O Ministério do Turismo (MTur) tem como objetivo desenvolver o turismo como uma atividade econômica sustentável, com geração de empregos e divisas.

Em sua estrutura organizacional, estão a Secretaria Nacional de Estruturação do Turismo, a Secretaria Nacional de Desenvolvimento e Competitividade e a Secretaria Nacional da Integração Interinstitucional.

Marcelo Álvaro Antônio é o atual ministro do Turismo. Os responsáveis por essa Pasta têm muito o que comemorar. Segundo o IBGE, as atividades do setor de turismo, nos sete primeiros meses de 2019, tiveram alta de 3,2% e geraram 5,8% a mais de postos de trabalho. Mais de 7 milhões de empregos e cerca de 8% do PIB vêm desse setor.

Segundo o ministro, esses resultados relevantes muito se devem às políticas adotadas pelo Governo Federal, como a isenção de vistos e a chegada de empresas aéreas “low costs”.

O programa Investe Turismo beneficiará 158 municípios e tem como objetivo acelerar o desenvolvimento e aumentar a qualidade e a competitividade em 30 Rotas Turísticas Estratégicas do Brasil, com foco na geração de empregos. Apresenta amplo pacote de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, melhoria de serviços, inovação e marketing.

O curso de atendimento ao turista Brasil Braços Abertos (BBA) pretende melhorar a qualidade dos serviços prestados aos nossos visitantes. É uma plataforma online, gratuita, aberta a pessoas com mais de 15 anos e se destina a profissionais que já atuam ou pretendem atuar nesse setor. Mais de 15 mil pessoas já se inscreveram.

O curso Gestor de Turismo, online e gratuito, abrange os temas de Planejamento; Legislação sobre Turismo e Contratações; Elaboração de Projetos e Programas; e Ações do MTur. É direcionado a pessoas que atuam na gestão do turismo, maiores de 18 anos.

Outra notícia a ser celebrada foi o resultado do relatório da consultoria britânica OAB, que revelou que nove aeroportos brasileiros e quatro companhias aéreas estão na lista dos mais pontuais do mundo. Isso demonstra a importância da integração das grandes parcerias entre os órgãos públicos e o setor privado.

A isenção de vistos, em contramão às críticas daqueles que querem o pior para o Brasil, está trazendo ótimos resultados. O número de reservas confirmadas, para este mês, por turistas do Canadá, da Austrália, do Japão e dos Estados Unidos seguem em alta em relação ao mesmo período de 2019.

“Em julho de 2019, US$ 598 milhões foram injetados na economia brasileira pelos turistas estrangeiros, contra US$ 417 milhões registrados no mesmo período do ano anterior, um aumento de 43,4%. Já em comparação com o mês de junho deste ano, o aumento foi ainda maior: 59,8%. Tirando o ano da Copa do Mundo no Brasil, em 2014, esse foi o maior crescimento dos últimos 16 anos” (turismo.gov.br).

Segundo o ministro Marcelo Álvaro Antônio, sua equipe conseguiu reduzir em 17 milhões o custo do ministério, por ano; e houve aumento da eficiência. Para o próximo ano, a intenção é estruturar as rotas para o turismo rodoviário; fazer, pelo menos, um terminal rodoviário de qualidade em cada uma das rotas do Investe Turismo, para que seja feita a integração dos transportes aéreo e terrestre, fundamental em um país continental como o nosso. Os resultados positivos não caem do céu. As melhorias nos índices no setor de turismo se devem a vários fatores pensados e trabalhados pelo ministro do Turismo e sua equipe. Gestão inteligente e honesta, esforço e boa vontade resultam em progresso contínuo.

Não é milagre nem sorte, é fazer acontecer.

Gogol, para Vida Destra, 11/01/2019.

Siga-me no Twitter, vamos conversar! @gogol_38

Gogol
Últimos posts por Gogol (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Laninha Bolsogata 🌸38🌸😎 (@fariasbolsogata)
4 meses atrás

Se melhorar estraga ! ….
Excelente avanço ,maravilhoso números.
É só progresso ! 👏👏👏
O turismo no Brasil estava na UTI .
Isso foi uma ressuscitação ,em tempo recorde!
😎

Gogol (Aliança - 38) (@gogol_38)

Sim, Laninha! Estamos indo muito bem. Valeu pelo comentário. Um grande abraço!

Masculino
Masculino
4 meses atrás

Reduziu os custos e aumentou os lucros do setor. Um tapa na cara dos esquerdistas .