No dia 30/09, o deputado estadual pelo estado de São Paulo, Gil Diniz, postou em seu Twitter um vídeo, onde falava na tribuna, sobre um convite que teria recebido para um coquetel e almoço comemorando o Dia Nacional de Taiwan e que, 30 minutos após confirmar sua presença ao coquetel, recebeu um e-mail do Consulado Chinês, através da comissão de assuntos internacionais da Alesp, que dizia o seguinte: 

No início de outubro as representações de Taiwan no Brasil como é costume realizam celebrações de suposto dia nacional. 

Aproveito para reiterar o posicionamento da China a este respeito, o princípio de uma só China e a norma básica que rege as relações internacionais e um consenso universalmente reconhecido pela comunidade internacional, sendo também a base política das relações entre a China e os demais países do mundo. 

A questão de Taiwan é um assunto interno da China e relacionado diretamente aos interesses fundamentais do país. O lado chinês aprecia o fato de que a Alesp tem respeitado o princípio de uma só China. 

Seria muito agradecido se Alesp no contexto do seu compromisso com o princípio de uma só China, pudesse tomar as medidas necessárias e preventivas com vistas a conscientizar os deputados da sensibilidade da questão de Taiwan e evitar gestos ou atitudes que possam ser prejudiciais ao princípio de uma só China, como participar das comemorações referidas, mandar mensagens de felicitações às autoridades de Taiwan ou manter contatos oficiais com essas. 

O Consulado Geral da China aproveita a oportunidade para reiterar a Alesp, os protestos e sua elevada estima.” 

A mesma pressão que a China fez sobre o Congresso nacional em maio, por ocasião da eleição presidencial em Taiwan!

Eu queria chamar a atenção para o fato de existir hoje uma guerra — não mais tão silenciosa  — pela dominação mundial entre os denominados GLOBALISTAS e a CHINA, e para os que pensam ser isso uma bobagem, ou só uma teoria da conspiração, vai aqui alguns dados:

A China hoje, é o maior poderio militar do mundo — tanto em armas, quanto em contingente, maior até que o dos EUA;

É a maior economia do mundo, com influência em vários países!

No Brasil, só no governo Dilma, foram assinados 35 acordos entre o Brasil e a China, que incluiu até a compra de um BANCO — o Banco de Comunicações da China (BoCom), estatal e o 5º maior do país, escolheu o Brasil para fazer sua primeira aquisição no exterior — o BoCom comprou o controle de 80% do capital do banco brasileiro BBM, que tem sede no Rio de Janeiro e foco em crédito e finanças privadas.

No governo Bolsonaro, foram assinados mais 7 acordos, tornando a China, o maior parceiro comercial do Brasil no mundo!

Quanto aos Globalistas, essa dominação ao mundo só defere pelo modo de operação, que ao invés de avançarem sobre os governos e suas relações exteriores, vem por baixo, financiando o ativismo esquerdista de organizações, ONGs, imprensa e políticos, inclusive no Brasil.

A Fundação Open Society, comandada pelo bilionário George Soros — maior globalista de todos — distribuiu cerca de US$ 32 milhões a organizações brasileiras entre 2016 e 2019. O valor equivale a cerca de R$ 117 milhões, considerando o câmbio médio de cada ano.

Segundo o Gabriel de Arruda Castro, em artigo para a Gazeta do Povo, foram beneficiados:

“Associação Direitos Humanos em Rede, Instituto Sou da Paz, Fundação Fernando Henrique Cardoso, Instituto Anis, Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Instituto Alana, o Laboratório de Análise da Violência da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (LAV-UERJ) e a Fiotec, um braço da Fundação Oswaldo Cruz, O Viva Rio, Quebrando o Tabu, Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e a Associação dos Juízes Federais” — no caso da associação dos juízes que, por seu caráter, deveria ser isento, somente recebendo verba de seus associados e de mais ninguém!  

O número de financiados por Soros é tão grande, que só indo no portal do pesquisador David Horowitz para ter noção!

E a guerra é tão acirrada que a China já vem se infiltrando onde há financiamentos dos globalistas, ou seja, financiando políticos, aspirantes a políticos e entidades, como a doação de US$ 300 mil que fizeram aos sindicatos em março de 2021.

Por isso, precisamos ter em mente, algumas coisas.

O parlamento europeu, é praticamente globalista, basta ver as pressões que sofrem Polônia e Hungria em relações as pautas progressistas;

Depois da eleição de Joe Biden — que para alguns, foi com ajuda da China, já que seu filho fazia negócios com eles, mas, na verdade, é globalista, foi vice de Obama com campanha financiada por Soros, segundo artigo de Felipe Moura para a Veja em 17/08/2014 —  como presidente dos EUA, o Brasil é praticamente a última grande fronteira entre conservadores e os globalistas e a China;

Se já é difícil governar um país como o Brasil, por seu tamanho e diversidade, imagina ainda ter que se defender desses dois inimigos grandiosos;

Ou, se o Presidente fizesse o que muitos pedem — ruptura constitucional, com o Art. 142 da CF — você acredita que esses dois inimigos grandiosos deixariam barato, ou ficariam calados?

O que precisamos realmente é de coerência e sapiência, para saber que devemos contra-atacar de maneira inteligente, de baixo para cima, votando e elegendo representantes dispostos a defender nossas fronteiras, nossa pátria, nosso povo e nossas famílias dos socialistas e dos comunistas, ou seja, elegendo candidatos conservadores!

 

 

Adilson Veiga, para Vida Destra, 05/10/2021.
Vamos discutir o Tema! Sigam-me no Twitter  @ajveiga2  e no GETTR  @ajveiga2

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu (s) autor (es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Adilson Veiga
Acompanhe me
Últimos posts por Adilson Veiga (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio Santa Ritta
Luiz Antonio Santa Ritta(@luiz-antonio-santa-ritta)
1 mês atrás

Neste brilhante art. de @AJVeiga2 s/a China vs Globalistas e a resistência no Brasil, só me estranha o Consulado se imiscuir nas relações diplomáticas c/Alesp, já que existe uma Embaixada e Min. das Rel. Exteriores. Agora quero ver a coisa pegando fogo entre XI Jinping e George Soros. Por mim, Yang Wanming já deveria ter sido considerado personna non grata a muito tempo.

Edna Márcia
Edna Márcia
1 mês atrás

Parabéns ????
Excelente artigo