Conhecimento: Ato ou efeito de conhecer, ato de perceber ou compreender por meio da razão e/ou da experiência, domínio, teórico ou prático, de uma arte, uma ciência, uma técnica, etc.

Sabedoria: qualidade, caráter de quem ou do que é sábio, grande instrução, acúmulo de conhecimentos sabendo como e quando aplicá-lo, usando no momento adequado. 

Você pode conhecer muito sobre algo, e ser totalmente ignorante para o restante, pode ser um excelente advogado, médico, físico, químico ou engenheiro, e ser um alienado, ou você pode ser um nada e, ainda assim, ser totalmente sábio.

A diferença entre se ter conhecimento e ter sabedoria, está ligado ao fato de procurar entender do que acontece ao seu redor, de questionar todas as coisas e de buscar sempre o contraditório!

E, como se faz isso?

Lendo, buscando informações, principalmente de fontes dignas, não acreditando em tudo que vê, lê ou escuta por aí, não seja um conformista, muito menos um simplista!

O inconformismo, de certa forma, pode acabar por não ser um defeito, pois são justamente os inconformados que acabam por procurar explicação mais apurada, para seu descontentamento com a devida situação ou explicação a ele dada.

Quem não lembra do filme Matrix de 1999, onde o protagonista Neo, vivido pelo ator Keanu Reeves, inconformado com alguma situação (anomalia) de sua realidade, chega a Morpheus, que lhe oferece uma oportunidade de conhecer a verdade:

Se tomar a pílula azul, a história acaba, e você acordará na sua cama acreditando no que quiser acreditar. Se tomar a pílula vermelha ficará no País das Maravilhas e eu te mostrarei até onde vai à toca do coelho. Lembre-se: tudo o que ofereço é a verdade. Nada mais.”

Neo, escolhe o comprimido vermelho e acorda em uma cápsula, descobrindo que os humanos estão dominados pelas inteligências artificiais, vivendo presa em um ‘software’ e servindo apenas como fonte de energia.

Aquele que não busca sabedoria ou acumulo de conhecimento – que não lê, não busca informação, ou não questiona – está fadado a ser escravo de outros ou de situações muitas das vezes, degradantes!

A questão é: você, tomará a pílula azul, e continuará acreditando em tudo que te dizem, ou tomará a pílula vermelha, e acordará, buscando a realidade da vida?

“Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8,32)

 

 

Adilson Veiga, para Vida Destra, 20/04/2021.
Vamos discutir o Tema! Sigam-me no Twitter @ajveiga2 e no Parler @AJVeiga

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Adilson Veiga
Acompanhe me
Últimos posts por Adilson Veiga (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio
23 dias atrás

No primoroso art. de @AJVeiga2 em q afirma q, viver numa Matriz não é mais uma opção. Só sei q os q tomam o compr. azul não lutam p/Brasil, já os q tomam compr. vermelho evitam q o País se torne uma Venezuela.

FABIO PAGGIARO
22 dias atrás

Excelente a oportuna reflexão. Até agora, os brasileiros estão optando pela pílula azul. Se continuarmos assim nossos filhos e netos pagarão muito caro por isso.