Nota de Repúdio ao Autoritarismo do Supremo Tribunal Federal

A revista digital Vida Destra manifesta o seu repúdio à recente prisão ilegal do deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), decretada de forma arbitrária pelo ministro Alexandre de Morais. Também manifestamos a nossa solidariedade ao deputado federal, independente de concordarmos ou não com as opiniões emitidas pelo mesmo.

Diz a Constituição Federal:

“Art. 53. Os Deputados e Senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos” (Grifo nosso).

Diante da nossa lei maior, fica claro a qualquer brasileiro que não há justificativa legal para tal prisão, que viola a lei, a liberdade e afronta a independência e harmonia dos poderes da república, colocando em risco a nossa democracia.

A revista digital Vida Destra cumprirá o seu papel e não se omitirá diante de tais fatos, e sempre repudiará quaisquer ataques às liberdades legais dos brasileiros, venham de onde vierem.

 

 

Brasil acima de tudo, Deus acima de todos

 

Editorial assinado por:

Nunes ( @vidadestra)  – Fundador e CEO da Revista Vida Destra

 

Sander Souza (@srsjoejp) – Editor Geral da Revista Vida Destra

 

 

Vamos discutir o Tema. Sigam o perfil do Vida Destra no Twitter @vidadestra

Vida Destra
Últimos posts por Vida Destra (exibir todos)
ATENÇÃO - Pelo valor de um cafezinho, você colabora com o nosso projeto @vidadestra e ainda concorre a prêmios mensais. Sorteio : 31 de Março Acesse 🌐 https://vidadestra.org/seja-apoiador/ e saiba como participar!  Seja Apoiador
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio
10 dias atrás

Fazer uma interpretação longa manus de que os crimes da Lei de Segurança Nacional são crimes inafiançáveis deve estar tripudiando com a memória de ex-Ministros do STF. Aliás, após o JN pode haver prisão?

Nunes
Admin
10 dias atrás

Ou a PGR, Câmara e Senado cumprem os seus papéis, ou estaremos vivendo uma verdadeira ditadura da toga.

Sander Souza
Editor
9 dias atrás

É uma excelente oportunidade para que o Congresso Nacional atue para colocar ordem nessa bagunça institucional.