De tanto estrilar, perturbar, incomodar, espezinhar e abusar da nossa paciência, a oposição conseguiu criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para fustigar o Governo Jair Bolsonaro. Tipo aquela criança birrenta que cai no chão esperneando e para ela se calar a gente dá um doce. É o que essa gente parece.

Mas nem tudo saiu como eles planejaram. Na esteira de uma aparente reação à decisão do Supremo Tribunal Federal que obrigou o Senado Federal a instalar a CPI, mais da metade da Casa apoiou a ampliação das investigações também para os Estados e municípios.

Vale lembrar que esses entes receberam bilhões de reais do Governo Federal para enfrentamento da Covid, com total liberdade, outorgada pelo STF, na gestão da crise. Eles tinham tudo para fazer a coisa certa. Mas seja por incompetência ou corrupção, o que nós vemos um ano depois é o exato oposto do que se esperava de gestores tão “abnegados”.

Cabe agora fazer dessa CPI um ambiente de investigação que aponte os verdadeiros culpados por toda essa balbúrdia gerencial. Não é possível imaginar que esse colegiado se paute apenas para servir de picadeiro de palhaços que querem politizar a questão achando que toda a nação está achando graça dessa pantomima.

Então para não se tornar um circo (com todo o respeito aos profissionais circenses) a CPI precisa mostrar que fará um serviço sério. E pode começar não colocando no seu comando parlamentares que apresentam ficha corrida ao invés de currículo.

Como imaginar que o multi-investigado Renan Calheiros tenha a isenção necessária para avaliar eventuais malfeitos de outras pessoas? Com a extensão do caso a Estados, será que ele vai investigar a gestão dos repasses federais feita ao seu filho, que governa Alagoas?

Será que Omar Aziz, investigado por desvio de recursos para Saúde no Amazonas quando era Governador, terá condições de apurar as graves denúncias que pesam sobre a administração atual do seu Estado? Não é possível que ninguém questione isso, inclusive juridicamente!

O fato é um só: ou essa CPI mostra que pode fazer algo importante para o país, como foram as CPI’s dos Anões do Orçamento e do Mensalão, ou estaremos literalmente pagando a conta de um espetáculo deprimente, sem graça, mórbido e definitivamente inútil! Mas o Brasil está de olho. Mais do que nunca, a vida pregressa dos pretensos investigadores da CPI será esquadrinhada e exposta diante de bravatas politiqueiras que tentarem fazer ao longo desse processo.

Por outro lado, precisamos continuar cobrando a classe política para que não paralise o país por causa dessa CPI inoportuna e oportunista. As reformas que o país precisa para sair dessa crise estão aguardando a boa vontade das excelências para serem votadas. Aliás, se o Congresso pode fazer funcionar uma CPI, com todas as suas complexidades, pode muito bem tocar também essas outras pautas, muito mais importantes.

O brasileiro está de saco cheio de toda essa patifaria. Aliás, o brasileiro está precisando voltar a sorrir, como os palhaços de verdade podem nos fazer sorrir. Porque esses outros aí, estão tentando é nos matar de raiva mesmo!

 

 

Saul Christos, para Vida Destra, 16/04/2021                                                                    Sigam-me no Twitter, vamos debater o meu artigo! @saulchristos

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Últimos posts por Saul Christos (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio
Luiz Antonio
1 ano atrás

No brilhante art. de em q indaga se é uma CPI ou um picadeiro,só posso dizer q brasileiro tem cara de palhaço, pinta de palhaço. Agora deveria existir um nepotismo cruzado p/CPI. Mas viva o circo!

FABIO PAGGIARO
1 ano atrás

Parabéns, Saul. Concordo com todas as questões q vc levantou. Sem querer ofender artistas de circo e prostitutas, poderíamos comparar o STF a um prostíbulo e o Congresso a um circo. Portanto, nada de bom poderemos esperar dessa CPI. E não creio que serão “palhaçadas” nem pizza. Se o prostíbulo já inocentou o bandido Lula e vai prender aqueles que o acusaram, por que essa CPI, comandada por bandidos, não inocentará os governadores e prefeitos ladrões, que são seus parentes e/ou comparsas? E para fazerem isso, terão que destituir e prender o presidente de forma a dar um aspecto legal… Read more »