Por Sander Souza                                                                                                        @srsjoejp

 

Chapecoense x Palmeiras

21ª Rodada – Brasileirão

 

Pré Jogo

 

Quando surge, amigos alviverdes!

O maior campeão do Brasil segue na luta pela conquista de mais um titulo brasileiro e hoje enfrentará a equipe da Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Vindo da derrota para o Flamengo, o Verdão buscará garantir mais três pontos e se manter na segunda colocação na tabela do brasileirão.

O retrospecto é positivo, sendo que nossa última derrota para a equipe da Chapecoense ocorreu em 2017, e de lá pra cá temos cinco jogos de invencibilidade, sendo quatro vitórias consecutivas!

Treinamos durante toda a semana, nos preparando tanto para esta partida, como para a partida contra o Galo, na próxima terça-feira (21), pela Libertadores.

O jogador Willian, durante treino realizado na Academia de Futebol em 16/09/2021.
Os jogadores Deyverson e Dudu, durante treino realizado na academia de futebol em 17/09/2021.

Para esta partida, o Professor Abel Ferreira montou um time com o aparente esquema tático 4-4-2, com o Weverton fechando o nosso gol; Gustavo Gómez e Luan, na zaga; Piquerez, na lateral esquerda e Marcos Rocha, na lateral direita; Dudu, Patrick de Paula, Felipe Melo e Raphael Veiga, no meio campo; e Wesley e Luiz Adriano, no ataque. Um bom time, capaz de enfrentar sem maiores preocupações a equipe da Chapecoense que, sem querer menosprezar, não vai bem no campeonato, tendo apenas a vitória sobre o Red Bull Bragantino como algo surpreendente para apresentar.

O jogo

O Verdão entrou em campo mostrando disposição, e buscando impor o seu jogo e garantir a posse de bola. A Chape não se intimidou, e foi pra cima, buscando o equilíbrio. Mas a nossa pressão seguiu e surtiu efeito, e aos 9 minutos, Wesley, partindo rápido pelo meio, rolou  para o Raphael Veiga, que bateu forte e abriu o placar em Santa Catarina! Porco 1 x 0 Chape.

O primeiro gol ajudou a manter a equipe focada, e aos 16 minutos, mais uma oportunidade de gol, com o Veiga cruzando na área, o goleiro Keiller fazendo a defesa, e no rebote Wesley quase ampliou o placar!  Na sequência, a bola sobrou para Wesley no campo de ataque, que tentou encobrir o goleiro, mas o Keiller conseguiu fazer a defesa!

Pouco depois, aos 24 minutos, Veiga toca para Luiz Adriano, que da entrada da área fez o giro e bateu para o gol, mas a bola foi para fora! O Verdão seguiu pressionando a Chape, e aos 28 minutos a bola sobrou  na área, Piquerez bateu forte e Luiz Adriano desviou para o gol, ampliando o placar! Palmeiras 2 x 0 Chape!

O jogo seguiu com o Verdão pressionando e mantendo boa posse de bola, criando jogadas e dando trabalho ao goleiro Keiller! Tivemos muitas chances de ampliar o placar, mas os erros de finalização nos impediram. Fim de primeiro tempo: Palmeiras 2 x 0 Chapecoense.

O Professor Abel Ferreira fez alterações ainda no intervalo, quebrando a rotina, pois o Professor sempre faz substituições após uns 15 minutos de jogo no segundo tempo. Entraram Renan, Matheus Fernandes e Gabriel Menino, em substituição a Wesley, Patrick de Paula e Marcos Rocha. Em situações normais, eu não teria concordado com saída de Wesley, mas creio que o Professor decidiu poupar jogadores para o confronto contra o Atlético-MG.

Com essas mudanças, o time atuou de forma distinta no segundo tempo, com o Verdão ficando totalmente recuado. Se no primeiro tempo, o Verdão esteve ofensivo e pressionando o adversário, no segundo tempo a situação se inverteu, com o Verdão passando boa parte do tempo se defendendo, e não conseguindo impedir que a Chape criasse jogadas e chegasse ao nosso campo defensivo.

Na primeira boa oportunidade de gol no segundo tempo, aos 23 minutos, Luiz Adriano bateu da entrada da área, mas a bola ficou com o goleiro! Nova chance de gol aos 29 minutos, com Piquerez tocando para Gabriel Menino, que finalizou mas mandou por cima do gol.

Aos 35 minutos, o Professor fez nova substituição, com a entrada de Rony, no lugar de Raphael Veiga. E aos 40 minutos, nossa ultima substituição, com a entrada de Gabriel Veron,  no lugar de Dudu. Mas as substituições tiveram pouco efeito no desempenho geral do time, que conseguiu manter o placar e garantir os nossos três pontos! Fim de Jogo na Arena Condá: Palmeiras 2 x 0 Chapecoense.

Se a equipe que entrou em campo no início da partida for a mesma que entrará em campo contra o Galo, não é uma má escolha. Ao avaliar esta partida, temos que levar em consideração o fato que o foco principal estava na partida contra o Atlético-MG. Gabriel Menino não tem condições de jogar na lateral direta, ao menos neste momento. E o Wesley poderia ter sido substituído por outro atacante, e não por um zagueiro, no caso o Renan.

Temos que ter em mente que manter o time ofensivo diminui muito as chances do adversário chegar ao nosso gol. Manter o time recuado acaba por automaticamente chamar o time adversário para o nosso campo defensivo, e foi o que vimos acontecer. Creio que todo cuidado é pouco, e já vimos adversários inferiores conseguindo reagir após o Verdão ficar na defensiva, como ocorreu no jogo contra o Fortaleza!

Mas o importante é que vencemos, garantimos os três pontos da rodada e pudemos gritar gol por duas vezes, animando o nosso final de semana, e nos dando mais energia e alegria para enfrentarmos o Galo!

Bora abrir a Heineken e comemorar!

Vai pra cima, Porco!! #AvantiPalestra !!!

 

*Sander Souza é editor do Vida Destra.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments