Por Felipe Silva                                                                                                              @felipe4710

Flamengo x Defensa y Justicia – Libertadores – Oitavas de Final

 

O Flamengo jogando pela classificação para as quartas de final da Copa Libertadores da América, bateu o time argentino Defensa Y Justicia por 4×1. No Estádio Nacional de Brasília, no esquema tático; 4-2-3-1, com Gustavo H. como parceiro de Rodrigo Caio que retornou de lesão. No meio de campo Renato Gaúcho começou com Diego e Arão. E aplicou uma goleada, e poderia ter sido mais se não fosse em certos momentos as displicência dos atacantes rubro negros, e pela falha do goleiro Diego Alves que parecia jogar contra o time e queria por a equipe Argentina no jogo, depois de um começo avassalador mais uma vez, como na partida passada pelo brasileiro contra o Bahia.

O Flamengo começou o jogo pra cima do Defensa Y Justicia, e abriu o placar aos 9 minutos, depois do escanteio cobrado por Everton R. e convertido por Rodrigo Caio de cabeça, que subiu no terceiro andar para uma cabeçada fatal sem chance de defesa para o goleiro do time argentino.

O Flamengo não se poupou e foi pra cima, logo aos 18 minutos Gabigol perdeu grande chance de deixar o seu na partida. Depois foi a vez de Arrascaeta que de falta acertou o travessão do time adversário, aos 24 minutos. Na única vacilada do mengão, a dupla Diego se atrapalhou, e Diego Ribas, ao atrasar a bola para o xará, jogou Diego Alves na fogueira, que quis enfeitar um lance que era para ter dado um chutão na bola, e quis sair jogando bonito e acabou que o jogador do Defensa Y Justicia aproveitou a bobeira e a bola bateu em seu pé e entrou aos 40 minutos do primeiro tempo ainda.

A resposta do Flamengo veio com Gustavo Henrique aos 49 minutos, já no segundo tempo, o zagueiro cabeceou a bola, depois do escanteio cobrado por Arrascaeta, e o goleiro do Defensa Y Justicia fez uma bela defesa!

Depois de tanto insistir, Felipe Luís cruzou a bola e Michael pegou de primeira dentro da área, a bola bateu no travessão e Arrascaeta aproveitou a sobra e de cabeça fez um golaço, aos 65 minutos. Em seguida Arrascaeta arrancou no meio de campo e tocou para Vitinho, que de fora da área chutou rasteiro e fez um bonito gol, e o Flamengo abriu 3×1 no placar.

Mas antes do apito final, o mengão continuou com sua fome de gol e não parou de buscá-lo a todo instante, e por está postura em campo foi premiado já no final aos 94 minutos, com um golaço de Vitinho, que estava iluminando e saiu do banco para fazer dois gols na partida!

E depois de uma triangulação entre Michael, Gabigol, a bola chegou aos pés de Vitinho que chutou forte e fez o quarto gol do mais querido do Brasil e fez a nação rubro negra muito feliz nesta quarta-feira!

Agora enfrentaremos o Olímpia ou o Internacional nas quartas de final da competição. Com Renato Gaúcho é nítido que o time melhorou bastante, principalmente na intensidade de buscar o gol a todo instante até o último segundo da partida. O que era diferente nos tempos se Rogério Ceni onde parecia que o time sempre morria no segundo tempo, parecia até que os jogadores estavam subindo uma montanha com uma mochila de 100 kg nas costas!

Agora é aguardar que o time cada vez mais pegue o jeito e tenham simbiose com seu treinador, e que façam a nós torcedores que somos flamenguistas até morrer… Com muita satisfação de torcer pelo time de coração e zoar com os rivais!

 

*Felipe Silva é um brasileiro apaixonado por futebol e que ama o Flamengo!

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments