Por Sander Souza

Twitter: @srsjoejp Instagram: @sander_r_s

 

Palmeiras x Santos – Clássico da Saudade –  Brasileirão 2022

27ª Rodada

 

Pré-Jogo

 

Quando surge, galera alviverde!

Seguimos na luta pela conquista de mais um título do Campeonato Brasileiro e hoje vamos entrar em campo para mais uma “final”, das dozne que teremos pela frente. Receberemos a equipe do Santos no Allianz Parque, para partida válida pela 27ª rodada do Brasileirão.

Vindo da vitória por 2×1 sobre o Juventude em partida válida pela 26ª rodada, realizada no último sábado (10), o Verdão entra em campo hoje com a missão de garantir mais três pontos e assim garantir a sua permanência na liderança isolada da competição.

Histórico do confronto

INVICTO HÁ NOVE DUELOS, PALMEIRAS BUSCA SÉTIMA VITÓRIA CONSECUTIVA CONTRA O SANTOS

O Palmeiras pode chegar à sétima vitória consecutiva contra o Santos, fato que não ocorre há 80 anos, desde 1940 a 1942, quando acumulou nove resultados positivos em sequência diante do rival – recorde na história do clube ao lado das nove vitórias consecutivas entre 1921 e 1926. Atualmente, são seis triunfos seguidos (marca que havia sido obtida pela última vez entre 1979 e 1980).

Desde o início da temporada 2020, o Palmeiras acumula nove jogos de invencibilidade contra o Santos, marca atingida pela última vez entre 1990 e 1993: são sete vitórias e dois empates no período, com 15 gols marcados e sete gols sofridos. O time pode chegar à marca de dez confrontos sem derrota para o rival pela primeira vez desde 1948, quando acumulou nove vitórias e um empate.

SANTOS É A MAIOR VÍTIMA DA HISTÓRIA DO PALMEIRAS

Segunda equipe que o Palmeiras mais enfrentou (atrás apenas do Corinthians, com 384 jogos), o Santos é o time que o Verdão mais venceu e em quem mais fez gols ao longo da história: são 148 vitórias em 345 partidas, com 579 gols marcados. Diante do Corinthians, são 137 triunfos e 543 gols marcados.

Contabilizando apenas jogos de Campeonato Brasileiro, o Santos é o time que o Palmeiras mais enfrentou na história, ao lado do Internacional, com 78 confrontos (24 vitórias).

VERDÃO PODE AMPLIAR RECORDE DE VITÓRIAS EM CLÁSSICOS:

O Palmeiras pode alcançar um novo recorde de triunfos em clássicos paulistas (Corinthians, São Paulo e Santos) na mesma temporada, chegando à inédita marca de dez vitórias e superando os nove resultados positivos atingidos duas vezes: 1965 e 1969, em 13 e 16 partidas, respectivamente. Em 2022, o Alviverde ostenta um retrospecto extremamente favorável contra os seus rivais paulistas, com nove vitórias em 11 jogos disputados.

Além disso, pela primeira vez na história, o Palmeiras pode vencer todos os clássicos paulistas de uma mesma edição de Brasileiro de pontos corridos. Já alcançou um feito inédito ao bater os três rivais fora de casa e superou o Corinthians também como mandante em Barueri, restando os duelos com Santos e São Paulo no Allianz Parque.

Preparação

Com a semana livre para treinos, após a vitória sobre o Juventude no último sábado (10) a equipe alviverde descansou por dois dias e se reapresentou na manhã de terça-feira (13) na Academia de Futebol para dar início à sua preparação para este clássico.

Todos os atletas à disposição foram a campo para atividades técnicas comandadas pela comissão portuguesa – as exceções foram os meio-campistas Jailson e Raphael Veiga, ambos se recuperando de cirurgia. O elenco foi dividido em três times e, no primeiro trabalho, trocou passes em velocidade, com toques limitados na bola e marcação pressão. Depois, enquanto dois times disputavam um coletivo em campo reduzido, o terceiro aguardava as trocas ensaiando finalizações na outra metade do gramado.

Os jogadores Gustavo Scarpa e Rony (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

O Verdão prosseguiu a sua preparação na manhã de quarta-feira (14) na Academia de Futebol. O técnico Abel Ferreira e sua comissão comandaram uma atividade técnica intensa. Após um breve aquecimento, os jogadores disputaram um coletivo com dois times utilizando a extensão quase total do campo. Aqueles mais desgastados da última sequência de jogos saíram um pouco antes e terminaram com um complemento físico.

Já na quinta-feira (15), com os jovens do Sub-20 que formam o grupo de apoio ao Profissional, o elenco foi separado em três equipes de nove jogadores de linha e um goleiro. Em atividade intensa, duas equipes se enfrentavam em campo reduzido enquanto uma aguardava – a cada gol marcado, o time que foi vazado cedia lugar ao seguinte. Ao final do treino, alguns atletas também praticaram finalizações.

O meio-campista Raphael Veiga seguiu sua recuperação da artroscopia no tornozelo direito realizada com sucesso no último sábado (10) e fez tratamento sob cuidados de membros do Núcleo de Saúde e Performance. O volante Jailson, em recuperação de lesão no joelho direito, também seguiu tratamento com trabalhos de recuperação na parte interna e no campo.

Os jogadores Gabriel Menino e Naves (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

A preparação prosseguiu na sexta-feira (16). Abel Ferreira e seus auxiliares comandaram atividades técnicas e táticas em dimensões reduzidas com ênfases em transições, movimentações e construções de jogadas. Na parte final, alguns atletas ensaiaram faltas, outros realizaram complementos físicos e outros ainda aprimoraram bolas paradas.

O elenco alviverde encerrou a semana de treinos e preparação na manhã do sábado (17). Após passar um vídeo para os atletas no Centro de Excelência, a comissão de Abel Ferreira comandou uma atividade técnica e tática e, no final, os jogadores aprimoraram finalizações.

Os jogadores Benjamín Kuscevic e Zé Rafael (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

Escalação

Pendurados: Gustavo Gómez, Gabriel Menino, Zé Rafael, Atuesta, Wesley, Rony, José López, Abel Ferreira (treinador), Vitor Castanheira (auxiliar técnico) e João Martins (auxiliar técnico)
Suspensos: não há
Desfalques: Jailson (lesão no joelho direito) e Raphael Veiga (artroscopia no tornozelo direito)

O Professor Abel Ferreira tem todo o elenco à sua disposição para esta partida. As exceções são Jailson e Raphael Veiga, que não atuarão mais nesta temporada. A grande expectativa gira em torno da possível escalação de Endrick, que hoje pode finalmente fazer a sua estreia no time principal do Palmeiras.

A expectativa se deve principalmente pelo fato de Endrick ter treinado a semana toda com o elenco principal e por não ter sido relacionado para o jogo contra o Ituano pelo Campeonato Paulista Sub-20 realizado ontem (17) em Itu. Muitos acreditam, assim como eu, que Endrick deve iniciar o clássico no banco de reservas e entrar em campo no decorrer do segundo tempo.

Quanto à escalação, o Palmeiras deve ir a campo com seu time principal, sendo esperada a seguinte formação: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Danilo, Bruno Tabata e Zé Rafael; Dudu, Rony e Gustavo Scarpa.

*Pré-jogo concluído em 18/09/2022 às 14:00

*Escalação confirmada às 17:30

O Palmeiras entra em campo contra o Santos com o seguinte time: Weverton fechando o nosso gol; Marcos Rocha na lateral direita e Piquerez na lateral esquerda; Gustavo Gómez e Murilo na zaga; Danilo, Bruno Tabata e Zé Rafael no meio-campo; Gustavo Scarpa, Rony e Dudu na linha de ataque. Esquema tático inicial 4-2-3-1.

O Jogo

A partida começou com o Porco tentando pressionar e cometendo duas faltas ainda no primeiro minuto de jogo. Apesar dessa tentativa de pressionar nos momentos iniciais, o Verdão mostrou um certo nervosismo, que se refletia na pouca qualidade nas finalizações das jogadas e nos vários erros cometidos.

Aos 8 minutos, a bola chegou em Piquerez após boa troca de passes no campo de ataque e o lateral-esquerdo tentou lançar Rony na pequena área mas o goleiro conseguiu fazer a defesa!

Aos 11 minutos, após jogada individual Dudu cruzou na direção de Tabata mas a zaga adversária conseguiu fazer o corte. Aos 16 minutos, a bola vai de pé em pé alviverde no ataque terminando num cruzamento rasteiro no segundo pau e quase o zagueiro santista marca contra!

Aos 25 minutos, boa oportunidade numa sequência que iniciou com Tabata, que fez jogada individual e tocou para o Dudu, que finalizou mas o zagueiro desviou. Na sequência, Gómez foi acionado na área e tocou de cabeça mas a bola saiu pela linha de fundo!

O jogo seguiu com o Porco com maior posse de bola mas pecando nas finalizações, pra variar. Tivemos sorte do time do Peixe não ser capaz de acompanhar o ritmo de jogo imposto pelo Verdão.

Aos 39 minutos tivemos uma boa oportunidade com o Tabata cruzando na área para o Dudu, que dominou e encheu o pé com a bola explodindo na zaga santista! Aos 44 a bola chegou em Zé Rafael após troca de passes. O Trem bateu de primeira e o goleiro João Paulo fez a defesa!

Após 2 minutos de acréscimos terminou o primeiro tempo no Allianz Parque! Placar parcial: Porco 0x0 Sardinhas.

Apesar dos esforços do Palmeiras, achei o primeiro tempo bastante morno para um clássico. Tivemos boas oportunidades mas novamente esbarramos na falta de qualidade nas finalizações e na boa marcação santista. Scarpa jogou muito abaixo o seu normal e Danilo nem parecia que estava presente em campo. Rony também deixou a desejar.

Voltamos para a segunda etapa sem alterações no time. Aos 6 minutos boa oportunidade em bola alçada na área, com o Zé Rafael antecipando a marcação e desviando, e a bola passando por cima da meta de João Paulo!

Aos 9 minutos Zé Rafael recebeu cartão amarelo e como estava pendurado não estará no próximo jogo, que será contra o Atlético-MG.

Aos 14 minutos o Professor fez as nossas primeiras substituições, com Merentiel e Mayke entrando em substituição a Bruno Tabata e Marcos Rocha. No minuto seguinte Danilo matou contra-ataque de Soteldo com falta dura por trás e recebeu cartão vermelho. Mais uma falta infantil que poderia ter prejudicado muito o Palmeiras, mais uma expulsão direta em pouquíssimo tempo e mais um jogador que não entrará em campo contra o Galo. Será um jogo difícil, perdemos dois volantes!

Aos 21 minutos Scarpa sofreu falta dura e o Professor Abel Ferreira o substituiu por Gabriel Menino. Com um homem a menos o Verdão viu o Peixe crescer em campo.

Aos 23 nova oportunidade de abrir o placar com o Rony aproveitando uma sobra de bola após cobrança de escanteio e mandando uma bomba que explodiu na zaga santista!

Aos 30 minutos Gabriel Menino recebeu cartão amarelo! Mais um meio-campista que estava pendurado e que estará fora da partida contra o Galo! Será que teremos time para o confronto com os mineiros?

No minuto seguinte o Porco avançou no ataque e numa bola alçada na área Merentiel finalizou com uma bicicleta e quase meteu a bola na gaveta! Aos 32 minutos, após cobrança de escanteio na área Murilo recebeu e deu um passe para Merentiel, que finalizou com um voleio e abriu o placar no Allianz Parque! Porco 1×0 Peixe!

Após o gol o Professor fez novas substituições com o objetivo de fechar o time e segurar o resultado, colocando Atuesta e Luan nos lugares de Rony e Dudu. O Peixe até tentou reagir e buscar o empate mas conseguimos segurar o resultado. Após 6 minutos de acréscimos a partida terminou no Allianz Parque com a nossa sétima vitória consecutiva sobre o Santos! Placar final: Palmeiras 1×0 Santos.

Apesar do primeiro tempo fraco, o segundo tempo só mostrou uma melhora efetiva após a expulsão do Danilo. É a terceira vez que o Palmeiras joga com time incompleto e hoje conseguiu se mostrar melhor em campo sem o Danilo. Na boa, ele não fez a menor falta e na minha opinião foi o pior jogador em campo. É impressionante como o time mudou após a sua saída e a substituição de Tabata. Bruno Tabata me pareceu um jogador sem sal nem açúcar, aparentemente incapaz de contribuir de maneira efetiva nas jogadas.

Scarpa também jogou abaixo do que costuma jogar.  Já Dudu foi um monstro dentro de campo, jogou muito! Gómez também jogou muito e mostrou porque é um dos melhores zagueiros em atividade no continente.

E o que dizer de Merentiel? Entrou contra o Red Bull Bragantino e fez o gol que nos garantiu o empate e hoje fez o gol da vitória no clássico. E ambos os gols foram gols com características de gol de centroavante. Me lembro que quando Merentiel foi anunciado pelo Palmeiras uma das suas características assinaladas era o oportunismo. E os seus dois gols marcados até aqui mostram que, de fato, Merentiel é um jogador oportunista. A meu ver, precisa ter mais espaço e ter sequência no elenco, já que marcou mais gols que Flaco López, o jogador de 50 milhões de reais. Merentiel foi o único reserva que entrou em campo e fez a diferença na partida.

Mais uma “final” vencida, agora faltam apenas 11! Neste momento estamos com 57 pontos, 9 pontos à frente do Fluminense, que dorme na segunda colocação aguardando o resultado da partida entre Internacional e Atlético-GO, que será realizado amanhã (19) e fechará a rodada.

Nosso próximo compromisso será no dia 28, quando enfrentaremos o Atlético-MG em Belo Horizonte, pela 28ª rodada do Brasileirão. É uma partida que preocupa, pois não poderemos contar com Danilo, Zé Rafael, Gabriel Menino e Abel Ferreira, suspensos, e Gustavo Gómez e Weverton, convocados para jogos amistosos com as seleções do Paraguai e Brasil, respectivamente.

Vamos ver como o Professor resolverá nossos desfalques.

Até lá e #AvatiPalestra!

 

*Sander Souza é editor do Vida Destra Esportes.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd, no Canal do Telegram: https://t.me/EsportesVD e venham participar também do nosso grupo de debates de esportes: https://t.me/BotecoVDE

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sander Souza
Sigam me
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments