Casal de Porto Alegre relata que foi violentamente agredido por um grupo contrário ao Presidente Bolsonaro e houve omissão das forças de segurança.

 

No dia 14 de março, por volta das 14h, na cidade de Porto Alegre, o casal M. F. M. e T. A, que se dirigia para participar da manifestação em favor do presidente Bolsonaro, e contra as medidas autoritárias, se deparou com um grupo de pessoas opositoras ao governo federal.

Em relato, o casal conta que foi violentamente espancado pelo grupo, com socos e tapas. O casal conta também que entre os membros do grupo, existia uma pessoa que filmava somente na hora em que se defendiam das agressões, numa clara tentativa de colocá-los como sendo os agressores, e não as vítimas.

Uma das queixas do casal é que não houve prestação de socorro, inclusive pela brigada militar. No vídeo, o casal não quis expor sua imagem e voz, por medo de represálias, pois temem por sua segurança. Na data de hoje, 17 de março, a esposa já recebeu mensagens com ameaças.

No Brasil de hoje é difícil defender a Lei e a Constituição!

Confira o vídeo:

 

*Esta notícia pode ser atualizada a qualquer momento.

*Fonte: Arquivo pessoal dos denunciantes.

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Marcia Godoi
Marcia Godoi
1 ano atrás

Isso realmente aconteceu! Eles chegaram na manifestação com faixas, de forma agressiva chamando para a briga….graças a Brigada Militar eles não conseguiram seguir com seu intento de briga!! Esse casal foi pego de surpresa e eles estavam muito indignados e sairam batendo no primeiro que eles viram na frente deles!! Realmente estamos sós!!
Meus sentimentos a esse casal pela dor emocional e física!
Avante!!