Que depois de 7 de setembro, nós, os filhos desta nação que consideramos como mãe, possamos desfrutar da liberdade que nos espera no horizonte!

Bravo povo brasileiro, é chagado o momento de nos livramos deste temor servil — está na hora de lutarmos por nossa liberdade. Ou ficarmos livres, ou lutaremos até o fim!

Não seremos presos pelas correntes que querem moldar nossas palavras e atos, feitas pelos desleais espertalhões da maldade, tenham certeza, que ainda zombaremos deles, no final.

Bravo povo brasileiro, é chagado o momento de nos livramos deste temor servil — está na hora de lutarmos por nossa liberdade. Ou ficarmos livres, ou lutaremos até o fim!

Não devemos temer essa legião de cruéis que representam a face do mal, porque nossos peitos, nossos braços e nossas vozes, são muros que nos protegem, e protegem nossa nação!

Bravo povo brasileiro, é chagado o momento de nos livramos deste temor servil — está na hora de lutarmos por nossa liberdade. Ou ficarmos livres, ou lutaremos até o fim!

Nós somos fortes e esforçados, e faremos brotar entre todos os países, a nação mais livre do universo!

Bravo povo brasileiro, é chagado o momento de nos livramos deste temor servil — está na hora de lutarmos por nossa liberdade. Ou ficarmos livres, ou lutaremos até o fim!

Já podeis, da Pátria Filhos

Ver contente a mãe gentil

Já raiou a liberdade

No horizonte do Brasil

 

Brava gente brasileira!

Longe vá, temor servil

Ou ficar a pátria livre

Ou morrer pelo Brasil

 

Os grilhões que nos forjava

Da perfídia astuto ardil

Houve mão mais poderosa

Zombou deles o Brasil

 

Brava gente brasileira!

Longe vá, temor servil

Ou ficar a pátria livre

Ou morrer pelo Brasil

 

Não temais ímpias falanges

Que apresentem face hostil

Vossos peitos, vossos braços

São muralhas do Brasil

 

Brava gente brasileira!

Longe vá, temor servil

Ou ficar a pátria livre

Ou morrer pelo Brasil

 

Parabéns, ó brasileiros

Já, com garbo varonil

Do universo entre as nações

Resplandece a do Brasil

 

Brava gente brasileira!

Longe vá, temor servil

Ou ficar a pátria livre

Ou morrer pelo Brasil

 

 

Adilson Veiga, para Vida Destra, 07/09/2021.
Vamos discutir o Tema! Sigam-me no Twitter  @ajveiga2  e no GETTR  @ajveiga2

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu (s) autor (es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Adilson Veiga
Acompanhe me
Últimos posts por Adilson Veiga (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments