O jogador Joaquín Piquerez, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

O Palmeiras se reapresentou na tarde desta terça-feira (23), na Academia de Futebol, após o empate por 1 a 1 com o Flamengo no domingo (21), no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Os titulares diante do rival carioca fizeram recovery no centro de excelência, enquanto o restante do elenco foi a campo e participou de atividades técnicas com objetivos específicos estabelecidos pela comissão de Abel Ferreira.

Os jogadores Luan e Wesley (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

Após os trabalhos, o lateral-esquerdo Piquerez, destaque alviverde nos últimos confrontos, afirmou estar em seu melhor momento desde que chegou ao clube, há um ano, em agosto de 2021. “Acredito que é o melhor. Por ser estrangeiro, tive de lidar com as mudanças do futebol uruguaio para o brasileiro e passei por um período de adaptação. Hoje me vejo bem ambientado, fazendo bons jogos e o fato de a equipe estar bem encaixada me ajuda também a ter bons rendimentos. Mas tenho de manter o foco e continuar trabalhando para seguir buscando os objetivos”, disse o camisa 22, que soma 55 embates e um gol pelo Verdão, além dos títulos da CONMEBOL Libertadores de 2021, da Recopa Sul-Americana de 2022 e do Campeonato Paulista de 2022.

Piquerez comentou sobre a liderança no Brasileiro e a respeito do Fluminense, próximo adversário – a partida será no sábado (27), às 19h, no estádio do Maracanã, pela 24ª rodada do torneio nacional. “A gente vem bem no Brasileiro, temos oito pontos de vantagem para o segundo colocado. No domingo passado, foi um jogo contra um rival direto que a gente empatou e foi um resultado que serviu para seguirmos com uma boa distância. Agora temos mais uma semana larga e tempo para trabalhar bem e pensar na partida no Rio de Janeiro. O Fluminense será um adversário difícil, que vem fazendo bons jogos, passou na Copa do Brasil e agora está em segundo no Brasileiro. Acho que será um jogo brigado, com muita dificuldade para os dois times, mas vamos nos preparar bem para ganhar e ampliar a vantagem”, disse.

O uruguaio falou também sobre as chegadas do compatriota Merentiel e do argentino López, que o deixaram ainda mais em casa. “É legal (ter mais estrangeiros), não são as mesmas culturas, mas são mais parecidas. A gente pode falar espanhol e beber chimarrão, então, nos sentimos um pouco mais em casa. Fico feliz por eles que chegaram e a gente tratou de recebê-los da melhor maneira para que rapidamente se integrem ao grupo e possam nos ajudar dentro de campo”, finalizou.

Os jogadores Flaco López e Mayke (D), da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

O Maior Campeão do Brasil é o líder do Brasileiro com 49 pontos e vem de oito partidas sem perder na competição – com dois empates (Fortaleza e Flamengo) e seis vitórias (Cuiabá, América-MG, Internacional, Ceará, Goiás e Corinthians). O Palmeiras volta a treinar na manhã desta quarta (24), às 11h, na Academia.

 

*Fonte: Palmeiras

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd, no Canal do Telegram: https://t.me/EsportesVD e venham participar também do nosso grupo de debates de esportes: https://t.me/BotecoVDE

Sigam
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments