WASHINGTON (Reuters) – O Departamento de Comércio dos Estados Unidos disse na quarta-feira que entregou intimações a várias empresas chinesas que fornecem serviços de tecnologia da informação e comunicação nos Estados Unidos, para verificar se representam um risco à segurança nacional.

“Pequim se envolveu em condutas que embotam nossa vantagem tecnológica e ameaçam nossas alianças”, disse a secretária de Comércio, Gina Raimondo, em comunicado.

As intimações irão reunir informações para “nos permitir tomar uma decisão sobre a possível ação que melhor proteja a segurança das empresas americanas, dos trabalhadores americanos e da segurança nacional dos Estados Unidos”.

Em resposta, a China pediu aos Estados Unidos que “parem de esticar demais o conceito de segurança nacional para politizar questões econômicas”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, em uma coletiva de imprensa na quinta-feira, acrescentando que a China tomará medidas para salvaguardar os direitos e interesses das empresas chinesas .

A declaração dos EUA não mencionou nenhuma empresa. A Huawei Technologies e a ZTE Corp da China foram visadas pelo governo anterior de Donald Trump para serem removidas da infraestrutura de telecomunicações dos Estados Unidos.

*Esta notícia pode ser atualizada a qualquer momento.

*Fonte: Agência Reuters

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
FABIO PAGGIARO
7 meses atrás

Se puxar essa pena vem galinha.