Alguns dias atrás, me deparei com uma postagem no Twitter, na qual o autor dizia, entre outras coisas, que não recomendaria a um filho seu a profissão de jornalista, pois ainda segundo ele, a maioria é “vendida e desonesta”. Ao ler tal postagem, me dei conta que não estamos lutando pela retomada do Brasil, como deveríamos. Explico o por quê!

Já afirmei em várias oportunidades, que nós precisamos ocupar espaços. Não apenas na área política, mas em todas as áreas da nossa sociedade. Isto inclui, claro, as profissões. Eu jamais impediria um filho meu de escolher livremente a sua profissão, sob o argumento que a maioria daqueles que a exercem é “vendida e desonesta”. E isso porque acredito que sou eu, como pai, o responsável por ensinar os valores corretos aos meus filhos. Não são as profissões que ensinarão a eles tais valores. Ao contrário, nossos filhos exercerão as profissões que escolherem segundo os valores que lhes foram transmitidos. E é por isso que acredito que, se quisermos de fato recuperar o Brasil, retirando-o das mãos da esquerda, devemos preparar os nossos filhos e netos para assumi-lo e mantê-lo sob os valores conservadores e cristãos. Porém, a mentalidade mostrada através da postagem que citei acima, nos revela que temos muito o que mudar ainda, se quisermos de fato construir um Brasil diferente.

Precisamos de gente que exerça as suas profissões segundo estes valores. Se muita coisa vai mal no Brasil, isto se deve à decadência moral e cultural da nossa sociedade. Por isso precisamos trabalhar incansavelmente para elevar o padrão cultural e reforçar os valores das futuras gerações, ou elas não serão capazes de manter o legado que deixaremos a elas.

Também acredito que impedir um filho de escolher a sua própria profissão por conta daquilo que outros fazem hoje, é declarar a própria derrota! Por exemplo, não deixar que um filho exerça o jornalismo, trabalhando sob elevados valores éticos e morais, é condenar o jornalismo a ficar permanentemente nas mãos dos incompetentes esquerdistas. É condenar as futuras gerações a continuar à mercê de notícias tendenciosas e manipuladoras. É negar às futuras gerações o direito de ter acesso a informação e conteúdo de qualidade, já que os militantes esquerdistas travestidos de jornalistas não proverão tal conteúdo.

E isto pode ser estendido a todas as profissões. Queremos policiais sérios, que cumpram com seus deveres, políticos que trabalhem em prol de suas comunidades, médicos que coloquem a vida de seus pacientes em primeiro lugar, advogados que lutem para corrigir injustiças, e jornalistas que estejam comprometidos com a verdade e os fatos. Só para citar algumas profissões! Queremos que o dia a dia da nossa sociedade seja vivido sob os valores conservadores e cristãos. E somos nós os responsáveis pelo ensino e pela difusão destes valores.

Que país deixaremos para os nossos filhos? Precisamos refletir sobre a resposta a esta pergunta. E também, precisamos refletir sobre esta outra: estamos preparando os nossos filhos para receber o país que estamos lutando para construir?

Pensem nisso, meus amigos!

 

 

Sander Souza (ConexãoJapão), para Vida Destra, 22/01/2021.
Vamos discutir o Tema! Sigam-me no Twitter @srsjoejp e no Parler @Srsjoejp                  Acessem também o meu blog: Blog do Sander

 

Crédito da Imagem: Luiz Augusto @LuizJacoby

 

As opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seus respectivos autores e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sander Souza
Acompanhe me
Últimos posts por Sander Souza (exibir todos)
ATENÇÃO - Pelo valor de um cafezinho, você colabora com o nosso projeto @vidadestra e ainda concorre a prêmios mensais. Sorteio : 31 de Março Acesse 🌐 https://vidadestra.org/seja-apoiador/ e saiba como participar!  Seja Apoiador
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Nunes
Admin
1 mês atrás

Excelente. Essa nova geração penará, se as coisas continuarem assim.

FABIO PAGGIARO
1 mês atrás

Excelente Sander. Uma sociedade justa e democrática não se constrói se não transmitirmos aos nossos descendentes valores e princípios. E a esquerda sabe muito bem disso, tanto que direciona seus esforços contra eles.