Nordestinos precisam marcar ao menos 4 gols para definir nos pênaltis

 

O Fortaleza precisa tirar uma diferença de quatro gols contra o Atlético-MG para ser finalista da Copa do Brasil. Este é o desafio do Leão do Pici, na Arena Castelão, na capital cearense, a partir das 21h30 (horário de Brasília) nesta quarta-feira (27). Além dessa desvantagem, o técnico argentino Pablo Vojvoda tem seis desfalques para a partida: Yago Pikachu,  Lucas Lima, Lucas Crispim, Robson, Marcelo Benevenuto e Tinga. O classificado disputara a taça desde ano como o vencedor da outra semi, entre Flamengo e Athletico-PR, também hoje (27), no mesmo horário.

Apesar da difícil missão, o volante Edérson promete um Fortaleza mais atento do que aquele que foi goleado no Mineirão.

“Temos que estar mais concentrados do que no primeiro jogo. Atacar com eficiência e também se defender”, disse o jogador, durante coletiva.

O Atlético-MG mantém o discurso de respeito ao adversário, mas deve poupar alguns titulares, já visando ao duelo de sábado (30) no Maracanã contra o Flamengo, pela 29ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O goleiro Evérson analisa esse decisivo momento do Galo

“É uma semana com dois jogos fora de casa. O primeiro é para consolidarmos nossa vaga na final e depois um jogo contra um concorrente direto pelo Campeonato Brasileiro”.

O finalista da Copa do Brasil garante R$ 23 milhões de reais. O clube campeão embolsará premiação de R$ 56 milhões da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), valor quase 40% mais alto que  o concedido ao time que vier a levantar a taça da Série A do Campeonato Brasileiro.

 

*Esta notícia pode ser atualizada a qualquer momento.

*Fonte: Agência Brasil

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments