O discurso fino e educado é muito bem-vindo e agradável em situações em que o dono do discurso e os ouvintes pertencem àquela parte da sociedade que aprendeu, depois de muitos séculos de conhecimento humano, a se comportar com integridade, honra, honestidade, solidariedade, empatia; enfim, a se comportar seguindo preceitos de boa conduta e moral.

Porém, há várias situações, na história da humanidade, em que se provou, sem sombra de dúvida, que o mal tenta, de todas as maneiras, se sobrepor ao bem, e nesses casos devemos combatê-lo com coragem, força, determinação. Nada de postergar decisões urgentes, nada de dar segundas chances, nada de negociar com desonestos. Eles não cumprem acordos. Eles não têm palavra. Eles não têm honra. Eles não se importam com os outros.

Por que estou escrevendo tudo isso? Porque, talvez, esse tipo de comportamento medroso ou, como alguns gostam de chamar, “cauteloso”, esteja se repetindo na História. E, pior, na nossa história. Na história do povo brasileiro.

Os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado Federal estão jogando com as vidas dos brasileiros. Eles se julgam donos de seus cargos, pautam o querem, fazem ameaças, fazem pirraças, como duas criancinhas rechonchudas e mimadas.

Enquanto isso, não aparece ninguém para enfrentá-los e exigir que, ou deixem os cargos, ou ajam com responsabilidade. As cadeiras de presidente das duas Casas não pertencem a eles. Não é possível um país inteiro, incluindo várias autoridades, abaixarem a cabeça para esses dois inescrupulosos.

Se os ocupantes dos cargos públicos que deveriam estar agindo contra esse arbítrio absurdo desses dois não têm coragem para isso, o povo deve tomar as rédeas em suas mãos. Não acredito que as pessoas de bem deste país ainda querem que esses dois presidentes, Rodrigo Maia e Alcolumbre, continuem a destruir o Brasil e a vida de cada brasileiro.

Como eu disse no início, a conversa franca entre dois lados que têm consciência de seus deveres, que são formados por pessoas honradas, é muito favorável a um entendimento em que todos ficam bem; mas, quando um dos lados é o próprio mal personificado, as atitudes precisam ser repensadas.

Não se negocia com demônios. Os fatos nos mostram que tentativas de acordos de paz com líderes nefastos apenas resultaram em morte e sofrimento de milhões de pessoas. Portanto, que o povo brasileiro acorde desse transe e se una, de uma vez por todas, e exija que as atividades em prol da população comecem a acontecer.

Vamos para as passeatas, povo, vamos usar máscaras, agir com a precaução exigida no momento, mas não vamos esperar que parlamentares, governadores e prefeitos destruam o nosso país. Depois, será tarde demais. As manifestações não podem parar. Devem ser contínuas.

Vejam o exemplo de outros países que estão atravessando esse momento com sabedoria, sem rombo nos cofres públicos, sem falcatruas nas compras emergenciais, sem destruição completa de suas economias, sem abuso de poder. Temos que exigir que o Brasil siga essa linha e tem que ser agora. Quanto mais se espera, o estrago fica maior.

Os governadores e prefeitos, após a decisão do STF, em que lhes imputa a responsabilidade de abrir ou não o comércio, a indústria e os serviços locais, deverão repensar suas atitudes nos últimos dias. Espero que venham a agir com mais consciência da situação e não como o Maia e o Alcolumbre, que não medem as consequências de seus atos egoístas e prejudicais a todos nós.

Uma coisa é certa, meus amigos, não raro, o feitiço se vira contra os feiticeiros. Se isso acontecer em relação aos irresponsáveis presidentes da Câmara e do Senado, será uma coisa muita linda de se ver. Portanto, vamos às ruas, antes que seja tarde demais. Nós temos uns aos outros. E isso não é pouca coisa.

 

Gogol, para Vida Destra, 17/04/2.020.

Atualmente sem redes sociais, fique a vontade para responder e  interagir com o autor nos comentários do artigo.

Gogol
Últimos posts por Gogol (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio de Santa Ritta
Luiz Antonio de Santa Ritta(@luiz-antonio-santa-ritta)
1 ano atrás

A marcha das famílias foi o estopim para as Forças Amadas entrarem no processo para fechamento do Congresso e STF, restabelecendo a lei e a ordem. Assim, um raio vai desembocar não cabeça de Maia, Alcolumbre e governadores.

Elda Rijo
Elda Rijo
1 ano atrás

Realmente não dá para ser tão subserviente assim de acatar qualquer ordem que não tem nenhuma relação com a verdade e a situação do momento. O povo tem que ACORDAR !!!

Jorge Luiz Coelho
Jorge Luiz Coelho
1 ano atrás

Realmente se não combinarmos de voltar as ruas exigir nossos direitos a coisa do tende a piorar. Eles estão soltos igual porcos no terreiro.

Eduardo
Eduardo
1 ano atrás

Amanhã aqui na minha cidade estaremos nos manifestando em frente ao quartel. Espero muito que se torne nacional e tome grande proporção. Não que aqui, vá fazer uma diferença nacional, mas que cada qual cidadão de bem faça sua parte pelo Brasil a fora.

Nunes
Nunes(@nunes)
Admin
1 ano atrás

A direita precisar invadir o Congresso e ucrazinar meia dúzia de pelegos…só assim que a coisa vai

RONALDO ROCHA MARTINS
RONALDO ROCHA MARTINS
1 ano atrás

Hoje a população do Rio de Janeiro foi envergonhada, a parte da população que obedece à ordem de ficar em casa! Um cortejo fúnebre de um traficante percorreu mais de 40 Km acompanhado por uma multidão, sem que ninguém fosse importunado!

Sander Souza
Sander Souza(@sanderjp)
1 ano atrás

Parabéns por mais um excelente artigo, meu amigo!
Concordo com você, o povo precisa tomar as rédeas em suas mãos e exercer diretamente o seu poder!
Ao ler seu artigo, me lembrei de Hitler e Chamberlain!!

Elisangela
Elisangela
1 ano atrás

Que artigo inspirador, Gogol!

Compartilhando com os grupos no whatsapp
Em Santa Catarina temos muita dificuldade para reunir o povo. A maioria depende de transporte público. E estamos sem, no momento.

Saudades do Gogol no twitter, não encontrei mais sua conta ?

Elisangela
Elisangela
Reply to  Gogol
1 ano atrás

Saudades de verdade, amigo!

Estou conseguindo participar de algumas manifestações.
Conseguimos juntar outros grupos em um só e está dando resultado.

Abraços

Maria Souza
1 ano atrás

VOCÊ TEM RAZÃO, MEU AMIGO :
” É PRECISO TER CORAGEM ”
EXCELENTE ARTIGO, PARABÉNS !!
em tempo: volta pro twitter, sentimos sua falta.