Por Sander Souza                                                                                                        @srsjoejp

O futuro do Verdão no Paulistão!

 

Vamos lá Porco!!

O Palmeiras veio até minha cidade, Campinas, onde entrou em campo no estádio Moises Lucarelli, para enfrentar a Ponte Preta, em partida válida pela 12ª e última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. Com um histórico de invencibilidade de sete partidas, o Alviverde entrou em campo disposto a fazer a sua parte e garantir a classificação para as quartas de final da competição. Com 4999 gols marcados no Campeonato Paulista, em toda a sua história, o Verdão também entrou em campo com o objetivo de marcar o gol de número 5 mil do clube na competição.

Os treinos se encerraram ontem (08/05), e mostraram que o professor Abel Ferreira pretendia voltar a usar a mescla de jogadores reservas e crias da Academia, como forma de preservar a equipe principal para o próximo duelo pela Libertadores, na próxima terça-feira, quando o Porco enfrentará novamente o Independiente del Valle.

O jogador Lucas Lima, durante treino, na Academia de Futebol.
O goleiro Jailson, durante treino na Academia de Futebol.

Para enfrentar a Macaca, o Porco entrou em campo com uma formação 3-5-2, com Jailson fechando o nosso gol; Mayke, Michel e Vanderlan, na zaga; Matias Viña, na lateral esquerda, e Giovani, na lateral direita; Danilo, Gustavo Scarpa e Zé Rafael no meio campo; Wesley e Willian no ataque. Em homenagem ao Dia das Mães, o Verdão inovou na arte de divulgação da escalação:

O Porco iniciou o primeiro tempo botando pressão sobre a Macaca, mas o adversário não deu moleza! Ambos os times procuraram criar jogadas e disputaram bem a posse de bola, com o Verdão tendo vantagem. Logo aos 5 minutos, Willian toca para Wesley, que dominou e bateu, mas o goleiro defendeu! A Macaca seguiu pressionando, chegando a tentar finalizar, mas com nosso Jailson fazendo excelentes defesas! Aos 21 minutos, Zé Rafael bate de fora da área, mas a bola foi para fora! O primeiro tempo seguiu equilibrado, com os dois times criando boas jogadas e pressionando. Destaque para as atuações do nosso goleiro Jailson e do estreante Michel!

A pressão surtiu efeito, e aos 34 minutos Gustavo Scarpa mandou um foguete de fora da área, que encontrou o canto do gol, abrindo o placar em Campinas! Porco 1, Macaca 0!! A Ponte Preta seguiu na pressão, e nosso Jailson seguiu fechando o nosso gol e fazendo excelentes defesas! Nossa zaga também, no geral, fez um bom trabalho! Aos 43 minutos, nossa Cria da Academia Vanderlan cortou o chute do adversário que estava cara a cara com Jailson! Aos 47 minutos, já nos acréscimos, Gustavo Scarpa driblou o adversário e cruzou com precisão para Willian, que mandou de cabeça para o gol, ampliando o placar a nosso favor! Palmeiras 2, Ponte Preta 0!!

O Palmeiras voltou para o segundo tempo sem fazer substituições. Já saiu pressionando e aos 49 segundos de jogo, Danilo recupera a bola e num ataque rápido, passou para Wesley marcar!! Porco 3, Macaca 0!

Aos 9 minutos, o Alviverde aproveitou um erro de passe do adversário, com Wesley pegando a bola na entrada da área, tentando encobrir o goleiro Ygor, mas mandando por cima do gol. Logo após, aos 11 minutos, Giovani recebeu na área, girou e bateu pro gol, mas o goleiro defendeu! Aos 17 minutos, o professor Abel fez as primeiras substituições, com a entrada de Lucas Lima e Pedro Bicalho, em substituição a Wesley e Gustavo Scarpa.

O Porco seguiu na pressão criando jogadas, mas pecando nas finalizações. A Ponte tentava reagir, mas alguns jogadores já mostravam desânimo! Aos 29 minutos, novas substituições, com a entrada de Lucas Esteves e Fabinho, em substituição a Giovani e Zé Rafael. Logo após, o professor fez a nossa última substituição, com a entrada de Gustavo Garcia, em substituição a Mayke. A partida seguiu com o Verdão mantendo controle sobre o jogo, segurando o resultado até o fim!

Como a classificação para a próxima fase não dependia apenas de nós, mantive-me atento ao resultado da partida entre o curíntia e Novorizontino. Os gambás nos ajudaram, pois ao vencer o Novorizontino, e com a nossa vitória sobre a Macaca, passamos para a próxima fase, jogando com nossos reservas e crias da Academia!

Parabéns aos nossos garotos! Concordo com quem afirmou que o professor Abel deveria manter essa equipe nas quartas de final, até como forma de reconhecer o esforço daqueles que nos trouxeram, bem ou mal, até aqui!

Estou feliz, mais três gritos de gol num domingão lindo, Dia das Mães! Bora comemorar com uma boa breja, e nos preparar para o próximo duelo!!

Vaaaaiiiii Pooooorcooooooo!!!!

 

*Sander Souza é diretor de jornalismo do Vida Destra.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]

 

Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments