Por Sander Souza

Twitter: @srsjoejp Instagram: @sander_r_s

 

Atlético-MG x Palmeiras = Brasileirão 2022

28ª Rodada

 

Pré-Jogo

 

Quando surge, amigos alviverdes!

Depois de dez intermináveis dias de espera, finalmente veremos o Verdão em campo novamente! Hoje entraremos em campo no Mineirão, em Belo Horizonte, para enfrentar a equipe do Atlético-MG em partida válida pela 28ª do Campeonato Brasileiro.

Vindo da vitória por 1×0 sobre o Santos no Clássico da Saudade realizado no Allianz Parque no domingo (18). Líder isolado do Brasileirão,  o Palmeiras entrará em campo para um confronto contra um adversário que promete dar trabalho ao desfalcado time alviverde!

Retrospecto

Único invicto como visitante neste Brasileirão (13 jogos, com sete vitórias e seis empates), o Palmeiras não perde fora de casa há 15 partidas (somando uma vitória e um empate de 2021) e pode igualar o recorde do clube na história da competição, de 16 partidas seguidas, registrado entre 05 de agosto de 2018 e 13 de julho de 2019.

Em aproveitamento como visitante, o Palmeiras de 2022 registra o melhor desempenho da história do Brasileiro com o atual formato (desde 2006), com 69,2%, seguido por Fluminense de 2012 (68,4%), Flamengo de 2019 (64,9%), São Paulo de 2007 (61,4%) e Palmeiras de 2016 (59,6%).

Dono da maior série invicta do Brasileirão atualmente, com 12 jogos sem derrota (desde a 16ª rodada), o Palmeiras está a um jogo de igualar a maior invencibilidade desta edição do campeonato, registrada pelo próprio Verdão, com 13 partidas sem derrota entre a 2ª e a 14ª rodada.

O Maior Campeão do Brasil leva vantagem diante do Atlético-MG no retrospecto geral: em 90 jogos, foram 39 vitórias, 22 empates e 29 derrotas, com 119 gols marcados e 101 gols sofridos. Em caso de triunfo, o Verdão igualará o retrospecto do rival em duelos entre as equipes no Mineirão – atualmente, são 28 jogos, com 11 vitórias, cinco empates, 12 derrotas, 31 gols marcados e 33 gols sofridos.

Preparação

O Palmeiras teve dez dias para a sua preparação, o maior período livre entre duas partidas desde o início da temporada. Se já preocupa o retrospecto que mostra que sempre depois de períodos mais longos de preparação o time parece voltar com o “freio de mão puxado”, hoje temos mais motivos para preocupação, pois o elenco está bastante desfalcado.

Após o jogo do domingo (18) contra o Santos, o Palmeiras descansou por dois dias e se reapresentou na Academia de Futebol na manhã da quarta-feira (21) para dar início à sua preparação e realizou mais de uma hora de atividades com ênfases táticas. Com dois times de 11 componentes em dimensões reduzidas, os jogadores tiveram de cumprir objetivos específicos, como viradas de bolas, alcançar a profundidade do campo, conduzir a bola em áreas delimitadas etc.

Servindo as suas respectivas seleções para disputa de amistosos, o goleiro Weverton e o zagueiro paraguaio Gustavo Gómez foram os desfalques, além dos meio-campistas Jailson e Raphael Veiga, que deram sequência em seus cronogramas com o Núcleo de Saúde e Performance.

Os atletas da SE Palmeiras, durante treinamento na Academia de Futebol, em São Paulo-SP. (Foto: Fabio Menotti)

A preparação prosseguiu na manhã desta quinta-feira (22), na Academia de Futebol, com um jogo-treino entre jogadores do próprio elenco simulando dinâmicas de uma partida oficial. O trabalho contou com arbitragem profissional e os atletas, divididos em dois times de 11, vestiram uniformes de jogo. A movimentação durou dois tempos de 25 minutos e a comissão técnica do Professor Abel Ferreira testou formações, promoveu testes e fez diversos ensaios. Todos os atletas do elenco participaram, com exceção dos meio-campistas Jailson e Raphael Veiga, que cumpriram cronograma na parte interna do Centro de Excelência com o Núcleo de Saúde e Performance.

Após folgar na sexta-feira (23), o elenco alviverde voltou aos treinos preparatórios na manhã do sábado (24). Depois do aquecimento, o grupo foi dividido em dois para um trabalho em campo reduzido de posse de bola e opções de passe sob pressão na marcação. Na sequência, a comissão orientou um enfrentamento de 11 contra 11 com participação dos goleiros. Ao término do treino, alguns atacantes e meio-campistas seguiram no campo para praticar finalizações.

Os jogadores Gustavo Scarpa e Rony (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

A preparação prossegui na manhã do domingo (25). Inicialmente, o treinador separou dois times no campo e orientou o posicionamento e as movimentações de olho no confronto. Em seguida, os jogadores dos setores ofensivo e defensivo foram separados em duas metades do campo para atividades técnicas específicas de cada posição. Ao final, alguns atletas praticaram cobranças de pênalti e faltas.

Sob chuva, o Palmeiras treinou na manhã da segunda-feira (26), na Academia de Futebol, e seguiu a sua preparação. Pelo segundo dia seguido, o Professor Abel Ferreira deu ênfase aos trabalhos táticos.

Com dois times montados em campo reduzido, os jogadores trabalharam por mais de uma hora o posicionamento e as movimentações preparadas para o confronto com o Galo. O elenco ainda ensaiou jogadas de bola parada ofensivas e defensivas, entre outros aspectos do jogo.

O goleiro Marcelo Lomba, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

O Palmeiras finalizou nesta terça-feira (27), na Academia de Futebol, a preparação para enfrentar o Atlético-MG. A comissão alviverde comandou majoritariamente atividades técnicas e táticas. O elenco realizou uma prática de cruzamentos e finalizações, seguida de um recreativo na parte inicial do treino. Depois, o Professor Abel Ferreira separou equipes e orientou comportamentos ofensivos e defensivos, além das bolas paradas.

Os jogadores Dudu, Luan, Zé Rafael, Garcia, Gabriel Menino, Miguel Merentiel e Jorge (E/D em pé) e Murilo, Eduard Atuesta, Joaquín Piquerez, Vanderlan, Endrick e Vinicius (E/D agachados), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

Escalação

Pendurados: Atuesta, Wesley, Rony, José López, Abel Ferreira (treinador), Vitor Castanheira (auxiliar técnico) e João Martins (auxiliar técnico)
Suspensos: Gustavo Gómez, Gabriel Menino e Zé Rafael (cartões amarelos) e Danilo e Abel Ferreira (cartões vermelhos)
Outros desfalques: Weverton (Seleção Brasileira), Gustavo Gómez (Seleção Paraguaia e suspenso), Fabinho (lesão na coxa direita), Jailson (lesão no joelho direito) e Raphael Veiga (artroscopia no tornozelo direito)

Para este importante confronto, o Professor Abel Ferreira não poderá contar com Weverton e Gustavo Gómez, escalados para atuar pelas seleções de Brasil e Paraguai, respectivamente. Também não poderá contar com Danilo, Gabriel Menino e Zé Rafael, que estão suspensos. O próprio Professor não poderá comandar o time à beira do campo, pois também esta suspenso e nosso time será comandado pelo auxiliar técnico João Martins.

Fabinho, que era uma opção para o lugar de Danilo no meio-campo, acabou não viajando com o elenco para a capital mineira por ter sentido a coxa durante o treino de segunda-feira (26). Endrick foi relacionado para esta partida e mais uma vez estaremos na expectativa de vê-lo estrear no nosso time principal.

Sendo assim, a nossa provável escalação seria: Marcelo Lomba no gol; Marcos Rocha na lateral direita e Piquerez na lateral esquerda. Luan e Murilo na zaga; Atuesta, Naves (Kuscevic) e Gustavo Scarpa no meio-campo; Rony, Breno Lopes (Bruno Tabata) e Dudu na linha de frente.

*Pré-Jogo concluído em 28/09/2022 às 20:10

**Escalação confirmada às 20:45

O Palmeiras entrará em campo com: Marcelo Lomba; Marcos Rocha, Murilo, Kuscevic, Luan e Piquerez; Atuesta, Mayke e Gustavo Scarpa; Rony e Dudu. A escalação me surpreendeu, pois embora tivesse a possibilidade do Professor escalar três zagueiros, não imaginei que Mayke pudesse ser uma opção para o meio-campo, ou será Luan como volante? Vamos ver como o time se comportará, lembrando que o empate neste caso será um resultado aceitável.

Também quero registrar que tanto João Martins como Marcelo Lomba estão invictos com o Verdão!

O Jogo

O jogo começou com o Verdão impondo uma marcação com muita pressão, dominando os primeiros minutos de jogo. Já aos 2 minutos, em nossa primeira chegada no ataque, Scarpa cobrou escanteio e Murilo subiu e desviou de cabeça quase abrindo o placar, mas a bola foi para fora!

Aos 6 minutos, Hulk finalizou dentro da área alviverde e Lomba fez uma bela defesa! O jogo passou a ter boa trocação e aos 12 minutos Rony chutou em cima de Nathan e ganhou um escanteio pro Verdão. Na cobrança Scarpa levantou a bola na área e o goleiro Everson tirou de soco evitando a finalização alviverde!

Dois minutos depois, em rápido contra-ataque Atuesta encontrou Rony na área, que finalizou rasteiro mandando a bola pra fora! À medida que o tempo passava a partida se tornava equilibrada com ambas as equipes tendo boas chances de abrir o placar, com o jogo se tornando lá e cá!

Aos 36 minutos Rony levou entrada dura de Nathan e ficou no chão mas o árbitro marcou apenas falta. O jogo seguiu lá e cá e o Galo perdeu muitas chances de abrir o placar, com lances em que Lomba fez defesas boas e outros onde a bola explodiu no travessão e nas traves!

Pouco depois Mayke recebeu passe de Luan e cruzou rasteiro na pequena área com o Dudu desviando num carrinho e a bola tirando tinta da trave direita de Everson. Aos 41 minutos Dodô atingiu Scarpa com uma forte entrada na intermediária e levou o primeiro amarelo do jogo.

Aos 44 minutos quase abrimos o placar em jogada de Dudu, que bateu rasteiro de fora da área com a bola explodindo na trave direita do gol dos mineiros. No mesmo minuto, Zaracho levou o segundo amarelo do jogo.

Já nos acréscimos, aos 46 minutos, Scarpa cobrou escanteio e Luan cruzou para o meio, onde Kuscevic chutou de primeira e mandou a bola pro fundo das redes mas a arbitragem assinalou posição irregular de Kuscevic. Após 1 minuto de acréscimo terminou o primeiro tempo no Mineirão. Placar parcial: Galo 0x0 Porco.

O primeiro tempo iniciou com pressão alviverde, ganhou equilíbrio no decorrer do tempo e terminou com o Galo tendo maior posse de bola (62%) e mais finalizações (9×6). Felizmente a pontaria dos mineiros não estava boa, pois foram muitas as bolas que encontraram o travessão e as traves alviverdes. Lomba também frustrou algumas finalizações, fechando o nosso gol. Eu achava que seria mais difícil segurar os mineiros mas nosso elenco teve bom desempenho no primeiro tempo. Infelizmente perdemos muitas oportunidades de abrir o placar.

Voltamos para a segunda etapa sem alterações no time. Aos 6 minutos o Verdão abriu o placar em cobrança curta de escanteio de Scarpa para Marcos Rocha, que devolveu para Scarpa lançar para o meio da área, onde Murilo desviou e mandou a bola pro fundo das redes alvinegras! Galo 0x1 Porco!

Aos 9 minutos Scarpa finalizou de fora da área, a bola foi fraca demais e Everson defendeu facilmente. O jogo seguiu com ambas as equipes pressionando e criando jogadas num jogo lá e cá e nos primeiros 15 minutos da segunda etapa já tinham ocorrido 13 finalizações do Galo e 10 do Porco!

Aos 17 minutos Luan levou um amarelo por um carrinho frontal em Keno. Dois minutos depois João Martins fez a nossa primeira substituição, com o Bruno Tabata entrando no lugar de Scarpa. Aos 24 minutos a partida precisou ser paralisada por três minutos devido a fumaça de sinalizadores proveniente das arquibancadas, que prejudicava a visão dentro de campo. Aos 26 minutos, Murilo recebeu cartão amarelo.

Aos 30 minutos Atuesta foi atingido por um pisão no tornozelo dado por Mariano, em cima da linha da área, e o árbitro Marcelo de Lima Henrique não marcou sequer falta, num lance que deveria ter resultado num amarelo, no mínimo, e ter sido revisado pelo VAR. Aos 31 minutos, Dudu demorou na cobrança de lateral e ganhou um amarelo por isso. Critérios ridículos da arbitragem!

O jogo seguiu movimentado e aos 38 minutos João Martins fez novas substituições, com Garcia, Merentiel e Navarro entrando em substituição a Mayke, Rony e Dudu. Em mais uma decisão bizarra da arbitragem, aos 43 minutos Navarro e Mariano disputaram a bola e a sobra ficou com Breno Lopes, que venceu Everson e mandou a bola pro fundo do gol dos mineiros mas o árbitro anulou o gol alegando falta no lance anterior. Decisão grotesca, ridícula, prejudicando de forma deliberada o Palmeiras.

Aos 44, nossa última substituição, com Jorge entrando em substituição a Atuesta. Após 9 (?) minutos de acréscimos terminou a partida em Belo Horizonte. Placar final: Atlético-MG 0x1 Palmeiras.

Registro aqui a minha indignação com a atuação da arbitragem neste jogo. Não foram erros cometidos, foram ações deliberadas para manipular o resultado da partida. E onde esteve o VAR, que não atuou em momentos cruciais? O que aconteceu é uma vergonha para o futebol brasileiro e o Palmeiras precisa se posicionar e cobrar soluções.

Gostei da partida! Por conta dos nossos desfalques eu esperava uma partida mais difícil mas nosso time atuou bem. Gostaria de destacar a atuação do Murilo, não apenas pelo gol marcado mas pela atuação no geral, que foi muito boa. Piquerez também merece destaque. Atuesta me surpreendeu também, com uma boa atuação. Posso estar enganado mas creio que foi a primeira vez que Atuesta entrou como titular e acho que foi a partida em que atuou por mais tempo em campo. Lomba teve excelente atuação e segue invicto, bem como João Martins.

Garantimos mais três pontos e agora estamos com 60 pontos, 9 pontos à frente do segundo colocado, o Fluminense (51) e a 10 pontos do terceiro colocado, o Internacional (50). Restam dez partidas para o fim do Brasileiro e temos três rodadas de vantagem! Seguimos mais líderes do que nunca!!

Nosso próximo compromisso será contra o Botafogo, na próxima segunda-feira (3) no Engenhão, na capital fluminense, pela 29ª rodada do Brasileirão.

Até lá e #AvantiPalestra

 

*Sander Souza é editor do Vida Destra Esportes.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd, no Canal do Telegram: https://t.me/EsportesVD e venham participar também do nosso grupo de debates de esportes: https://t.me/BotecoVDE

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sander Souza
Sigam me
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments