Por Vinicius Mariano                                                                              @viniciussexto

 

O cofundador e CEO do Twitter, Jack Dorsey, anunciou que irá deixar o cargo de diretor executivo da empresa nesta segunda-feira (29). O atual CTO da empresa, Parag Agrawal, vai assumir o lugar deixado por Jack, segundo uma postagem do próprio fundador do Twitter.

A permanência de Dorsey como presidente da empresa nunca foi lá muito bem vista pelos acionistas e Conselho Administrativo. Fundado em 2006, ele permaneceu na presidência do Twitter até 2008, quando foi demitido porque era considerado um entrave para rentabilizar a rede social. No entanto, ele retornou à presidência da empresa em 2015, quando o CEO Dick Costolo renunciou ao cargo.

Desta vez, o principal motivo da saída de Jack Dorsey do cargo de CEO do Twitter foi o fato de que a empresa Elliott Management, que administra fundos de investimentos, pediu sua cabeça, argumentando que Jack estava dando atenção apenas à sua empresa de pagamentos digitais, a Square, deixando o Twitter de lado.

Após o pedido da administradora de fundos, Dorsey convidou a Elliott para ter assento no conselho de administração do Twitter, mas não adiantou devido ao seu desgaste.

Mercado reagiu bem

O mercado financeiro reagiu bem à troca de comando no Twitter, cujas ações se valorizaram por volta de 10% com a saída de Dorsey. O novo presidente, Parag Agrawal, tem o apoio do ex-CEO do Twitter e um dos seus objetivos na rede é “desenvolver padrões para controlar informações abusivas e enganosas”.

 

*Esta notícia pode ser atualizada a qualquer momento

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments