Por Sander Souza

Twitter: @srsjoejp Instagram: @sander_r_s

 

Red Bull Bragantino x Palmeiras – Brasileirão 2022

25ª Rodada

 

Pré-Jogo

 

Quando surge, amigos alviverdes!

Viramos a chave mais uma vez e voltamos as nossas atenções ao Campeonato Brasileiro. Hoje o elenco alviverde está na cidade de Bragança Paulista (SP), onde enfrentará a equipe do Red Bull Bragantino em partida válida pela 25ª rodada do Brasileirão.

Vindo da derrota por 1×0 para o Athletico-PR, na partida de ida da semifinal da Libertadores, realizada em Curitiba na última terça-feira (30), o Verdão entrará em campo hoje pressionado pois, embora ainda esteja na liderança do Brasileirão, o seu principal adversário na competição (o Flamengo) tem demonstrado possuir condições de encostar no Palmeiras caso o Verdão perca pontos.

A situação se complica ainda mais por causa do jogo de volta da Libertadores que será realizado na próxima terça-feira (6), onde o Palmeiras entrará em campo com desvantagem, tendo que buscar uma vitória por um gol ou mais de diferença para seguir para a final da competição continental.

Em relação ao Massa Bruta o nosso retrospecto é positivo: Palmeiras e Bragantino mediram forças 52 vezes ao longo da história, e o Verdão venceu mais da metade dos confrontos: 31 vitórias, 10 empates, 11 derrotas, 87 gols marcados e 45 gols sofridos. Considerando somente Campeonato Brasileiro, o Verdão levou a melhor em exatamente metade das partidas: 12 jogos, 6 vitórias, 1 empate, 5 derrotas, 18 gols marcados e 15 gols sofridos.

O Palmeiras tem retrospecto favorável atuando em Bragança Paulista: 27 jogos, 13 vitórias, 5 empates, 9 derrotas, 44 gols marcados e 32 gols sofridos. Se vencer, igualará o retrospecto contra o Ref Bull Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid pelo Campeonato Brasileiro: atualmente, são 6 jogos, 2 vitórias, 1 empate, 3 derrotas, 7 gols marcados e 8 gols sofridos.

Preparação

Após a derrota para o Furacão na terça-feira (30), o Verdão voltou a São Paulo e o elenco dormiu na Academia de Futebol e se reapresentou na manhã da quarta-feira (31) para dar início à sua preparação para a partida de hoje. Como sempre é feito, os titulares no jogo contra o Athletico-PR fizeram atividades regenerativas na parte interna do Centro de Excelência. Já os atletas que atuaram por menos de 45 minutos foram a campo para atividades técnicas e disputaram um coletivo de dois tempos de 15 minutos com a participação de jovens do Sub-20, além de Gustavo Scarpa e Danilo, suspensos no jogo de ida contra o Athletico-PR.

O meio-campista Raphael Veiga passou por exames de imagem, teve constatada uma entorse no tornozelo direito e iniciou o tratamento sob cuidados dos membros do Núcleo de Saúde e Performance. Ele havia deixado o gramado após sofrer uma pancada no início do segundo tempo.

Os jogadores Danilo e Ciel (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

A preparação do elenco alviverde prosseguiu na quinta-feira (1) na Academia de Futebol. A comissão do Professor Abel Ferreira comandou atividades técnicas. O primeiro trabalho exercitou a posse de bola e a troca de passes sob pressão mediante objetivos determinados pelos auxiliares em campo reduzido. Com maior desgaste, os atletas de linha que começaram entre os titulares contra o Athletico-PR realizaram um complemento físico antes de seguirem para a parte interna do Centro de Excelência. Os demais fizeram uma segunda atividade técnica com ênfase nas transições e finalizações, além de cobranças de bolas paradas e pênaltis. O meio-campista Raphael Veiga foi a principal ausência no gramado e realizou tratamento de uma entorse no tornozelo direito com membros do Núcleo de Saúde e Performance.

Os jogadores Flaco López e Zé Rafael (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

A preparação foi encerrada na manhã de sexta-feira (2) na Academia de Futebol. Em atividade técnica comandada por Abel Ferreira e sua comissão, o elenco trabalhou a construção de jogo e as finalizações. Em seguida, os atletas participaram de um disputado trabalho recreativo e alguns jogadores ainda praticaram cobranças de faltas e pênaltis.

O meio-campista Raphael Veiga seguiu o tratamento de uma entorse no tornozelo direito com membros do Núcleo de Saúde e Performance no Centro de Excelência. O meio-campista Jailson, em recuperação de cirurgia no joelho direito, fez trabalhos de recuperação internos e no campo.

Escalação

Pendurados: Gustavo Gómez, Gabriel Menino, Rony, José López, Abel Ferreira (treinador), Vitor Castanheira (auxiliar técnico) e João Martins (auxiliar técnico)
Suspensos: não há
Desfalques: Jailson (lesão no joelho direito), Raphael Veiga (entorse no tornozelo direito) e Gustavo Gómez (preservado)

Como já mencionei, o Palmeiras entra em campo hoje pressionado por uma vitória, para evitar a aproximação do vice-líder Flamengo. A grande dúvida em relação ao elenco a ser escalado para a partida contra o Massa Bruta se deve ao jogo de volta da semifinal da Libertadores, na próxima terça-feira (6). Vamos a campo hoje com time misto ou com força total?

Eu gostaria de ver o nosso time titular em campo, ou seja, na minha opinião deveríamos entrar em campo com força máxima mas com Mayke no lugar de Marcos Rocha. Lembrando que Veiga é desfalque para esta partida, Flaco López poderá atuar na frente, com o Scarpa no lugar de Veiga.

Nas últimas semanas tivemos muito tempo para preparação e descanso do elenco, por isso não creio que entrar em campo hoje com força máxima possa comprometer nosso desempenho no importante jogo da Libertadores.

Desta forma, o meu time para a partida de hoje seria: Weverton, fechando o nosso gol; Mayke na lateral direita e Piquerez na lateral esquerda; Murilo e Gustavo Gómez na zaga; Danilo, Gustavo Scarpa e Zé Rafael no meio campo; Dudu, Flaco López e Rony na linha de ataque.

A escalação confirmada para hoje tem apenas três titulares: Weverton; Mayke, Kuscevic, Luan e Vanderlan; Danilo, Atuesta e Bruno Tabata; Wesley, López e Gustavo Scarpa. Esquema tático inicial 4-2-3-1

O Jogo

Meus amigos, hoje vou mudar a maneira como costumo escrever a minha resenha. Ao invés de fazer um resumo com os melhores momentos e com os comentários de desempenho, vou me ater apenas em fazer um resumo geral.

Confesso que a escalação me deixou muito desapontado. E o meu desapontamento acabou virando uma profunda irritação no decorrer do primeiro tempo. O Palmeiras teve uma atuação péssima, acho que uma das piores desta temporada. Ficou evidente que os nossos reservas não têm o entrosamento necessário para entrar em campo todos juntos.

Pra ajudar, Danilo esteve ruim demais! Até parecia que era um dos reservas e não um dos nossos principais titulares. Seu desempenho tem piorado a olhos vistos, por isso creio que o ideal é vende-lo ao final da temporada, enquanto ainda vale alguma coisa!

Tivemos duas surpresas boas nessa partida: a primeira foi o bom desempeno do Luan, que fez uma boa partida. A segunda foi o gol de estreia de Merentiel! La Bestia finalmente saiu da jaula!

Se a intenção de Abel Ferreira era poupar os jogadores titulares, então não deu certo! Pois se os titulares tivessem jogado o primeiro tempo e garantido o resultado, os reservas poderiam entrar no segundo tempo permitindo assim que os titulares descansassem. Porém o que aconteceu é que os titulares acabaram entrando em campo com um placar desfavorável e sob a pressão de, no mínimo, buscar um empate. Ou seja, no final das contas o desgaste foi maior do que seria se tivessem entrado no primeiro tempo.

O resultado não foi de todo ruim, pior seria se a gente tivesse perdido. Mas mais uma vez perdemos dois pontos à toa e isso vai queimando a nossa gordura e permitindo a aproximação do vice-líder Flamengo, que é o único time (na minha opinião) capaz de tirar  da gente o título do Brasileirão. Além do próprio Palmeiras, claro!

O jogo foi uma sucessão de erros. A meu ver o maior deles foi subestimar o Massa Bruta, ao acreditar que nosso time reserva seria capaz de dar conta de um dos maiores times do futebol paulista. Sempre afirmei que esse time de Bragança Paulista é chato e dá trabalho!

Acho que o que aconteceu hoje, ao invés de ajudar a elevar o moral do time visando o confronto de terça-feira com o Furacão, acabou tendo um efeito contrário.

Todos costumam dizer que o Professor Abel tem um plano. Espero que ele ainda consiga tirar coelhos da cartola alviverde!

Nosso próximo compromisso será na terça-feira (6), quando receberemos o Athletico-PR no Allianz Parque para a partida de volta da semifinal da Libertadores. Entraremos em campo com o desafio de reverter a derrota no jogo de ida e vencer com dois gols de diferença para garantir a nossa vaga na final da competição continental.

Até lá e #AvantiPalestra!!

 

*Sander Souza é editor do Vida Destra Esportes.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd, no Canal do Telegram: https://t.me/EsportesVD e venham participar também do nosso grupo de debates de esportes: https://t.me/BotecoVDE

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sander R. Souza
Acompanhe me
Últimos posts por Sander R. Souza (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments