Por Sander Souza

Twitter: @srsjoejp Instagram: @sander_r_s

 

Botafogo x Palmeiras – Brasileirão 2022

29ª Rodada

 

Pré-Jogo

 

Quando surge, palestrinos!

Seguimos firmes na busca pelo hendecacampeonato brasileiro e hoje estamos na Cidade Maravilhosa para enfrentar a equipe do Botafogo, no Engenhão, em partida válida pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Vindo da linda vitória por 1×0 sobre o Atlético-MG, na última quarta-feira (28), o Verdão entra em campo ostentando a sua invencibilidade, jogando fora de casa, nesta temporada do Brasileiro. Líder da competição há 19 rodadas consecutivas, o Palmeiras completou um turno inteiro na liderança e agora está a uma rodada de igualar o recorde do clube na história da competição, atingido em 2016, com 20 rodadas seguidas.

Retrospecto

O retrospecto geral é favorável ao Verdão. Palmeiras e Botafogo já mediram forças em 122 oportunidades, e o Verdão leva a melhor no retrospecto geral: são 49 vitórias contra 35 derrotas, além de 38 empates, 182 gols marcados e 151 gols sofridos. Com mais um triunfo, o Maior Campeão do Brasil atingirá a expressiva marca de 50 resultados positivos diante do adversário carioca.

O Palmeiras venceu sete de 11 partidas disputadas contra o Botafogo desde o ano de 2015, além de dois empates e duas derrotas – um aproveitamento de 70%. No encontro mais recente, que aconteceu pelo primeiro turno da atual edição do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras saiu vencedor ao golear o rival por 4 a 0, no Allianz Parque, com gols de Rony, duas vezes, Gustavo Scarpa e Wesley.

-Retrospecto geral contra o Botafogo: 122 jogos, 49 vitórias, 38 empates, 35 derrotas, 182 gols marcados e 151 gols sofridos

– Primeiro jogo: 03/05/1922 – Palestra Itália 1×0 Botafogo (gol de Antonio Imparato) – Parque Antarctica (São Paulo-SP) – Taça City
– Último jogo: 09/06/2022 – Palmeiras 4×0 Botafogo (gols de Rony, duas vezes, Gustavo Scarpa e Wesley) – Allianz Parque (São Paulo-SP)
Na ocasião, o técnico Abel Ferreira mandou a campo: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Murilo e Piquerez; Danilo (Fabinho, aos 16’/2ºT), Zé Rafael e Gustavo Scarpa (Atuesta, aos 35’/2ºT); Dudu (Breno Lopes, aos 35’/2ºT), Gabriel Veron (Rafael Navarro, aos 16’/2ºT) e Rony (Wesley, aos 31’/2ºT)
– Maior sequência invicta: Palmeiras – 12 jogos, sete vitórias e cinco empates (entre 30/10/2002 e 06/09/2007)
– Maior série de vitórias: Palmeiras – 5 triunfos (entre 26/10/2004 e 12/11/2006)
– Maior sequência sem sofrer gols: Palmeiras – 5 jogos (entre 16/06/1960 e 12/02/1962)
– Maior goleada: 06/11/1999 – Palmeiras 6×0 Botafogo (gols de Asprilla, duas vezes, Cléber, Aguinaldo, Pena e Evair) – Palestra Italia (São Paulo-SP) – Campeonato Brasileiro
– Jogador com mais jogos: Ademir da Guia (22)
– Jogador do atual elenco com mais jogos: Dudu (9)
– Jogador com mais gols: Ademir da Guia, Barcos e César Maluco (6)
– Jogador do atual elenco com mais gols: Dudu e Rony (2)
– Técnico com mais jogos: Luiz Felipe Scolari (18)

– Retrospecto contra o Botafogo pelo Campeonato Brasileiro: 61 jogos, 27 vitórias, 19 empates, 15 derrotas, 84 gols marcados e 58 gols sofridos

Preparação

Após jogar contra o Galo na última quarta-feira (18), em Belo Horizonte, o elenco alviverde descansou na quinta-feira (29) e se reapresentou na Academia de Futebol na manhã da sexta-feira (30) para dar início à sua preparação para este confronto. As novidades foram os retornos do goleiro Weverton e do zagueiro Gustavo Gómez, que estavam com as seleções do Brasil e do Paraguai, respectivamente, para a disputa de amistosos.

Os titulares no jogo do Mineirão (que manteve a invencibilidade do Verdão como visitante no Brasileiro e garantiu à equipe a maior sequência sem derrotas fora de casa na história dos pontos corridos – 16 jogos) fizeram atividades regenerativas no Centro de Excelência. O restante, com a presença de jovens do grupo de apoio e outros atletas do Sub-20, foi a campo e participou de um coletivo de 11 contra 11. A comissão técnica do Professor Abel Ferreira cobrou intensidade durante todo o trabalho.

O jogador Gustavo Gómez, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

O grupo voltou a treinar na manhã do sábado 1º e deu prosseguimento à sua preparação. O elenco trabalhou opções de passe sob pressão e enfrentamentos de oito contra oito em metade do campo.

Os jogadores Zé Rafael, Rafael Navarro, Endrick, Gustavo Gómez, Miguel Merentiel, Garcia e Jorge (E/D em pé) e Gabriel Menino e o goleiro Weverton (E/D agachados), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

O Verdão encerrou a sua preparação na manhã do domingo (2). Após uma atividade de vídeo no auditório do centro de excelência, o grupo foi ao gramado para um treino de ultrapassagens, cruzamentos e finalizações. Em seguida, em campo reduzido, realizaram um trabalho técnico com toques limitados na bola. Para fechar, houve um ensaio tático de posicionamento nas bolas paradas com a comissão do Professor Abel Ferreira.

Os jogadores Rafael Navarro e Vanderlan (E), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

Escalação

Pendurados: Luan, Murilo, Atuesta, Wesley, Dudu, Rony, José López, Abel Ferreira (treinador), Vitor Castanheira (auxiliar técnico) e João Martins (auxiliar técnico)
Suspensos: não há
Retorno de suspensão: Gustavo Gómez, Gabriel Menino e Zé Rafael (cartões amarelos); Danilo e Abel Ferreira (cartões vermelhos)
Desfalques: Murilo (virose), Jailson (lesão no joelho direito) e Raphael Veiga (artroscopia no tornozelo direito)

Weverton e Gustavo Gómez, que estavam atuando pelas seleções do Brasil e do Paraguai, respectivamente, já retornaram e já treinaram com a equipe. Para esta partida o Professor Abel Ferreira tem praticamente todo o time à sua disposição, com exceção apenas de Murilo, que não viajou por estar com uma virose.

O Professor montou o seguinte time para enfrentar o Botafogo: Weverton, fechando o nosso gol; Marcos Rocha na lateral direita e Piquerez na lateral esquerda; Gustavo Gómez e Luan na zaga; Mayke, Gustavo Scarpa, Zé Rafael e Danilo no meio-campo; Rony e Dudu na linha de frente. Provável esquema tático inicial 4-2-3-1.

Surpreendeu a repetição da formação tática que enfrentou o Galo, com o Mayke novamente atuando como ala pela direita. Com a ausência de Murilo e Luan entrando como titular, Kuscevic foi escalado como reserva. Flaco López não foi relacionado para esta partida.

O Jogo

A partida começou com o Verdão tendo maior posse de bola e buscando espaços na marcação do Fogão. Aos 3 minutos Danilo tentou enfiada longa na ponta esquerda mas ninguém chegou na bola, que saiu pela linha de fundo.

Aos 5 minutos Luan tentou lançamento na ponta direita mas a zaga adversária conseguiu interceptar. Pouco depois Marcos Rocha cobrou lateral direto para a área e a defesa desviou e cedeu escanteio para o Verdão! Scarpa cobrou o escanteio e Adryelson desviou de cabeça cedendo novo escanteio.

Aos 8 minutos Rony avançava no ataque e foi parado com falta de Kanu, que levou um cartão amarelo. Na cobrança da falta Scarpa chutou direto no gol e Gatito fez a defesa!

Aos 14 minutos, boa oportunidade com Marcos Rocha cruzando na área e Rony desviando de cabeça mas mandando a bola por cima da meta! No minuto seguinte, Zé Rafael tentou de primeira e mandou um foguete na trave do gol de Gatito!

Aos 20 minutos, Saravia carregou pela direita, passou por Zé Rafael e abriu com Tiquinho na entrada da área, que chutou de primeira no canto esquerdo do gol de Weverton. Placar aberto no Engenhão! Fogão 1×0 Porco!

Aos 22 minutos, em disputa de bola com Zé Rafael, Gabriel deu um tapa na bola e após confirmação pelo VAR o árbitro Wilton Pereira Sampaio marcou pênalti para o Verdão. Scarpa foi para a cobrança e converteu! Placar igual no Rio de Janeiro! Fogão 1×1 Porco!

O jogo seguiu com certo equilíbrio, com o Fogão tentando chegar no nosso gol mas esbarrando na nossa defesa. Aos 34 minutos Scarpa fez boa jogada pela direita e abriu com Marcos Rocha na linha de fundo, que cruzou na área mas a bola acabou com Gatito!

Aos 36 minutos Piquerez recebeu lançamento na ponta esquerda, deixou Saravia pra trás e cruzou rasteiro na área, onde Mayke apareceu para finalizar e mandar a bola pro fundo das redes do gol alvinegro! Placar ampliado no Nilton Santos! Fogão 1×2 Porco!!

Aos 38 minutos Dudu recebeu passe na entrada da área e ajeitou para Scarpa, que vinha de trás e bateu forte mas mandou a bola pra fora! O jogo seguiu com o Verdão criando mais jogadas mas o Fogão estava dando trabalho e também chegava no ataque. Aos 44 minutos Dudu tentou lançamento para Piquerez na esquerda mas Adryelson interceptou a jogada!

Após 4 minutos de acréscimos terminou o primeiro tempo no Engenhão! Placar parcial: Botafogo 1×2 Palmeiras.

Foi um bom primeiro tempo para o Verdão, que manteve boa posse de bola, teve bom volume de jogo e boa criação de jogadas. O Botafogo, porém, deu trabalho para a nossa defesa e se mostrou um bom adversário, desde o início mostrando que não facilitaria para o Verdão!

Voltamos para a segunda etapa sem alterações no time! Aos 3 minutos Dudu recuperou a bola, acelerou até a entrada da área e abriu com Marcos Rocha na esquerda, que tentou um cruzamento mas a marcação cortou a jogada!

O jogo seguiu com o Verdão tentando chegar no ataque mas com o Fogão conseguindo interceptar e cortar muitas jogadas. E quando a gente conseguia passar pela defesa adversária, pecava na finalização! Aos 16 minutos Rony cruzou da direita, Danilo dominou na área e girou, deixando para Dudu bater de primeira e mandar a bola no canto esquerdo do gol de Gatito! Placar ampliado no Engenhão! Fogão 1×3 Porco!

Aos 24 minutos Zé Rafael recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso de campo. Pouco depois, o Professor Abel Ferreira, que estava pendurado, também recebeu cartão amarelo. Ambos não estarão na próxima partida, contra o Coritiba. Aos 27 minutos o Professor fez as nossas primeiras substituições, com Gabriel Menino, Navarro e Atuesta entrando em substituição a Dudu, Rony e Scarpa.

Aos 32 minutos nova substituição, com o Kuscevic entrando em substituição a Mayke. Com o placar consolidado e com um jogador a menos, o Verdão baixou as linhas e se fechou para segurar o resultado. Aos 39 minutos, nossa última substituição, com Vanderlan entrando em substituição a Piquerez. Após 5 minutos de acréscimos, terminou a partida no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro! Placar final: Botafogo 1×3 Palmeiras!

Mais 3 pontos conquistados! Agora o Verdão tem 63 pontos e está 10 pontos à frente do Internacional, que é o atual vice-líder.

A meu ver o Palmeiras fez uma boa partida, mostrou consistência e nossos jogadores têm mostrado evolução na atuação dentro de campo. Na minha participação na live de hoje no canal Papo no Chiqueiro, do meu amigo Tarcysio, eu disse que Mayke seria o destaque dessa partida e de fato ele foi um dos destaques, chegando até mesmo a fazer o seu gol! Essa escalação e o uso de Mayke nessa formação tática se mostrou muito eficiente! Dudu foi outro que se destacou e não apenas pelo belo gol feito!

Nosso próximo compromisso será na quinta-feira (6), quando receberemos o Coritiba no Allianz Parque, para partida válida pela 30ª rodada do Brasileirão.

Até lá e #AvantiPalestra 

 

*Sander Souza é editor do Vida Destra Esportes.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd, no Canal do Telegram: https://t.me/EsportesVD e venham participar também do nosso grupo de debates de esportes: https://t.me/BotecoVDE

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sander Souza
Sigam me
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments