A tecnologia proporcionou muitas mudanças no nosso modo de vida. E uma das mudanças mais importantes ocorreu na área da comunicação. Hoje, a distância já não é um fator impeditivo à comunicação e esta coluna é um exemplo disso, já que mesmo daqui do outro lado do planeta, minha opinião e reflexões estão disponíveis a pessoas espalhadas por todo o mundo! Qualquer pessoa pode publicar as suas ideias e ser protagonista em um vídeo que pode se tornar popular nas redes sociais. As pessoas são incentivadas a emitir suas opiniões e isto é algo intelectualmente saudável, desde que antes de emitir suas opiniões, as pessoas reflitam acerca do assunto sobre o qual querem opinar! Sem esta reflexão, serão emitidas opiniões vazias, que nada agregam ao debate de ideias.

As opiniões pessoais, inclusive, tomaram as redações dos jornais, revistas e demais meios de comunicação, sendo que em muitos casos as opiniões dos jornalistas se tornaram mais importantes que as próprias notícias!

Aprendi muita coisa desde que comecei a me engajar no ativismo político e a atuar na mídia independente. E algo  muito importante que aprendi é que não devemos ter uma opinião definitiva sobre os acontecimentos! Claro que não devemos confundir nossas opiniões com os nossos valores! Nossas crenças e valores pessoais devem ser sólidos, pois é através deles que tomamos decisões e é através deles que formamos a nossa opinião, pois nos servem de filtro para a análise de fatos e acontecimentos! Mas nossas opiniões devem ser maleáveis, e não devemos nos envergonhar de mudar de ideia! Afinal baseamos nossas opiniões em informações recebidas, logo não seria possível mantermos a mesma opinião diante de novas informações, embora muitas pessoas prefiram ignorá-las, a mudar de opinião! Basta vermos os esquerdistas que, a despeito das informações disponíveis, permanecem defendendo o indefensável!

Precisamos ter em mente que, geralmente, não temos acesso a todas as informações de que necessitamos para formar uma opinião sólida sobre determinado assunto. Os meios de comunicação só nos fornecem as informações que eles consideram relevantes, e muitas vezes tais informações nos são fornecidas de modo a corroborar narrativas que são criadas para atender a objetivos específicos. Diante disso, considero temerário que as pessoas formem opiniões definitivas sobre os fatos que são noticiados, já que não dispomos de informações suficientes para tal!

Portanto, amigos, precisamos manter as nossas mentes abertas e precisamos ter sempre a disposição de buscar novas informações e conhecimentos. Precisamos manter a disposição de aprender, enquanto estivermos vivos! Numa época onde as narrativas são criadas diariamente e onde as notícias falsas inundam os meios de comunicação, manter uma postura crítica em relação às informações que são divulgadas, nos ajuda a formar uma opinião mais condizente com a realidade!

Opinar é direito de todos! Da mesma forma que o raciocínio é inerente ao ser humano, expressar o resultado deste raciocínio, na forma de opinião, também é algo que nos é inerente, e portanto um direito que deve ser preservado. Mas precisamos aprender a opinar na hora certa e a refletir antes de emitirmos nossa opinião, e só fazê-lo se isto for trazer benefícios aos envolvidos. Às vezes. nossa opinião só tem valor para nós mesmos!

 

Sander Souza (ConexãoJapão), para Vida Destra, 4/9/2020.
Vamos discutir o Tema. Sigam-me no Twitter @srsjoejp e no Parler @Srsjoejp

Sander R. Souza
Acompanhe me
Últimos posts por Sander R. Souza (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio
Luiz Antonio
1 ano atrás

No excelente artigo de Sander em que aborda a “questão de opinião” devemos ficar atentos a pesquisar para não espalhar narrativas falsas. Este é objetivo de criar um órgão de censura, que irão criminalizar as opiniões no PL 2630/20.

Sander Souza
Reply to  Luiz Antonio
1 ano atrás

Muito obrigado por ler e comentar!
Você nos lembrou de algo muito importante!!

Nunes
Admin
1 ano atrás

Excelente. Mente aberta mas sem abrir mão dos valores.

Sander Souza
Reply to  Nunes
1 ano atrás

Exatamente, meu amigo!
Obrigado pelo apoio!!

Angelo
1 ano atrás

Parabéns, caro Sander! Muito bom!
Me lembro quando começou essa “invasão” de opiniões no meio jornalístico.
Para a esquerda isto é fundamental: para eles opinião é mais relevante do que fatos (pois é manipulável), enquanto para qualquer ser racional e civilizado os fatos são determinantes e a opinião, relativa.
Hoje, o objetivo que a esquerda alcançou é que poucos se dão conta de diferenciar o que é opinião e o que é fato antes de tomarem decisões.
Seu artigo nos relembra que precisamos reverter essa situação.

Sander Souza
Reply to  Angelo
1 ano atrás

Muito obrigado pelo apoio, meu amigo!
Seu comentário ilustra bem como um assunto possui muitos aspectos a serem considerados, antes de opinarmos!!

eduardo
eduardo
1 ano atrás

Eu sempre disse que a política é a cultura do sempre foi assim, sempre será e nunca vai mudar. Por isso eu já desistir de política, nunca muda. Acostumado e conformado já com isso. Desisto. Por isso que justifico o voto e lavo minhas mãos da política, no futuro, ñ me decepciono

Sander Souza
Reply to  eduardo
1 ano atrás

Muito obrigado por ler e comentar!

Laerte
1 ano atrás

Muito bom, Sander. Parabéns.

Sander Souza
Reply to  Laerte
1 ano atrás

Muito obrigado, Laerte!

Humberto Quintão
Humberto Quintão
1 ano atrás

Muito bom. E como bem lembrou, opinar é um direito de todos. O que é muito diferente de um fato. A liberdade de expressão deve ser respeitada e para combater os abusos, os excessos ou difamações, basta o que já está previsto em Lei.

Sander Souza
Reply to  Humberto Quintão
1 ano atrás

Muito obrigado por ler e comentar Humberto!ão hpa
Bem lembrado, a nossa legislação já nos fornece subsídios suficientes para combater os excessos em relação à liberdade de expressão!

Simone Lisboa da Costa
Simone Lisboa da Costa
1 ano atrás

Leio quase todos os artigos desta revista e os aprecio bastante. Não poderia deixar de incluir seus textos / análises,sempre tão lúcidos e relevantes!

Sander Souza
Reply to  Simone Lisboa da Costa
1 ano atrás

Muito obrigado por ler e comentar, Simone!
E obrigado pelas palavras de apoio!

FABIO PAGGIARO
1 ano atrás

Excelente e oportuna reflexão, no momento em que o obscurantismo esquerdista se apropriou dos meios de comunicação tradicionais e, de forma dogmática e pré-concebida pelo marco teórico marxista, tenta se impor ao mundo como um “Ministério da Verdade”.

Sander Souza
Reply to  FABIO PAGGIARO
1 ano atrás

Muito obrigado, Fábio!
A Esquerda tenta subverter tudo, se não nos opormos de modo ferrenho, logo não haverá retorno!