Por Sander Souza                                                                                                        @srsjoejp

 

Vaaaaiiiiii Poooooooooorcoooooo!!!

O Palmeiras foi até Quito, no Equador, onde enfrentou o Independiente del Valle, no jogo de volta, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. Vindo da vitória sobre o Defensa y Justicia, na Argentina, o Verdão enfrentou o time equatoriano pela segunda vez em sua história, sendo a primeira vez no Equador, e tinha em retrospecto a vitória de 5 a 0 no primeiro jogo, ocorrido no Allianz Parque, em 27 de abril. Apesar desse retrospecto positivo, não poderíamos esperar resultado semelhante jogando na altitude de Quito, o que exigiu fisicamente mais dos atletas.

Os treinos se encerraram ontem (10) pela manhã, antes da viagem do time, e mostrou a nossa equipe principal treinando com algumas Crias da Academia, como o Fabinho!

Os jogadores Lucas Lima e Patrick de Paula, durante treino na Academia de Futebol.
O jogador Gustavo Gómez, durante treino, na Academia de Futebol,
O professor Abel Ferreira, comandando o treino na Academia de Futebol

Para esta partida, nosso professor Abel Ferreira montou um time no já tradicional esquema 3-5-2, com nosso querido paredão Weverton, fechando o nosso gol; Renan, Gustavo Gómez e Luan, na zaga; Victor Luís, na lateral esquerda e Marcos Rocha, na lateral direita; Felipe Melo, Patrick de Paula e Raphael Veiga, no meio de campo; e Luiz Adriano e Rony, no ataque. Verdadeiro timaço!! Excelentes escolhas, a meu ver!

A bola começou a rolar no Estádio Casa Blanca, em Quito, e ao contrário do que alguns esperavam, o Palmeiras não se intimidou com a altitude, e já saiu botando pressão nos donos da casa. Embora o Verdão mantivesse boa posse de bola e criasse boas jogadas, ficou evidente que o time mantinha um equilíbrio na pressão, não gastando energia à toa. Surgiram boas chances, como o escanteio defendido pelo goleiro Ramirez. Rony tentou várias jogadas, até mesmo chegando a se chocar com o goleiro adversário numa disputa de bola! Em duas oportunidades o adversário teve chances de marcar, em faltas cobradas com barreira, na primeira com a bola batendo na barreira, e na segunda com a bola passando por cima do travessão e indo pra fora!

Já na metade do primeiro tempo alguns do time mostraram sinais de cansaço, com o IDV passando a ter maior posse de bola, mas nos mantivemos bem! O esquema tático e a escolha dos jogadores mostrou seu valor! Apesar disso, o Verdão soube aproveitar as oportunidades, como a que rolou aos 38 minutos, com Patrick de Paula partindo em velocidade, mas sendo parado pelo adversário, que levou um amarelo. Pouco depois, Luiz Adriano fica cara a cara com o goleiro e sofre pênalti, Veiga bate e abre o placar no Equador! Porco 1, suquinho Del Valle 0! Vale destacar que o Veiga não perdeu nenhum dos pênaltis que bateu, com 100% de aproveitamento!

O Verdão voltou para o segundo tempo com o mesmo time, o que já é comum na condução do professor Abel, que prefere fazer as substituições ao longo do segundo tempo. O Verdão seguiu pressionando e os equatorianos seguiram nos segurando nas faltas. Além das faltas, outro aspecto que tenho que mencionar, foi a quantidade de impedimentos contra o Porco! Seguimos pressionando, mas já era visível que a altitude fazia o seu trabalho.

Aos 18 minutos, foi feita a primeira substituição com a entrada de Danilo Barbosa no lugar de Luiz Adriano. Aos 25 minutos, Rony segue em arrancada e bate forte, mas o goleiro espalma e manda pra escanteio! Durante o segundo tempo, nossa zaga fez um bom trabalho, frustrando as tentativas do adversário, que em alguns momentos parecia também sofrer com a altitude, mas que na real era incompetência e nervosismo mesmo!

Aos 26 minutos, nova substituição com a entrada de Danilo no lugar de Patrick de Paula. O Del Valle aumentou a pressão, mas o Verdão conseguiu fazer um bom trabalho de defesa! Embora o IDV tivesse se mantido boa parte do tempo no nosso campo defensivo, não conseguiu finalizar, mesmo com mais uma falta a seu favor aos 36 minutos, com a bola passando a milímetros do travessão!

Ultima substituição feita pelo professor, com a entrada de Gustavo Scarpa em lugar de Felipe Melo, já nos minutos finais do tempo regulamentar. Embota tentasse pressionar, o IDV tinha péssima finalização, e nossa zaga cortava as tentativas de ataque. A partida terminou com a nossa vitória de 1 a 0, tirando a invencibilidade do Del Valle em casa! E com nossa classificação tranquila!

Nossa equipe jogou bem, vale destacar a estratégia do professor, que soube organizar a equipe para suportar a altitude. Destaque nesta partida também  para Raphael Veiga, e Gustavo Gómez, dois monstros alviverdes, embora toda a equipe mereça os parabéns! Até mesmo o Luan jogou bem!

Bora pra próxima, Porco!!

 

*Sander Souza é diretor de jornalismo do Vida Destra.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org

 

Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments