Por Sander Souza                                                                                                        @srsjoejp

 

Palmeiras x Santos (Clássico da Saudade) – Paulistão 2022

11ª Rodada

 

Pré Jogo

Quando surge, amigos palestrinos!

Nosso Palmeiras segue em busca de mais um título, e hoje recebe no Allianz Parque o Santos, no Clássico da Saudade, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. Este é o segundo clássico dos três que o Verdão disputará em sequência, sendo que o primeiro foi contra o São Paulo, no Choque-Rei disputado na última quinta-feira (10/03), no Morumbi, vencido pelo Verdão por 1×0.

Invicto na temporada 2022, o Verdão tem a melhor campanha do Paulistão 2022. O time se reapresentou na Academia de Futebol na sexta-feira (11/03) para iniciar a sua preparação para o clássico de hoje. Como sempre, os jogadores que atuaram por mais tempo na partida contra os trikas fizeram trabalhos regenerativos, enquanto os demais foram a campo para um treino coletivo, que contou com a presença de vários jogadores do sub-20. Jogadores em recuperação física como Gabriel Menino e Patrick de Paula fizeram treinos específicos.

O jogador Fabinho, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

No dia seguinte (sábado, 12/03) o Verdão encerrou a sua preparação na Academia de Futebol. A comissão técnica separou dois times e comandou um trabalho tático, enfatizando saídas de bola, transições, construções de jogadas, movimentações específicas, entre outros fundamentos. Os meio-campistas Gabriel Menino e Patrick de Paula fizeram atividades no campo (em separado) com o Núcleo de Saúde e Performance. Na parte final, os atletas alviverdes aprimoraram ainda finalizações da entrada da área.

O jogador Murilo, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco)

Escalação

Para este clássico, o Professor Abel Ferreira montou um time com o aparente esquema tático 4-3-3, com o Weverton fechando o nosso gol; Jorge na lateral esquerda e Mayke na lateral direita; Benjamin Kuscevic e Gustavo Gómez na zaga; Zé Rafael, Jailson e Raphael Veiga no meio-campo; Dudu, Rony e Gustavo Scarpa na linha de ataque. É time mais que qualificado para enfrentar o Santos, e também há o rodízio de jogadores já pensando no próximo clássico contra o Corinthians.

O Jogo

O jogo começou com o Verdão dominando completamente a partida. Parecia que o árbitro tinha começado a partida sem que o Peixe tivesse entrado em campo! Já aos dois minutos, nossa primeira oportunidade de finalização, com o Zé Rafael tabelando com o Rony na entrada da área, com o Rony batendo pro gol mas com a jogada sendo interrompida pela zaga santista!

O Verdão seguiu amassando o Peixe, e só não abriu o placar logo nos primeiros minutos por falhas nas finalizações e não por eficiência da defesa santista! Aos 10 minutos, o goleiro João Paulo defendeu em dois tempos uma bomba de Scarpa, que arriscou de fora da área!

Pouco depois, aos 14 minutos, Raphael Veiga tocou com maestria para o Dudu, que dominou e cruzou rasteiro, mas a zaga adversária desviou e João Paulo ficou com a bola! Aos 18 minutos, Mayke avançou pela direita e cruzou rasteiro, mas a bola passou por todo mundo e ninguém conseguiu aproveitar a jogada!

Aos 20 minutos, o Porco trocou passes e Rony recebeu e finalizou de bicicleta, mas a bola passou por cima da meta. Pouco depois, Jailson tocou para Veiga, que girou e finalizou, mandando a bola à direita do gol de João Paulo!

Apesar da pressão absurda sobre o Peixe, o Verdão não estava sendo feliz em abrir o placar no Allianz Parque. Aos 29 minutos, após cruzamento para a área, Rony desviou de cabeça mas o goleiro fez a defesa! Aos 36 minutos, Rony aproveitou sobra de bola pelo alto na área e novamente finalizou de bicicleta, mas a bola foi para fora!

Aos 44 minutos, após cruzamento de Dudu, Gómez finalizou de cabeça para o gol mas o goleiro espalmou para escanteio! Na sequência Dudu aproveitou sobra de bola pela direita e finalizou, mas a bola desviou e ganhamos mais um escanteio! Pouco depois, Kuscevic foi chutado dentro da área pelo zagueiro Velázquez, que recebeu o segundo amarelo e foi expulso, e foi assinalado pênalti para o Verdão. Veiga foi para a cobrança e o resultado não poderia ser outro: um golaço! Placar aberto no Allianz Parque e fim do primeiro tempo: Porco 1×0 Peixe.

Que amasso, meus amigos! Fizemos o João Paulo trabalhar muito hoje! Se não fossem os erros de finalizações, poderíamos ter terminado o primeiro tempo com pelo menos uns três gols a nosso favor!

Voltamos para a segunda etapa sem alterações no time. Aproveitando que estávamos com um homem a mais, seguimos na pressão, amassando o Peixe! Aos três minutos, Dudu aproveita uma sobra e bateu cruzado para o Rony, que se esticou e quase ampliou o placar! Pouco depois, aos 5 minutos, após tabela com Rony, Jorge invadiu a área e driblou o zagueiro e finalizou com a defesa do goleiro.

Aos 9 minutos, após fazer uma defesa Weverton lançou Dudu no campo de ataque, que partiu em velocidade e tocou para o Zé Rafael, que chutou por cima do gol. Aos 13 minutos, o Professor Abel Ferreira fez a nossa primeira substituição, após Mayke sofrer falta pesada e ser substituído por Marcos Rocha. Aos 21 minutos, novas substituições com Wesley e Atuesta entrando em substituição a Zé Rafael e Gustavo Scarpa.

Embora tenha diminuído o ritmo em relação ao primeiro tempo, o Verdão seguiu buscando o segundo gol, mas estava pecando nas finalizações e não estava aproveitando a vantagem de ter um jogador a mais. Aos 32 minutos, nossas últimas substituições, com Deyverson e Rafael Navarro entrando em substituição a Raphael Veiga e Rony.

Depois das nossas substituições, o ritmo diminuiu bastante, e se já estávamos com dificuldades para finalizar antes, com os reservas a coisa piorou! Não conseguimos chegar ao nosso segundo gol. Fim de jogo no Allianz Parque: Palmeiras 1×0 Santos.

Apesar da superioridade dentro de campo, tanto técnica como numérica, o Verdão não foi feliz na finalização de jogadas. Perdemos muitos, mas muitos gols mesmo, gols que não poderiam ser perdidos por um time como o Palmeiras. Além disso, a cada partida fica evidente a deficiência que nosso time tem em relação a jogadores matadores. Precisamos de um camisa 9 urgente!

Hoje o Zé Rafael deixou a desejar, perdeu gols feitos! Rony e Dudu se esforçaram, mas Rony atuou fora da sua posição de origem, o que o limita bastante. Destaque para a boa atuação de Kuscevic.

Mais uma vez, uma partida que termina com gostinho de quero mais. Mais uma vez fica a sensação que o Verdão jogou com o freio de mão puxado! Claro que tem a preocupação com o jogo da próxima quinta-feira contra nossos arquirrivais, mas ainda assim poderíamos ter rendido muito mais dentro de campo.

Reitero o que já escrevi em outras resenhas, o nosso atual elenco, apesar de bom, já atingiu o limite do que pode oferecer e precisamos de reforços urgentes se quisermos permanecer no patamar que nos encontramos hoje. Praticamente todos os outros times fizeram aquisições e se reforçaram, mas o Palmeiras ainda não fez contratações à altura da sua posição atual.

Mas, novamente, vamos aproveitar o restinho do domingo pra abrir uma Heineken e comemorar mais uma vitória, e vitória em clássico! Mantemos a nossa invencibilidade no Paulistão e na temporada 2022!

Nos encontraremos novamente na próxima quinta-feira para o clássico contra o Corinthians! Até lá e #AvantiPalestra

 

*Sander Souza é editor do Vida Destra Esportes.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd, no Canal do Telegram: https://t.me/EsportesVD e venham participar também do nosso grupo de debates de esportes: https://t.me/BotecoVDE

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao cont[email protected]
Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments