Por Sander Souza                                                                                                        @srsjoejp

 

Quando surge, palestrinos!

Seguimos na luta por mais um título, e hoje viajamos até Caxias do Sul, para enfrentar o Juventude, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Vindo do empate com os gambás, o Verdão precisava mostrar o seu futebol, e o seu elenco precisava mostrar o seu valor em campo. O Palmeiras entrou em campo tendo quatro pontos em três jogos, e estando na nona posição na classificação geral.

Para esta partida, o Professor Abel Ferreira montou um time no esquema tático 4-3-3, com o Jailson fechando o nosso gol; Renan e Luan, na zaga; Victor Luís, na lateral esquerda e Marcos Rocha, na lateral direita; Felipe Melo, Gustavo Scarpa e Raphael Veiga no meio campo; e Williwn, Deyverson e Gabriel Menino no ataque. O time é bom, e o Professor não tem muitas opções, pois há muitos jogadores lesionados, e também há aqueles que estão convocados pelas seleções nacionais.

O Verdão iniciou o primeiro tempo procurando impor o jogo sobre o Jaconero. Logo no primeiro minuto, Veiga recebeu na entrada da área, e arriscou um chute a gol, mandando pra fora! Mas o Jaconero não facilitou as coisas para o alviverde, criando jogadas e promovendo uma boa disputa da posse de bola, e criando jogadas perigosas no nosso campo defensivo.

Aos 19 minutos, bonita jogada com o Deyverson recebendo e dominando, girando e batendo pro gol, mas com a defesa do goleiro. Aos 26 minutos, uma substituição necessária, com o Zé Rafael entrando em substituição a Luan. O primeiro tempo começou bem, mas depois ficou parecendo um jogo de várzea! O que aconteceu? O frio afetou a galera?

O Verdão parao segundo tempo com a mesma formação. Francamente não notei uma grande melhora nos primeiros minutos do segundo tempo. O jogo continuou no mesmo ritmo do primeiro tempo. Aos 8 minutos, Scarpa cobrou um escanteio cruzando para a área, o jogador adversário subiu para tentar tirar a bola da área, mas acabou mandando a bola rpo fundo do próprio gol! Placar aberto no Alfredo Jaconi: Porco 1 x Jaconero 0!

Aos 17 minutos, após cobrança de escanteio, os adversários tiraram a bola da área, mas numa boa recuperada, a bola sobrou para Deyverson, que bateu pro gol e ampliou pra nós! Porco 2 x Jaconero 0!

Aos 29 minutos, o Professor fez novas substituições, com os jogadores Breno Lopes e Mayke, entrando no lugar de Willian e Gabriel Menino. O jogo seguiu morno! Me perdoem, mesmo com o resultado e a vitória, nosso time poderia apresentar muito mais futebol.

Aos 37 minutos, Mayke rolou para Deyverson, que arriscou de longe e mandou por cima do gol. Aos 42 minutos, Scarpa rolou para Breno Lopes, que bateu com categoria no ângulo do gol adversário! Placar ampliado: Porco 3 x Jaconero 0, resultado final.

Apesar da vitória e do bom resultado, mantenho o meu ponto de vista! O time começou bem a partida, depois caiu drasticamente o rendimento do grupo, que perdurou até as substituições que foram feitas já no segundo tempo. Há tempos que o Professor não fazia substituições tão eficientes, que mudaram o ritmo do time dentro de campo, dando outra cara para o time! Destaque para o Scarpa, pelas ótimas assistências feitas, e ao Jailson, que fez belas defesas!

Vamos seguir nos aperfeiçoando, pois os objetivos exigem!

Avanti Palestra!

 

*Sander Souza é diretor de jornalismo do Vida Destra.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org

 

Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments