Flávio Bolsonaro REAGE

Mell Sam

Mell Sam, apesar de doce, meio amarga. Ora, diante de tantos percalços no mundo em que vivemos, a doçura, por vezes, amarga, mas não azeda. Conservadora raiz, cristã, feminina e carregando a justiça como meu desígnio. Pega um café e vamos conversar.
Mell Sam

Últimos posts por Mell Sam (exibir todos)

Veja a representação de Flávio Bolsonaro contra o MP-RJ Clique nos links e baixe ou abra o PDF   https://drive.google.com/file/d/18xMk7HSQMPfg5arYh74Qbt_Xt-aqlnqi/view?usp=sharing   https://drive.google.com/file/d/1qUKEdKrR93ldJtySMjQ2XQUEx5rywE2d/view?usp=sharing   Saiba das novidades, siga-nos

Ler mais

O QUE AGUARDAR QUANTO A FLÁVIO BOLSONARO

  Viver no Brasil não é uma coisa fácil. Mais ainda, quando constatamos que estamos acompanhados de uma esquerda virulenta, perigosíssima. Nas liças de advogados criminalistas, inquéritos policiais e dos processos penais, chamamos de pregressamento a elaboração de um histórico do criminoso. No caso do PT, salta aos olhos que é sub-reptício, uma péssima “capivara”. Em 1986, votaram contra o Plano Cruzado. Em 1988, votaram contra a Constituição Federal e sequer queriam assiná-la (há quem diga que nunca a assinaram, apenas homologaram pela presença no Congresso). Em 1990, faziam esta…

Ler mais

CHEGA DE PALHAÇADA!

    Segundo informes recebidos na manhã de hoje, 22/01/2019, foram presos acusados da morte de Marielle Franco. Dois deles, o ex-Capitão do Bope Adriano Magalhães e o major da PM Ronald Paulo Alves, foram homenageados por Flávio Bolsonaro, na ALERJ. Isso quer dizer: agora a esquerda vai novamente começar com terrorismo psicológico, tentando semear discórdia, cizânia, confusões e divisões onde conseguirem colocar suas nefastas vozes. Não se deixem levar por mais uma patacoada! A sociedade civil tem que resistir, definitivamente, a mais uma enxurrada de mentiras! Saiba das novidades,…

Ler mais

OS LEÕES, AS HIENAS E O BANDO DE GAIVOTAS

  Desde a época da campanha eleitoral, o maior poder dos setores de esquerda no Brasil foi sua união. Do lado da direita, a vemos ainda pulverizada em várias correntes que são, inclusive, conflitantes. Isso é fato. Nem poderia ser diferente, claro! O marxismo apoia-se na coletividade. Como tal, a ideologia marxista busca anular a individualidade, focando no grupo – o mote é “fazer aquilo que promova o bem comum”. Do outro lado, as diversas correntes da direita no Brasil, hoje em dia, açambarcam um largo espectro, do ultraliberal até…

Ler mais