Em ano de Copa do Mundo nossos olhos estão sempre sobre as maiores seleções do mundo como Brasil, Alemanha, França, Argentina e outras, até mesmo a Itália, que não está nessa edição da Copa, vira foco de nossas conversas. Mas hoje início um serie de artigos mostrando o outro lado do futebol de seleções: As piores seleções do mundo no Ranking da FIFA.

A primeira seleção dessa série é San Marino. Ocupando a 211° posição do ranking, a última posição. Longe dos grandes holofotes do futebol mundial San Marino não possui nenhum astro conhecido, mas sempre está disputando as eliminatórias europeias para Copa do Mundo e Eurocopa, mesmo que sempre sofrendo com goleadas.

A seleção nacional nunca alcançou resultados significativos. Nunca se classificou para um grande torneio e registrou apenas uma vitória oficial em seus mais de 25 anos de história: sua 1ª vitória ocorreu em 2004 sobre o Liechtenstein por 1-0 e seu resultado mais notável foi um empate com a Turquia em 1993 em 0-0, nas Eliminatórias da Copa do Mundo da FIFA de 1994.

Nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2002, eles foram derrotados pela Bélgica por 10 a 0. No entanto, na partida seguinte empatou fora de casa em 1 a 1 com a Letônia. O resultado encantou os jogadores de San Marino e fez o técnico da Letônia, Gary Johnson ser demitido pela Federação Letã de Futebol.

O dia 28 de abril de 2004 entrou para a história do futebol samarinês, pois foi quando a seleção nacional conquistou a primeira vitória da história. Foi em um amistoso contra um time igualmente fraco de Liechtenstein, com um placar de 1-0. Andy Selva que marcou o gol da vitória foi rapidamente elevado ao status de herói nacional. Após esta vitória, 10 anos de azar, cerca de 61 derrotas consecutivas, até 15 de novembro de 2014 quando empatou com a Estônia.

O italiano Giampaolo Mazza disputou oito competições oficiais como técnico da seleção de San Marino. No geral, a equipe terminou em último lugar. No total, foram 76 partidas oficiais, incluindo 75 derrotas e um empate por 1 a 1 contra a Letônia fora de casa nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2002.

Foi um empate épico, mas ilusório. Ainda era o começo para mim, e aquele ponto me fez pensar que tudo seria mais fácil, mas não foi bem assim. Lamento não termos vencido um jogo oficial, mas sinto orgulho por nunca termos usado um jogador naturalizado.

Como San Marino é um país com quase nenhuma tradição futebolística, poucos jogadores alcançaram relativo sucesso no mundo e a maioria dos atletas são semiprofissionais.

As exceções são Massimo Bonini, ex-jogador da Juventus nos anos 80, Andy Selva (artilheiro da equipe com oito gols), o goleiro Aldo Junior Simoncini e o zagueiro Damiano Vannucci. Mirco Gennari, que passou toda a sua carreira em clubes de San Marino, é outro jogador famoso da equipe, fazendo 48 jogos entre 1992 e 2003.

Davide Gualtieri, famoso e conhecido por marcar o segundo gol mais rápido em uma eliminatória da Copa do Mundo (em 1993, contra a Inglaterra, também a única partida de sua carreira internacional), que foi mais uma partida defendendo a seleção: foram nove partidas entre 1993 e 1999.

Essa é a seleção de San Marion, última colocada no ranking da FIFA e que possivelmente você só conhecia como o saco de pancadas europeu.

 

 

Lucas Barboza, para Vida Destra, 01/06/2022.                                                                Sigam-me no Twitter! Vamos conversar sobre o meu artigo! @BarbozaLucaas

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd, no Canal do Telegram: https://t.me/EsportesVD e venham participar também do nosso grupo de debates de esportes: https://t.me/BotecoVDE

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Acompanhe me
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Wesley De Brito Gonçalves
Wesley De Brito Gonçalves
25 dias atrás

Parabéns pela matéria.