Por Francisco Roque do Nascimento                                                                                @fcoroque15

 

São Paulo x Palmeiras – Libertadores

 

Choque-Rei em busca da glória eterna termina empatado no primeiro jogo das quartas!

 

O dia prometia um jogaço de bola entre dois grandes times, e para consegui supreendentemente o palmeiras, Crespo inicia a partida com um time bem diferente do que ele costuma montar, tanto na libertadores, copa do Brasil e na própria libertadores.

O tricolor chegou para o primeiro jogo das quartas da libertadores com um time modificado, tendo como surpresa as ausências dos laterais esquerdos (Reinaldo/Wellington) no time, e apostando no meio de campo composto pelos garotos de Cotia: Sara, Nestor, Luan e Liziero; manteve os 3 zagueiros ( Miranda, Léo e Arboleda) e no ataque Rigoni e Pablo, completando o time o Dani Alves na lateral Direita e Volpi no Gol.

Em um jogo, que se iniciou com um palmeiras – que apesar de vim com 3 (três) atacantes – totalmente recuado e apostando nas jogadas de contra-ataque. Não se viu o time alviverde esboçar nenhuma vontade de se aventurar e buscar jogar um jogo mais ofensivo.

O São Paulo iniciou pressionando o palmeiras e criou algumas chances claras de gol, obrigando o goleiro palmeirense a fazer boas defesas. O palmeiras, só conseguiu levar algum perigo na cobrança de um escanteio que o atacante cabeceia e a bola passa próximo à trave, e o Rony não consegue alcançar a bola, que vai para fora.

O São Paulo manteve maior posse de bola, porém de toques que se repetiam no campo de defesa ou no meio de campo. Em jogo truncado e sem muitas oportunidades de ambas as partes de inovações criativas; foram as duas equipes para o vestiário com zero no placar.

Os dois times voltam para a segunda etapa, o tricolor procurando propor mais o jogo e buscando com maior vontade abrir o placar;  aos 10 (dez) minutos, o São Paulo tenta por 3 (três) vezes, uma com o Pablo e 2 (duas) com o Nestor para excelentes defesas do goleiro do palmeiras, porém na quarta tentativa executada pelo Luan na sequência do lance, o São Paulo abre o placar no Morumbi.

Com o gol, o São Paulo passa a administrar melhor a partida, e com tranquilidade o time toque bem a bola, e consegue criar uma chance muito boa de gol com o Liziero – que chuta por cima e desperdiça uma grande oportunidade.

Mesmo melhor, o São Paulo até ali, em uma jogada lateral o Dudu sofre uma falta próxima a área, e que numa desatenção da defesa tricolor, que só colocou um na barreira, o Patrick de Paula surpreende o goleiro são Paulino batendo direto para o gol e conseguindo empatar a partida para o palmeiras.

Com o empate, o palmeiras começa a acreditar que pode vencer e vai pra cima; o São Paulo sem consegui reagir ofensivamente, após sofrer o gol, fica somente na defensiva e tentando através de ligação direta com Rigoni e Pablo a busca do segundo gol – sem obter sucesso!

E assim, o jogo caminhou para o fim, mesmo com maior posse de bola, com maior número de finalizações, com mais chutes que exigiram defesas do goleiro, o São Paulo não conseguiu a vitória; esse resultado adiou a classificação para próxima partida, terça que vem no Allianz Parque, precisando da vitória ou de um empate acima de 2 (dois) gols para dar sequência em busca da glória eterna.

 

Avante óh tricolor em busca da classificação!

 

*Francisco Roque é mais um brasileiro apaixonado por futebol e torcedor fervoroso do São Paulo FC.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments