Nunca vi algo dessa magnitude, a não ser em ficções.

Abalando as Bolsas e todo o mundo, economicamente falando.

Paralisando desde as pequenas comunidades, passando pelas grandes cidades, como a nossa, e atingindo quase que todo o planeta, no momento. Logo mais será o mundo todo mesmo.

Esse vírus não vem sozinho, traz com ele o medo e, em alguns lugares o medo chega antes.

O futuro próximo é uma grande interrogação.

Minimizar o problema é um grande erro. Provocar pânico também é.

No Brasil, a tímida mudança de direção do crescimento econômico, saindo de crescimento negativo para uma suave curva ascendente no ano de 2019 não tem força, e tudo indica que a recessão dará as caras novamente. Mesmo a Bolsa bem acima dos 100.000 pontos não consegue resistir. Mesmo nossas reservas cambiais, por volta de 350 bilhões de dólares, não conseguem frear a disparada da moeda americana, que ultrapassa inesperadas e imprevisíveis casa dos 5 reais por dólar.

No campo político o convívio é litigante entre os três poderes, e todos os partícipes têm suas parcelas de culpa. A análise das reformas propostas pelo executivo, que já enfrentavam má vontade, para dizer o mínimo, devem ter trâmite modorrento ou quase que nenhum neste ano eleitoral e viral.

Ainda não foi dito por órgão confiável ou oficial, de onde surgiu esse vírus na forma atual, como surgiu e porque surgiu.

O mundo não possui um protocolo que pudesse ser acionado com um mínimo de eficiência; todos os países estão perdidinhos e tentando aprender e definir agora, com a crise em andamento os procedimentos adequados.

Esse inimigo invisível e não detectável, mostra-se mais danoso do que uma bomba, embora, até agora, tenha ceifado as vidas de menos pessoas do que o potencial de qualquer bomba de médio porte.

Resta a cada um fazer a parte que lhe cabe, pensando além de si próprio, na família e na sociedade como um todo; e essa parte parece ser muito pouca, como manter a higiene e evitar o contato com pessoas e coisas.

Vamos acompanhar!

Reginaldo Escritor, para Vida Destra, 18/03/2.020.

Sigam-me no Twitter! Vamos conversar! @Reginaldoescri1

Últimos posts por Reginaldo Belo de Brito (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments