Por Sander Souza                                                                                                        @srsjoejp

 

E lá foi o Verdão, para mais um embate!!

Entramos em campo hoje, em casa, para enfrentar o Inter de Limeira, o Leão da Paulista, em partida válida pela nona rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista. O Verdão ocupava então a terceira posição do Grupo C, com doze pontos, depois da derrota para o Mirassol. A classificação para a próxima fase estava difícil, pois o empate favorecia o adversário.

Como esperado, nosso técnico Abel Ferreira montou uma equipe mesclando jogadores reservas e crias da Academia, poupando os jogadores do time principal para que atuem nos jogos importantes da Libertadores, que entraram apenas no segundo tempo.

Viemos de uma vitória acachapante de 5×0 sobre o equatoriano Independiente del Valle, pela Libertadores. Apesar disso, nós torcedores precisamos conter o nosso entusiasmo ao fazer prognósticos, pois serão elencos diferentes atuando, e Abel Ferreira já mostrou que tem objetivos distintos nessas competições. Por esse motivo, não esperava um grande jogo, principalmente após a partida contra o Mirassol, mesmo com o Palmeiras não perdendo para o Inter de Limeira desde 1986, quando nos tiraram o caneco do Paulistão!

Este foi o 50º jogo do Verdão sob o comando de Abel Ferreira e sua equipe técnica!

Os treinos na Academia de Futebol se encerraram ontem, 28/04!

 

Os jogadores Patrick de Paula, Rony e Luiz Adriano, durante treinamento na Academia de Futebol (28/04)
O jogador Felipe Melo, durante o treino na Academia de Futebol (28/04)

Para esta partida, Abel Ferreira escolheu a formação 3-5-2, com nosso paredão Weverton no gol; Mayke, Danilo Barbosa e Matias Viña na zaga; Lucas Esteves na lateral esquerda e Gabriel Menino na lateral direita; Zé Rafael, Felipe Melo e Gustavo Scarpa no meio campo; e Willian e Wesley no ataque. Na minha opinião, um bom time, apesar da zaga não ser formada por zagueiros de função! Será que foi de propósito, pra irritar os mimizentos que sempre reclamam dos três zagueiros? Hoje não teve nenhum! (risos)

O Verdão entrou em campo já botando pressão, mantendo boa posse de bola e criando mais jogadas. Já aos 3 minutos, Scarpa cobra uma falta, o goleiro defendeu e no rebote Felipe Melo quase abriu o placar!! Aos 11 minutos, Scarpa bateu de fora da área, mas alto demais e a bola vai para fora! Mantendo a pressão,  aos 16 minutos Esteves seguiu pela esquerda, e bateu forte, com a bola tirando tinta da trave! Logo após, Zé Rafael bate na entrada da área, mas a bola desviou na zaga adversária e foi para fora!

Apesar da pressão, ocorreram muitos erros na finalização, com muitos gols perdidos! Após uma entrada forte do adversário, Wesley precisou ser substituído pelo Giovani. O domínio era claramente alviverde, com o Scarpa batendo com capricho, aos 33 minutos,  mas com o goleiro adversário indo buscar no ângulo! Apesar de estar botando pressão e ter boa posse de bola, o time não mostrou bom entrosamento no primeiro tempo! Uma pena, pois poderíamos ter terminado o primeiro tempo com pelo menos dois gols!

O Verdão entrou em campo para o segundo tempo com a mesma formação e sem fazer substituições. E o domínio permaneceu, embora a ofensiva do Inter tenha aumentado, e o Porco permaneceu perdendo chances de gol! Com o empate, estaríamos praticamente fora do Paulistão, e a Inter de Limeira garantiria a classificação, por estar em segundo no seu grupo.

Em busca da vitória, Abel Ferreira fez substituições aos 17 minutos, com Patrick de Paula e Rafael Veiga entrando no lugar de Gustavo Scarpa e Zé Rafael. Já aos 19 minutos, em um cruzamento para a área a bola sobrou para Gabriel Menino, que bateu direto e manou na rede pelo lado de fora. Aos 27 minutos nova substituição, com a entrada de Rony e Luiz Adriano em substituição de Willian e Gabriel Menino. Logo em seguida Luiz Adriano quase abre o placar! Interessante a entrada de jogadores do time principal no segundo tempo.

A pressão do Verdão continuou, e a qualidade do time aumentou após as substituições, mas os erros nas finalizações continuaram ocorrendo, assim como os erros de passes. Praticamente todas as chances de gol do Inter de Limeira foram de jogadas criadas a partir de erros do Palmeiras! Tanto é verdade que foi graças a um erro desses que o Inter marcou o primeiro gol, praticamente selando o destino do Palmeiras no Paulistão! Se empatando já tínhamos chances remotas de passar às quartas de final, com a derrota ficamos praticamente fora!

A mescla de jogadores, embora resultasse num time ofensivo, mostrou a falta de entrosamento entre esses jogadores. Sabendo que o Paulistão não era a nossa prioridade, creio que as partidas do Verdão serviram para avaliar os jogadores reserva e os da base. O lado bom é que, estando fora do Paulistão, a maratona de jogos terá um alívio, com o time tendo mais tempo para se preparar para os jogos da Libertadores. Só é triste que tenha sido para um time tão fraco, quero dizer, não é um dos grandes times paulistas!

Claro que como torcedor não gosto nada de ver o meu Verdão do coração ser derrotado, ainda mais em pleno Allianz Parque! Mas decidi concentrar a minha cobrança aos títulos que realmente importam! É estranha uma derrota contra o Inter de Limeira, depois da sacolada contra o Del Valle!

Segue o jogo! Que venham os próximos adversários! Sou mais o meu Palmeiras!!

 

*Sander Souza é diretor de jornalismo do Vida Destra

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD e no Instagram: @esportes_vd

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]

 

Esportes - Vida Destra
Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments