O que um clube precisa pra ser considerado um time tradicional ou gigante no futebol?

Se falarmos em títulos, o Nottingham Forrest da Inglaterra é maior que o Manchester City e Paris Saint-Germain, pois possuem duas ligas dos Campeões. Em seu tempo de glória o time inglês conquistou o bicampeonato europeu de 78-79 e 79-80, mas após isso ficou no ostracismo europeu e inglês, há anos não jogam a Premier League. Por outro lado se considerarmos os grandes jogadores que passaram por um clube, podemos colocar Roma, Paris Saint-Germain, Manchester City, Atlético de Madrid, entre outros, mas historicamente esses times não possuem uma tradição em títulos continentais, o Nottingham Forrest também não, mas são conhecidos pelos grandes jogadores que passaram por lá como Totti na Roma, Ronaldinho no PSG, Tevez no City e Griezmann que voltou para o Atlético.

Quando um clube recebe um grande investimento, ele pode conseguir seu lugar nas prateleiras das duas categorias,  como o Chelsea recebeu com o Abramovich, se tornando bicampeão da Liga dos Campeões, e passando por lá jogadores como Ballack, Cech, Lampard e Drogba. Tudo isso por conta do investimento que trouxe resultados dentro e fora de campo, diferentemente do Paris Saint-Germain, que até essa temporada só conquistou a tal grandeza por causa de investimentos e não por títulos, o maior trio de ataque que a Europa já viu ainda não surtiu efeitos.

Mbappé, Messi e Neymar ainda estão no começo da jornada dentro da equipe Parisiense, mas podem não ter o sucesso tão esperado, como Ronaldo Fenômeno, que nunca ganhou uma liga dos campeões, nem mesmo com os galácticos do Real Madrid! Este time de Paris também pode não ganhar, afinal o dinheiro compra os craques, mas não os títulos. Uma equipe recheada de estrelas pode ter muitos problemas de ego, como já aconteceu em outros clubes e isso acaba com o dia a dia dentro da equipe.

Por outro lado, há a tradição de clubes como o Leeds United, Roma, Fiorentina, Guarani, Ponte Preta, entre outros, que não foram construídos com investimentos e sim com grandes jogadores que por lá desfilaram, ainda mais em tempos sem as mídias sociais. Estas tradições eram transmitidas por rádios e televisões, a prova disso são os times da década de 60 que encantavam a todos pelo Brasil, até mesmo a quase falida Portuguesa de Desportos e Bangu fizeram uma excursão mundial e assim se mostrando ao mundo.

Mesmo que esses investimentos comprem jogadores famosos, não é garantia de montar um time campeão, Bayer de Munique constantemente adquire jogadores de times menores e no Bayer eles ganham destaque, mostrando que grandes investimentos não são garantias de títulos, Lewandowski, Neuer e Gotze são exemplos disso. Por outro lado, o Real Madrid dos últimos anos superou de longe os galácticos, visto que o Cristiano Ronaldo praticamente comandava o time sozinho, batendo todos os recordes possíveis dentro e fora do clube.

Nesse tipo de debate é complicado definir a tradição de um time, no Brasil todos os grandes times são tradicionais e os menores em seus estados também possuem uma tradição, até mesmo times que só disputam campeonatos estaduais possuem uma tradição, e para você, meu caro leitor, o que define um time tradicional?

 

 

Lucas Barboza, para Vida Destra, 07/10/2021                                                                Sigam-me no Twitter! Vamos conversar sobre o meu artigo! @BarbozaLucaas

 

Crédito da Imagem: Luiz Jacoby @LuizJacoby

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Acompanhe me
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments