Canalhas

Ella vem triste, só, silenciosa,

Tinta de sangue . . . pallida, orgulhosa!

Em farrapos, na fria escuridão…

Buscando o grande dia da batalha.

 É ella! É ella. A livida Canalha!

 Cain,  é  vosso irmão ! !

(Gomes Leal), Lisboa, 1873

 

A canalhice é a ação mais baixa da moral, melhor da imoralidade de homens inescrupulosos, doença ou decisão própria?

Segundo Sartre o homem é produto do meio, mas também é tudo que deseja ser.

Uma característica forte do ser humano é ser gregário, viver em grupos, assim a política criou partidos, grupos, exércitos, milícias, movimentos, frentes, etc., no intuito de somar forças para guerrear, contrapor, apoiar, criar, e até mesmo pensar.

O canalha, diante dessas situações políticas, ataca de forma vil o seu desafeto porque não subscreve sua ação, devido a extrema covardia do mau caratismo que lhe é próprio.

Na gana pelo poder, o obtuso usa meios primários e ordinários, já que o ato de inteligir necessita de muito conhecimento, nada fácil para o canalha.

O epigrafado poeta português Gomes Leal nos fala da personalidade canalha, triste, pálida, etc. Sim, essa personalidade abjeta promove a discórdia, ressentimentos, traição e tantas outras características da maldade.

A minha indignação é pelo ato canalha no vídeo veiculado nas redes sociais para denegrir, desnivelar, assassinar a reputação de meus familiares. Saiba canalha, que não esmorecemos perante a pequenez da sua inteligência, ao contrário, nos dá mais ânimo para colocar a pessoa ou o grupo marginal no seu devido lugar.

Para Jorge Maia, a maioria dos canalhas usam terno e gravata, e se dizem defensores dos pobres, dos velhos, dos bichos, e trabalhadores. Infelizmente vivemos uma democracia hipócrita, em uma oligarquia suja, cheia do vício de se dar bem a qualquer custo …!!!

Essa indignação escrevi ano passado, porém serve àqueles que teimam em derrubar o presidente e ministros porque não lhes servem a seus desmandos, tão pouco aos bolsos. Eis o ser humano “civilizado”, que não tem coragem para a luta corpo a corpo, porém destrói reputações através das mídias para alcançar interesses financeiros e de poder de mando. Enfim, CANALHAS!

 

 

Welton Reis, para Vida Destra, 31/03/2021.
Sigam-me no Twitter! Vamos conversar sobre o artigo! @weltonrei

 

Crédito da Imagem: Luiz Augusto @LuizJacoby

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Últimos posts por Welton Reis (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio Santa Ritta
5 meses atrás

Nesta brilhante indignação de @weltonrei sobre os Canalhas, imagine o que Nelson Rodrigues diria hoje, acredito que não seja: “É dos canalhas que elas gostam mais”.