Hoje, pela manhã, recebi um post no WhatsApp e nele havia um gráfico com as posições dos candidatos à prefeitura de São Paulo. O referido gráfico mostrava as colocações dos pré-candidatos ao executivo municipal da maior cidade do país. Até aí tudo bem. A intenção explicita era mostrar que tanto Arthur do Val, vulgo mamãe-falei e a ex representante do governo Jair Bolsonaro na câmara dos deputados em Brasília, Joice Hasselmann, estão nas últimas colocações da corrida à prefeitura paulistana. Um merecido e esperado castigo.

Meus olhos não se contiveram em olhar apenas para a parte inferior da tabela e, tal qual um torcedor de time de futebol na zona de rebaixamento do campeonato brasileiro, eu tive que conferir quem eram os possíveis vencedores da disputa, as primeiras colocações. Para meu desespero – e esse é o ponto mais importante pra mim – eu encontrei a verdadeira situação com a qual toda a direita conservadora deve se preocupar: quem pode vencer as eleições na capital paulista. O meu desassossego tem mais a ver com o que essa possível vitória, caso aconteça, representa, do que, especificamente, com o resultado das urnas em si.

Usada para fins políticos por vários personagens da vida pública brasileira, o vírus SARS, causador da Covid-19, que surgiu em Wuhan, China, no final do ano passado, tem sido o criador de um profundo martírio para o cidadão comum e para aqueles empresários que estão sendo obrigados a fechar seus negócios e demitir funcionários. Em nenhum outro lugar esse caos tem sido tão grande quanto na Terra da Garoa e, para a minha surpresa, quem está em primeiro lugar? Ele mesmo, o atual prefeito. Será que o paulistano perdeu o juízo? A questão não é essa. A verdade pode ser percebida olhando para os que vem logo abaixo de Bruno Covas, o cenário é desolador.

Apontarei dois problemas cruciais que a direita conservadora enfrentará, ou melhor, já está enfrentando por sua falta de engajamento e percepção do universo político nacional atual e vindouro. Primeiro: se não votarmos em candidatos afeitos às nossas pautas, não teremos representatividade e, nossas reivindicações serão engolidas pela esquerda; mais engajada, organizada e interessada em virar o jogo que perde. Segundo: se não houver quem se candidate não teremos em quem votar. Em virtude disso, corremos o risco de vermos cada vez mais as pautas que mais abominamos, como o aborto, por exemplo, sendo comemoradas pelos regressistas, como no caso da menina de 10 anos estuprada pelo próprio tio.

É urgente que nos mobilizemos para que tenhamos em quem votar já para prefeitos e vereadores. Todas as posições políticas são importantes, não dá para abrir mão de nenhuma delas. Nesse ponto, reclamo também do governo federal, pois o vejo muito omisso em seu apoio aos candidatos de direita conservadora nas cidades. Que o presidente não tenha medo de errar, pois, mesmo que aja erros, como aconteceu nas últimas eleições majoritárias, haverá, certamente, acertos.

Sei que o cenário político em outras cidades importantes também não é muito animador. Meu RJ, por exemplo, está num momento preocupante, entretanto tenho fé de que aparecerá um candidato de bom porte para votarmos por aqui.

Voltando ao caso de Sampa, li em algum lugar, acho que no Parler, que o Presidente pretende apoiar o Príncipe Luiz Phillipe para o palácio do Anhangabaú; será uma excelente alternativa, para não dizer a única, que realmente pode acrescentar valor e perspectiva de mudanças reais para a maior cidade do Brasil. Que o Presidente faça isso em todos os outros municípios brasileiros onde se encontre um candidato que defenda aquilo que queremos e acreditamos. Também, que o povo entenda de uma vez por todas, que não adianta pedir o fim do aborto e a não liberação das drogas, votando naqueles que defendem tudo isso.

 

João Alves, para Vida Destra, 18/08/2020.

Siga-me no Parler:  @Jota71alves

Inscreva-se no meu canal no Youtube. Estou precisando muito de inscritos para que possa fazer Lives e trazer ainda mais informações para você:

Dica de livros: Os intelectuais e a sociedades, de Thomas Sowell. Se puder adquirir pelo link que posto, estará colaborando comigo e valorizando meu trabalho.

João Alves
Acompanhe me
Últimos posts por João Alves (exibir todos)
ATENÇÃO - Pelo valor de um cafezinho, você colabora com o nosso projeto @vidadestra e ainda concorre a prêmios mensais. Sorteio : 31 de Março Acesse 🌐 https://vidadestra.org/seja-apoiador/ e saiba como participar!  Seja Apoiador
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Nunes
Admin
6 meses atrás

Excelente. 2020 precisa ser bem “feito” em uma preparação para 2022

Sander Souza
Sander Souza
6 meses atrás

Excelente artigo!
A reação da direita e dos conservadores deve deixar o ambiente virtual, para que possamos ocupar os espaços hoje dominados pela esquerda. Precisamos nos engajar na política! Como vivo repetindo, nova política só se faz com novas pessoas! Não podemos ficar esperando que outros façam o que nós mesmos podemos fazer!