Por Vinicius Mariano                                                                              @viniciussexto

 

Um grupo de 63 deputados federais do partido Democrata, dos EUA, enviou, na última quinta-feira (14), uma carta ao presidente Joe Biden, também democrata, para pedir que ele retire o convite para que o Brasil se torne um parceiro global da OTAN (Organização do  Tratado do Atlântico Norte) e revogue a condição de aliado extra-Otan, concedida ao país pelo ex-presidente Donald Trump.

Precisamos rever isso para assegurar que não estamos fortalecendo um Exército que pode ser usado para um golpe de Estado”, afirmou o congressista Hank Johnson, deputado da ala socialista do partido Democrata e autor da carta enviada a Biden. Johnson, ainda disse que “Bolsonaro já demonstrou que está organizando as condições para um golpe militar. É um cenário alarmante para o Brasil e nosso país não pode contribuir com isso”.

A carta é assinada por outros deputados de extrema esquerda, como Alexandria Ocasio-Cortez, autora do “Green New Deal”, Rashida Tlaib, Ayanna Pressley e Ilhan Omar, que se casou com o próprio irmão muçulmano para dar a ele cidadania americana. Na carta, os deputados replicam as fake news divulgadas pela grande mídia brasileira, que diz que o presidente Jair Bolsonaro fez “ameaças à jovem democracia do Brasil”.

No entanto, até o presente momento, o presidente Joe Biden não comentou sobre a carta e não se manifestou se pretende acatar a sugestão dos deputados extremistas que a assinaram.

 

*Esta notícia pode ser atualizada a qualquer momento.

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
PAULO ROBERTO ZANETTI
8 meses atrás

Bom, parece que eles não conhecem nada do Brasil mesmo..
São só esquerdistas, mesmo.