Que a cerimônia do Oscar perdeu muito do seu brilho há anos é indiscutível. A lacração tomou conta da festa mais popular do cinema, e agora o espaço que antes premiava o talento genuíno cedeu lugar à militância e ao discurso politicamente correto. E, não sem razão, a audiência despencou. Afinal, as pessoas se cansaram do show de horrores em que se transformou o evento.

No último domingo, o comediante Chris Rock foi o mestre de cerimônias da festa. Em dado momento, ele fez uma brincadeira com a doença – alopecia, como é chamada a calvície feminina – da esposa do colega Will Smith, Jada. Para quem viu, Smith riu num primeiro momento da piada, mas por conta da insatisfação da esposa, se levantou e acabou agredindo Chris com um tapa.

Muito se falou sobre o episódio. Alguns inclusive chegaram a lembrar de que Will boicotou o Oscar por conta de não ter sido indicado à estatueta em determinada época. Mas como o tempo é o sempre senhor da razão, hoje (29) apareceu o que talvez seja o real motivo da cena produzida no domingo: a farmacêutica Pfizer está para ter seu remédio contra alopecia – o primeiro no mercado – aprovado pelo FDA, a ANVISA americana. E, ao mesmo tempo, ela foi uma das patrocinadoras do espetáculo (circense) visto no último dia 27.

Se os fatos têm ligação? Provavelmente sim. Não ironicamente, a procura de informações sobre a doença de Jada Smith – que até adotou os cabelos raspados por conta disso – explodiu no Google. Coincidência? Certamente não. Como dizem sabiamente por aí, essa gente não dá ponto sem nó.

Que a alopecia é uma doença séria, não há dúvidas. Mas não duvidem que há interesse comercial por trás dessa patuscada toda. Afinal, esse pessoal topa tudo por dinheiro.

Aproveito aqui o espaço para agradecer o carinho de todos os que me acompanharam, de alguma forma, nessa minha jornada junto ao Vida Destra. A você, querido leitor, o meu muito obrigada por tudo, já que esse é o meu último artigo para o site.

Que o bom Deus abençoe a todos! Até breve!

“A cada chamado da vida, o coração deve estar pronto para a despedida e para novo começo, com ânimo e sem lamúrias. Aberto sempre para novos compromissos. Dentro de cada começar mora um encanto que nos dá forças e nos ajuda a viver”.  (Hermann Hesse)

 

*Nota do Editor: Agradecemos à nossa amiga Lucia Maroni pelo tempo que dispensou ao nosso projeto, e pedimos a Deus que a abençoe em todos os seus projetos. Esperamos que possamos trabalhar juntos novamente. As portas estarão sempre abertas!

 

Lucia Maroni, para Vida Destra, 01/04/2022.                                                              Sigam-me no Twitter, vamos debater o tema! @rosadenovembroo

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Acompanhe me
Últimos posts por Lúcia Maroni (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments