Sinto muito, Sérgio Moro, não foi desta vez!

Tanto você (sim, você, nada de senhor para traidores) fez, tanto confabulou com Maia, Alcolumbre, ministros do STF e o Diabo sabe quem mais, tanto você arquitetou uma trama macabra de desmoralizar o presidente Bolsonaro e colocar todo o povo brasileiro contra ele… E nada de conseguir.

Eu sei, é frustrante! Os PATRIOTAS são teimosos demais. Teimam em amar a sua pátria, a sua soberania, até mesmo a sua Bandeira verde-amarela, veja só?! Total absurdo! Depois de tanto esforço de sua parte, esse povinho se junta em manifestação, da mesma forma, como se nada houvesse acontecido, como se você, o herói, não tivesse dito nada, como se você nem existisse. Quem esse zé povinho pensa que é? Uma voz tímida responde ao fundo: “PATRIOTAS”!

A sua trama macabra pode até ter feito algum efeito em alguns que mudaram para o lado negro da força juntamente com você, mas ainda não alcançou os PATRIOTAS de verdade.

Sim, Moro, eles existem e estavam lá. Uma corrente do bem em defesa do Brasil e do povo brasileiro contra os egoístas que sacrificam milhões por causa de lagostas e vinhos importados. E, veja só, todos fechados com o presidente Bolsonaro, o alvo das suas flechas envenenadas.

Você mesmo confessou que pediu para que sua pobrezinha mulher e seus filhos não ficassem desamparados, que tivessem uma pensão do Estado, caso algo lhe acontecesse, porque, realmente, como sua esposa ficaria sem bolsas caras, de marcas italianas, francesas, sei lá (não entendo disso)? E seus filhos sem colégios caros e faculdades em países desenvolvidos da Europa ou nos Estados Unidos (escolha difícil), não é mesmo? Ainda mais em um país como o Brasil em que todos têm até muito mais que isso? Sim, justo, justíssimo. (Neste ponto, espero que as mães que criam seus filhos sozinhas, com apenas um salário mínimo, não se ofendam muito).

Pois é, o fato é que o Moro que conhecíamos morreu na última sexta-feira. Sua esposa já está desamparada, porque acredito que o acordo que você disse que fez não cobria traição, facadas nas costas, jogo sujo de sua parte. Nenhum contrato cobre isso. Mas em vez de um velório lotado de pessoas chorando a morte do herói brasileiro, um verdadeiro Eliot Ness de “Os Intocáveis”, o que vi hoje foi uma mega-manifestação de bota fora de defunto. Exéquias para ninguém botar defeito: todos felizes, animados, juntos, cantando: “Ô, ô, ô, o Moro é traidor!”

Moral da estória: COM PATRIOTAS NÃO SE BRINCA!

Gogol, para Vida Destra, reportando as manifestações em Brasília, 26/4/2.020.

O autor está sem redes sociais, mas os comentários podem ser feitos na caixa disponível para isso, na revista.

Gogol
Últimos posts por Gogol (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Simone
Simone
1 ano atrás

Maravilhoso texto.

AndrelferaQB
AndrelferaQB
1 ano atrás

Não esqueçam patriotas que continuar seguindo o juiz traidor nas redes fortalce o maldito a continuar tentando contra a nação e seu povo
Mta coisa ainda vem por ai , aguardem !
Mais que deixar de seguir esse ai ao qual me reservo no direito de não pronunciar o nome é mostrar à aqueles que correram abraçá lo que não nos engana mais .
Lutem pelo seu país e suas famílias
Orem por nós e pelo presidente
Quem quer a paz deve estar preparado para a guerra .

Marcia Clemente
Marcia Clemente
1 ano atrás

Maravilha! Apenas um adendo… a sra. Moro fundou ha 6 dias uma ONG com o seu nome. Não tenho idéia de onde virá a grana. Acho que sua vida “cara” e importada não é o maridão não que paga! Ela se sustenta. Dizem que estão ls dois tomando soro… (s)!!!

Nunes
Nunes(@nunes)
Admin
1 ano atrás

Sempre teremos amigos patriotas nessa luta. Ótimo artigo

Luiz Antonio de Santa Ritta
Luiz Antonio de Santa Ritta(@luiz-antonio-santa-ritta)
1 ano atrás

Hoje no WhatsApp do vidadestra estão discutindo: foco na derrubada de Rodrigo Maia. Quem já atirou a primeira pedra em Moro que pare. Vou dizer porque não: A centelha da fagulha de Moro que se forma agora, será muito mais preocupante em 2022, já o abandono de Maia é perceptível.

EDUARDO patriota
EDUARDO patriota
1 ano atrás

MUITO BOM O ARTIGO. ESCLARECEDOR, OBJETIVO E DIDÁTICO. PARABÉNS.

twitter eduardo_patriot

Maria souza
Maria souza
1 ano atrás

EXATAMENTE : ” COM PATRIOTAS NÃO SE BRINCA ” !!! PARABÉNS GOGOL.

Efigênio
Efigênio
1 ano atrás

#FechadoComBolsonaro

Marco Ferreira
Marco Ferreira
1 ano atrás

A desmontagem do herói nacional, foi precisa. Direto ao ponto em que se comprova a traição sórdida premeditada. Gogol, traduziu perfeitamente como se deu à renuncia ao cargo do ex mínistro Sérgio Moro. O Brasil, acordou e, não se deixa enganar, pois, aqui temos um presidente honrado e, ungido por Deus. Bolsonaro presidente! Conclusão: Moro traidor!

Livio Oliveira
Livio Oliveira(@livio-oliveira)
1 ano atrás

Parabéns pelo texto Gogol!

Moisés
Moisés(@junimosart)
1 ano atrás

isso mesmo

Luiz Paulo Serrano
Luiz Paulo Serrano
1 ano atrás

Minha prezada, bom dia! Fica mais uma vez provada a sabedoria popular: “enganar alguns o tempo todo é possível; enganar todos algum tempo também é possível; mas enganar todos o tempo todo é impossível “. Recomendo que os patriotas vejam o vídeo postado pelas meninas da república de Curitiba. Elas têm todo o direito ao desabafo. E mexer com mulher, mexeu com umas mexeu com todas!!!
Parabéns pela sua reflexão.

Angelo Lorenzo
Angelo Lorenzo(@angelo)
1 ano atrás

Parabéns, Gogol! Seus textos são excelentes! ?????