Nunca na história desse país, tivemos ministérios com um corpo 100 % técnico, sem o já conhecido “toma lá, dá ca”. Ou seja, cada ministro e seus respectivos secretários, além de seus subordinados, executam funções de acordo com o conhecimento adquirido ao longo do tempo, seja na forma de estudo e experiência de mercado, focando no resultado.

Enquanto a mídia brasileira não divulga os ótimos resultados de índices econômicos, os argentinos com espanto, o fazem muito bem!

 

Vejam alguns índices:

Dolar

Na faixa 4,20 – 3,90, nesse patamar, ótimo para a balança comercial! A bolsa toda semana atinge um novo patamar, até o fechamento dessa matéria, IBOV estava acima dos 109 000 pontos.

 

Taxa SELIC

Atualmente a menor taxa de juros da história, em 5 %

Reservas Internacionais

376 bilhões de dólares, são recursos geridos pelo BC, para utilização imediata, se eventualmente for necessário financiar saldos negativos das contas externas e/ou estabilizar o mercado de câmbio.

 

Taxa de Desocupação – Desemprego

Atualmente em 11,8 % é um número altíssimo, fruto das gestões anteriores! Atinge 12,6 milhões de trabalhadores. MAS, só neste ano foram criados mais 700 mil postos de trabalho, fecharemos 2019 com 1 milhão de vagas preenchidas.

IPCA

Estamos abaixo do centro  da meta da inflação ( que é de 4,25 %), na casa dos dos 3 %

Leis e Medidas de Incentivo Aprovadas

Lei da Liberdade Econômica (Lei 13.874/2019)

Reforma da Previdência (falta promulgação)

Reforma Trabalhista № 13.467 de 2017 – Temer

MP do Contribuinte Legal Nº 889/2019

Medidas em aprovação/tramitação

Legalização de Startups: Projeto de Lei Complementar 462/17, que simplifica a legalização de empresas.

Plano Mais Brasil  (3 pecs para alavancar o País, será melhor explicada em outros artigos)

PEC Paralela da Previdência (estava na reforma original)

Nova reforma Trabalhista (ainda em tramitação)

Conclusão

Ainda é cedo ! O dólar ainda não se estabilizou, e a bolsa ainda está no rali de alta. Leilões e privatizações só estão no começo. Abertura de mercado e acordos bilaterais ainda estão recentes. A infra começou a decolar há pouco tempo.

Até 2022 veremos um governo extremamente reformista e um Congresso e STF que só atrapalham. Economia boa é ruim para a esquerda!

É um governo que cumpre suas promessas, diferente dos demais, e as vezes precisa fazer o uso de várias Medidas Provisórias. Então peço ao Congresso e ao STF: PAREM DE ATRAPALHAR O BRASIL.

Nunes

Fundador do Vida Destra, empreendedor e colunista!
Juntos, somos mais fortes!!

Últimos posts por Nunes (exibir todos)

2 Comentários

Sua participação é muito importante para nós do Vida Destra. Participe, comente e interaja!