O ministro Edson Fachin declarou a incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba para o julgamento das Ações Penais contra Lula referentes ao Tríplex do Guarujá, Sítio de Atibaia, sede do Instituto Lula e doações ao Instituto Lula. Com isso, anulou todos os atos decisórios praticados nas respectivas ações penais, inclusive os recebimentos das denúncias, tornando Lula elegível, uma vez que essa medida o tira da condição de réu.

Mas a essa altura, pouco importa a explicação jurídica que embasa tal decisão. O que fica evidente, mais uma vez, é que um membro do STF, que provavelmente será seguido pela maioria, usa uma filigrana jurídica para beneficiar um dos maiores corruptos que esse país já viu. E segundo alguns, fez isso para salvar a Lava Jato, pois essa ação tiraria o objeto da arguição de suspeição do então juiz Sérgio Moro, que ainda pendia de julgamento na Segunda Turma. Ocorre que o Laxante Geral do STF, Gilmar Mendes, levou de imediato o caso para julgamento na 2ª Turma. Só não finalizaram no mesmo dia, por um pedido de vistas do ministro Nunes Marques. Mas alguém acredita mesmo que Fachin já não sabia que isso ocorreria?

O fato é que a decisão, por mais indecente que seja, já era esperada. É como assistir a um parente com uma doença terminal. Sabemos que ele vai morrer, mas mesmo assim sentimos o impacto quando ele se vai. Basta lembrar de quem é Edson Fachin. O advogado e professor da UFPR que fez campanha para Dilma, encabeçando um manifesto de juristas em 2010, foi recompensado com a indicação ao STF em 2015.

Mas essas questões jurídicas não mudam a realidade sobre Lula. Apesar de horrível, essa decisão não inocenta o ladrão. As provas continuam existindo e em algum momento ele será novamente condenado pelos crimes que todos sabem que cometeu. Mas enquanto isso não ocorre, vamos mandar o nosso “bom recadinho” para você Lula: Pode vir tranquilo!

Vem tranquilo, porque não temos medo das suas ameaças e nem acreditamos mais nas suas bravatas. Não pense que esquecemos que o país até hoje tenta se recuperar do estrago que os governos do PT deixaram. Preços artificialmente baixos às custas de intervenções desastradas na economia. Dezenas de casos de corrupção no Governo. Recursos públicos desviados do mais simples órgão público até as gigantes estatais. Não houve lugar onde a sua quadrilha não colocou as patas corruptas.

Vem tranquilo, pois a sua participação na campanha de 2022 vai lhe dar a chance de ser julgado pelas urnas, como você sempre quis. Mas será uma oportunidade de esfregar na sua cara de pau todo o mal que fez a esse país. Cada brasileiro que paga seus impostos em dia, e trabalha de sol a sol, sacrificado pelos efeitos nefastos da política que você praticava, será uma voz de indignação contra as suas pretensões e de seu bando.

Vem tranquilo, porque você verá que o país mudou. Mais pessoas tiraram a venda dos olhos e assumiram de vez o protagonismo do debate público, e não se deixam mais enganar por seu discurso hipócrita. Nunca se falou tanto de política. No bar da esquina, na venda do bairro, nos ônibus e vilas, vemos gente simples inteirada sobre os acontecimentos da política, e o melhor, sem o filtro da grande mídia, que também perdeu uma grande parte do seu poder de manipulação.

Vem tranquilo, porque nem toda a ginástica jurídica dos advogados de toga do STF e a assessoria de imprensa da grande mídia, podem lavar a sua ficha e a sua alma corrupta. O Brasil já sabe quem é Lula e sua gangue. Foi exatamente esse sentimento que deflagrou o impeachment de Dilma e os sucessivos fracassos eleitorais do PT e da esquerda. O Brasil já derrotou Lula nas urnas, pois rejeitou o seu projeto de poder representado pelo Poste Haddad – que era Lula, lembram? Ele só não descobriu, ainda, pois é um negacionista da própria sarjeta em que se encontra.

Vem tranquilo, pois o que mais o brasileiro de bem deseja é enterrar de vez a sua carreira política e vê-lo apodrecer atrás das grades. Você será condenado, Lula, no voto e pela Justiça que respira por aparelhos, mas ainda está viva nesse país. A sua única chance é fabricar uma fraude tão gigantesca que não passaria despercebida da população. E é essa a primeira batalha que será travada para evitar que sua presença corrupta infecte novamente o Palácio do Planalto. Sem fraude, você já é um cadáver político insepulto.

O Brasil vai se encontrar com a sua própria história, e fazer história novamente expurgando da vida pública de uma vez por todas, o último símbolo de uma era de corrupção e pornografia política representada por Luís Inácio Lula da Silva.

 

 

Saul Christos, para Vida Destra, 10/03/2021                                                                    Sigam-me no Twitter, vamos debater o meu artigo! @saulchristos

 

Crédito da Imagem: Luiz Augusto @LuizJacoby

 

As opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seus respectivos autores e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Últimos posts por Saul Christos (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio
Luiz Antonio
1 ano atrás

No magnífico art. de do aguardo de Lula p/eleições de 2022, só posso dizer q a pop. do Nordeste acordou. Obras faraônicas como a transposição do Rio S. Francisco, quem concluiu? Crescimento do PIB de 6% em 2004 é herança do Gov. Passado. E escândalo dos Correios tem seus 9 dedos nesta cumbuca.

Fábio Paggiaro
1 ano atrás

Meu único medo disso tudo é provável fraude nas urnas eletrônicas. Quem manda nelas são Barroso, Fachin e Moraes. Excelente “Saul”.