Em um passado não muito distante, o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro — que um dia já foi aclamado como um herói nacional e também reconhecido no exterior devido à Operação Lava Jato — havia dito que não se envolveria com política. E isso quando ele gozava de um imenso prestígio. Nessa época, ele afirmou por várias vezes que disputar eleições não estava nos seus planos.

Mas a sua saída tumultuada do governo, depois de uma famigerada reunião ministerial, acabou por revelar seu verdadeiro caráter. O que durante muito tempo se falava a respeito de sua fama e, principalmente, a acusação esquerdista de que a Lava Jato só serviu para sabotar a candidatura do então ex-presidente Lula ao Palácio do Planalto — entre outras coisas mais espinhosas — começou a fazer sentido.

Todo o castelo de perfeição construído em torno de um homem cuja reputação era acima de qualquer suspeita, com o passar do tempo se desfez. Mesmo seus defensores mais ferrenhos, lentamente, perceberam qual era a real face do juiz de fala mansa e expressão altiva. E, obviamente, começaram a se afastar. Nem mesmo a biografia escrita pela então jornalista e hoje deputada, Joice Hasselmann, conseguiu esconder suas verdadeiras intenções.

Pois, agora, esse mesmo homem resolveu anunciar sua filiação ao PODEMOS, considerado um partido de centro. O objetivo? Tentar alçar candidatura à presidência da república, em 2022. Fez um discurso polido, bem típico de quem tem o dom da oratória — como também tinha o ex-presidente Lula. Mas a exemplo deste último, o brasileiro já sabe muito bem onde isso vai parar.

Honestamente, com todas essas máscaras sendo sistematicamente jogadas no lixo — ou indo parar num armário — nenhum eleitor parece disposto a pagar para ver. Aí, não há nenhum marqueteiro que dê jeito. Ou mesmo biografia que salve.

“Ao examinarmos os erros de um homem, conhecemos o seu caráter”. (Confúcio)

 

 

Lucia Maroni, para Vida Destra, 12/11/2021.                                                              Sigam-me no Twitter, vamos debater o tema! @rosadenovembroo

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Acompanhe me
Últimos posts por Lúcia Maroni (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments