. Apreciem!

 

Alegação: Epstein tinha salas secretas de computadores no subsolo de seu rancho no Novo México para armazenar vídeos de espionagem de [seus] convidados

 

Fonte: The Western Journal

Título Original: Claim: Epstein Had Secret Computer Rooms in the Basement of His NM Ranch to Store Spy Footage of Guests

Link para a matéria original: aqui.

Publicado em 3 de novembro de 2021

 

Autor: Jack Gist

 

Você já teve a impressão de estar sendo espionado quando fez algo errado? Se você pertencesse à elite global que aprecia garotas menores de idade, talvez se sentisse assim. Esse tipo de “erro” qualifica-se como demoníaco.

No infame Rancho Zorro de Jeffrey Epstein, no Novo México, havia três salas enormes de computadores, que eram usadas para espionar convidados famosos, alegou uma vítima de Epstein, de acordo com reportagem do The Sun.

Segundo o The Sun, Maria Farmer, ex-funcionária do falecido bilionário, afirma que a suposta estadia do Príncipe Andrew no Rancho, em 2000, estaria entre os vídeos de espionagem.

Epstein supostamente tinha um plano diabólico e poderoso: usar o rancho para inseminar mulheres com seu esperma, a fim de gerar uma “raça superior”.

Se isso lhe parece um vilão de história em quadrinhos criado para o público adulto, [saiba que] não é. Isso joga alguma luz sobre por que muitas pessoas acreditam que Epstein pode ter sido assassinado na prisão.

Epstein sabia demais a respeito de muita gente poderosa. Ele sabia demais sobre quão demoníacos os homens podem ser.

Eddy Aragon, proprietário da estação de rádio Rock of Talk, de Albuquerque, obteve as plantas arquitetônicas do Rancho Zorro, que datam de 1998, cinco anos após Epstein ter comprado a propriedade, de acordo com o The Sun.

As plantas revelam um pavimento subterrâneo colossal, de cerca de 750 metros quadrados. O subsolo incluía salas de exercícios físicos, massagem e jacuzzi, que, mais tarde, foram transformadas em uma área de piscina.

O subsolo também alojava três grandes “salas de máquinas”.

Farmer alega que essas salas eram usadas por Epstein e sua suposta cúmplice Ghislaine Maxwell para acomodar computadores e equipamentos de vídeo da rede de espionagem.

“Todas as residências de Epstein tinham essas salas de máquinas e sistemas de túneis. Sei disso porque Epstein me contou”, disse Farmer ao The Sun. “Essas salas eram enormes – maiores do que casas. Não tenho ideia do porquê alguém precisaria de tantos computadores em uma única sala. Havia câmeras PinHole para gravar tudo em qualquer lugar. As câmeras estavam por toda parte. Não era possível vê-las, a menos que alguém as mostrasse para você.”

Um arquiteto e especialista de TI terceirizado, que trabalhou nas comunicações e segurança de Internet de Epstein, forneceu fotografias do interior do rancho. O arquiteto também revelou outro recurso bizarro daquele lugar infernal.

Exposta no corredor do elevador, no subsolo, havia uma foto de aproximadamente 2 metros de Ghislaine Maxwell nua – supostamente, com as pernas abertas – segurando uma adaga dourada. A foto era a primeira coisa que qualquer convidado ou vítima via, ao descer para o subsolo.

“Tais cenários nos davam uma sólida ideia do que acontecia no rancho”, disse Aragon. “Tudo no subsolo parece mais um calabouço com sombrias salas de máquinas”.

Ele também observou que é possível entender por que as vítimas menores de idade, de Epstein, se sentiam presas no rancho.

“O labirinto de salas, portas, vestíbulos, áreas de espera e [mais] portas, não há dúvida, era usado para causar o máximo efeito de prisão e contenção das vítimas até que Epstein precisasse delas para seus rituais”, explicou Aragon.

Consegue imaginar a cena?

Ainda que isso guarde semelhança com um roteiro de filmes B de terror, não é.

Alega-se que o Príncipe Andrew, Bill e Hillary Clinton, além de outras elites globalistas, eram convidados da Casa de Horrores de Epstein. Corruptos poderosos. Globalistas. Ao que tudo indica, [pessoas] intencionalmente em busca da corrupção absoluta, em busca do poder absoluto.

O afastamento de Deus, que começou no fim da Idade Média, ganhou velocidade no Renascimento e tornou-se a regra no Iluminismo, agora parece estar quase concluído.

Nas palavras de W. B. Yeats:

“A maré sanguínea se espalha, e em todo canto

A cerimônia da inocência é afogada;

Os melhores não têm convicção, enquanto os piores

Estão repletos de uma intensidade apaixonada.”

Em uma cultura entorpecida pela tecnologia, pelo ateísmo e pela doutrinação orquestrada para levar a juventude a aceitar o pecado como o novo normal, [esta] é a hora de os tementes a Deus se posicionarem.

Se isso demonstra que a cultura ocidental está no momento do agora ou nunca, fique atento. Temos que ser fervorosos em nossas convicções.

O Rancho Zorro agora está à venda. Na minha opinião, o lugar deveria ser demolido, e a terra estéril, exorcizada de todos os horrores que aconteceram dentro de suas paredes.

 

*Jack Gist é escritor premiado. Publicou ensaios, poesia e ficção em Catholic World Report, First Things, The Imaginative Conservative, New Oxford Review e outras publicações.

 

 

Traduzido por Telma Regina Matheus, para Vida Destra, 20/11/2021.                                  Faça uma cotação e contrate meus trabalhos através do e-mail  mtelmaregina@gmail.com ou Twitter @TRMatheus

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Acompanhe me
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments