Alguns fatos sobre a eleição dos Estados Unidos no ano passado, nos levaram a desconfiar da veracidade e legitimidade do pleito americano. Vimos muitos depoimentos e “provas” de que houve fraude, ou seja, não teriam validade os votos obtidos pelos Democratas. Esse é o fato mostrado para o mundo por mídias e redes sociais.

Mas creio poder dizer que “Não teríamos essas dúvidas se, assim como Bolsonaro em 2018, Trump tivesse obtido votos muito além das expectativas.” Tudo leva a crer que “sim, houve interferência e fraude nas eleições”; mas muitos eleitores votaram no Democrata, na esquerda. A tal ponto de não ser assim tão óbvia a diferença entre os candidatos.

Com aquela ajuda “mágica” que só a esquerda sabe dar, foram rodeando as presas até o “golpe fatal”. Trump não teve apoio de ninguém, até seu vice lhe “virou” as costas. O Senado americano ficou  acuado e com medo de mostrar a verdade da “ex-maior-democracia” ao país. Todos esperavam que o povo e as forças armadas fossem ajudar a resolver as coisas, afinal é a terra da liberdade e as pessoas podem andar armadas em muitos estados.

Veio a lição para nós e para quem pensa que nossas “Forças Armadas” vão fazer alguma coisa. Era população nas ruas, “invadindo” e quebrando tudo. O que faltou para o Exército socorrer a população? Eram provas de “roubos” e “desvio’ de votos? TEVE! O Povo nas ruas, os políticos têm medo…Sim, têm medo. Basta estarmos unidos no mesmo propósito: Nossa liberdade!

Tudo isso vimos acontecer nesses últimos tempos em diversos lugares, inclusive no Brasil, e nada de respostas. Segunda instância, impeachment de Ministros, leis, MPs, perseguições políticas contra o atual governo. Nada foi resolvido! Nem com o povo pensando em ir para as ruas,  Forças Armadas, etc. Nós elegemos os “criminosos”, nós votamos nos “safados” e não adianta agora colocar o erro nas mãos dos outros!

Então como podemos agir? Tivemos a prova que para nosso Governo continuar, teremos de dominar com muito mais pessoas e ações, e começar agora no dia das eleições para as presidências das Casas Legislativas. E acima de tudo, não deixarmos dúvidas de quem apoiamos.

Nossa hora está chegando e precisamos parar de pensar no todo e sim focar na raiz dos problemas. Não é o STF e nem seus ministros os problemas, e sim os “Senadores”, eles que colocam e tiram as pessoas que fazem parte da equipe de 11 Ministros. A raiz é o cargo de presidente do Senado, ele é quem coloca as pautas a serem votadas, incluindo o pedido de impeachment de ministros do STF.

Temos que nos unir no que queremos em comum, sem ver o próprio umbigo. Ninguém vai agradar a todos, e nem seus atos serão tidos como exemplos a serem seguidos pela maioria, mas já que os objetivos levam ao mesmo lugar, um abre a mão aqui, outro ali e no final teremos nossa conquista!

Dia 6, dia de Reis, dia marcado pela queda enorme de uma grande potência nas mãos de pessoas ruins e vingativas. Dia dos “safados” brasileiros sorrirem e torcerem contra seu próprio povo. DIA QUE PERDEMOS UMA MULHER LUTANDO PELO SEU VOTO DENTRO DA CASA DO POVO AMERICANO! Isso é heroísmo!

 

 

Claiton Appel, para Vida Destra, 08/01/2021.
Vamos discutir o Tema! Sigam-me no Twitter @appel67

 

As opiniões expressas nesse artigo são de responsabilidade de seus respectivos autores e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Claiton Appel
Acompanhe me
Últimos posts por Claiton Appel (exibir todos)
A partir de 1 de Fevereiro, não utilizaremos mais o Instagram e Whatsapp por causa da nova política do Face. Utilize nossos canais oficiais
📢 Canal Telegram 📢 t.me/vidadestra
👥Grupo Telegram 👥 t.me/VidaDestraGrupo
📰Canal Boletim Vida Destra 📰 t.me/BoletimVidaDestra
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments