Nesse momento, estou em oração por uma intervenção! Porém, não oro por uma intervenção militar, e sim, por uma Divina!

Uma intervenção que nos salve de uma eleição fraudada pelo sistema, e aqui, não vou falar em urnas — que deixarei a seus auditores, já que qualquer comentário meu seria mera ilação que não poderei comprovar — mas uma fraude que começou no malabarismo jurídico para colocar um ex-presidiário não absolvido como ganhador de uma eleição presidencial.

Oro, porque se não acontecer nada de extraordinário que nos salve, teremos pela frente dias sombrios que, na minha concepção, se darão por dois motivos óbvios.

“ — Cara! Por que você me picou? Agora nós dois morreremos!

E o escorpião responde:

— Não pude fazer nada… essa é minha natureza.”

(A rã e o escorpião — Esopo)

O primeiro é a própria natureza do PT e a do ex-presidiário não absolvido, eleito presidente.

Sabemos de cor e salteado o quê e como eles pensam, sabemos o que fizeram durante os quatorze anos e meio que estiveram no poder. Sabemos dos desvios de verbas públicas, como nos maiores escândalos de corrupção do mundo, como o mensalão e petrolão, sem contar outros, tais como dinheiro para obras em ditaduras amigas, compra dos caças suecos e vários outros — além de todo o aparelhamento da máquina pública e do judiciário.

Porém, a realidade é muito mais dura!

O corrupto-mor da nação — um dos fundadores do Foro de São Paulo com Fidel Castro e Hugo Chavez — se aliou a grupos guerrilheiros, terroristas e narcotraficantes, apoiou e fez acontecer a maior tomada de governos de centro-esquerda e extrema-esquerda nas Américas, muitos deles com desvios do erário brasileiro.

Como disse Carlos Sánchez Berzain, advogado e professor, com mestrado em ciências políticas e sociais:

Com Chavez e Castro mortos, Lula é o chefe sobrevivente do crime organizado disfarçado de democrata, que continua atacando a liberdade e a democracia.”

O que mais assusta agora é o fato de as instituições estarem totalmente aparelhadas e prontas para o corrupto seguir com os planos interrompidos pelo impeachment da Dilma Rousseff.

Já correm boatos, em Brasília, de que o ministro do STF, Ricardo Lewandowski, antecipa aposentadoria, que seria em maio de 2023, para ser o Ministro da Defesa do governo do corrupto-mor, assim como estaria Flávio Dino (ex-governador do Maranhão) cotado para o STF, na vaga de Ricardo Lewandowski.

Imaginem um ministro da Defesa como Ricardo Lewandowski — que fatiou inconstitucionalmente o impeachment da Dilma, mantendo seus direitos políticos —, totalmente alinhado a um STF já aparelhado? Agora, junte isso ao fato de que o corrupto ainda indicará mais dois ministros ao STF e mais 31 magistrados para dez tribunais diferentes, entre eles o STJ e TRFs.

Se considerarmos tudo isso e mais um legislativo repleto de corruptíveis à espera de um corruptor, e um judiciário pronto para enquadrar os que não se corromperem – é o plano de perfeito de poder!

O segundo motivo é a imaturidade e a inexperiência da DIREITA — e aqui me incluo —,  que fez prognóstico errado sobre o poder do sistema, deixando de protestar quando soltaram o corrupto ou quando começaram a nos calar, ou ainda, quando começaram a tirar seus opositores (nós) do caminho do corrupto.

Mas pior do que isso!

Uma direita que consegue desmerecer ou colocar em dúvida suas próprias reivindicações!

Essa semana vi, nas redes sociais, falarem em fraude com um suposto ofício ao TSE grosseiramente falsificado, “assinado” pelo “comandante do Exército”, general Paulo Sérgio, sendo que comandante do exército é o general Marco Antonio Gomes.

Vi também um vídeo, que dizem ser do ministro da Defesa, dando entrevista à imprensa internacional sobre fraudes nas urnas — outros falaram ser o ministro das Relações Exteriores —, só que, no vídeo, o suposto ministro está de bermuda e camiseta. O que não faz sentido. 

Em outro vídeo, alguém fazia uma conta somando porcentagem por regiões, entre um candidato e outro, mostrando que a soma das porcentagens era maior para o presidente Bolsonaro — ele só esqueceu, por exemplo, que 70% de 30 milhões de votos de uma região é menor do que 40% de uma região com 60 milhões de votos.

Vi até gente pedindo impeachment do corrupto que nem assumiu!

Fora os pedidos do Art. 142 e a tal da Intervenção Federal, tanto nas redes como nas manifestações, pedidos que, além de não serem corretos — como mostrou o amigo Angelo, aqui —, dão motivos para nos chamarem de antidemocráticos.

A direita precisa parar de ser emocionada, parar de disseminar (retuitar) algo sem antes comprovar sua veracidade, pois arrisca-se a esvaziar a própria direita. 

Precisamos amadurecer urgentemente, pois caso os auditores não consigam extrair nada das urnas não auditáveis, nem as autoridades competentes ouçam a nossa voz, teremos tempos sombrios a serem enfrentados, tempos que só conseguiremos sobreviver com reivindicações sérias e consistentes.

 

 

Adilson Veiga para Vida Destra, 08 de novembro de 2022.
Vamos discutir o tema! Sigam-me no Twitter @ajveiga2 e no GETTR @ajveiga2

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Adilson Veiga
Acompanhe me
Últimos posts por Adilson Veiga (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments