Semana de Champions anima o humor de qualquer um.

E hoje, é o jogo de volta da semifinal de Champions League no Etihad Stadium em Manchester. Na partida de ida, no Parque dos Príncipes, Paris, o PSG levou uma virada por 2 a 1 do City.

O menino Ney não se pronunciou sobre o #NeyDay, com certeza, focado no treino. Mas os rivais, emplacaram a hashtag #daybruyne no Twitter. A expectativa que teremos um espetáculo!

 

Escalação

Escalação do PSG: Pochettino (técnico), Navas, Kimpembe, Marquinhos, Verratti, Paredes, Icardi, Neymar, Di María, Herrera, Diallo, Florenzi.

Sentiram falta do Kylian Mbappé? Eu também.

Escalação do Manchester City : Guardiola (técnico), Ederson, Walker, Rúben Dias, Stones, Gundogan, Zinchenko, De Bruyne, Bernardo Silva, Fernandinho, Mahrez, Foden.

 

Primeiro Tempo

E a bola começa a rolar no Etihad Stadium, com o gramado todo coberto de gelo. Como a quantidade de gelo é maior que a de neve, a partida já começa complicada, faltou a antiga bola vermelha ou laranja para diferenciar a partida, além do gramado escorregadio.

Aos 11 minutos, Mahrez marca um belíssimo gol para o City, com a participação de um lançamento do goleiro. E a situação do PSG piora, pois o time  precisaria fazer 2 gols e não tomar mais nenhum para conseguir forçar uma prorrogação. Aos 15 minutos, Neymar sofre uma falta, mas não consegue converter.

O City estava bem mais perigoso e organizado neste primeiro tempo.

 

Segundo Tempo

 

Começa o segundo tempo, o City está classificado para sua primeira final de Champions League com esse placar temporário. Mas tudo pode mudar em 45 minutos.

O City começa com o mesmo esquema de marcação, porém agora mais à frente. Como os comentaristas dizem, o jogo era lá e cá. Pochettino faz a seguinte alteração: Icardi e Herrera saem, Kean e Draxler entram.

Em um mortal contra ataque aos 63 minutos do segundo tempo, Mahrez marca novamente para o City, ampliando o agregado para 4 a 1. O PSG precisa fazer 3 Gols para se classificar, difícil, não? Para piorar, aos 68 minutos, Di María é expulso, por causa de uma falta no Fernandinho.

Com o time cheio de cartões amarelos, Guardiola faz algumas alterações:

  • Aos 83 minutos, De Bruyne e Bernardo Silva saem, Gabriel Jesus e Sterling entram
  • Aos 85, Aguero substitui Foden.

E o jogo terminou, Manchester City 2 vs 0 PSG ( 4-1 no agregado). Parabéns ao Manchester City pela classificação invicta na competição, soube utilizar melhor o sistema coletivo. Mais uma lição ao PSG e mais um ano com o sonho adiado. Não foi o dia do NeyDay, que ficou praticamente anulado em campo, por causa da marcação.

Na sua opinião, o Manchester City é favorito para a final?

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD e no Instagram: @esportes_vd

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Esportes - Vida Destra
Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments