Em agosto, numa pequena cidade, caía uma chuva torrencial e havia vários dias que a cidade parecia deserta.

Fazia tempo que a crise vinha fustigando esse lugar, todos tinham dívidas e viviam à base de créditos.

Por sorte chega um milionário cheio de dinheiro e entra no único e pequeno hotel do lugar, pede um quarto, põe uma nota de 100 Reais na mesa da recepcionista e vai ver se lhe agrada o quarto. O dono do hotel, imediatamente, corre à recepção, à notícia de que havia acabado de entrar um hóspede, tamanha sua alegria, e que ainda pagara adiantado! O dono do hotel pega a nota e sai correndo para pagar as sua dívida com:

  1. O açougueiro. Este pega a nota e sai correndo para pagar a sua dívida com:
  2. O criador de porcos. A seguir este sai correndo para pagar o que deve ao:
  3. O moleiro, provedor de alimentos para os animais e de farinha para as pessoas. O dono do moinho pega na nota e vai liquidar a sua dívida com a:
  4. Maria, a prostituta da cidade, porque fazia tempo que não lhe pagava, em tempos de crise até ela oferecia serviços a crédito… Maria, com a nota na mão sai para:
  5. O pequeno hotel, onde trouxera os parcos clientes nas últimas poucas vezes, que todavia não tinha pago, e lá entrega a nota:
  6. Ao dono do hotel.

Neste momento desce o milionário que acaba de ver os quartos, diz que não lhe convence nem gostou de nenhum, e não vai ficar hospedado ali. Prontamente, recebe a nota de volta, e vai-se embora da cidade.

Curiosamente, a nota não ficou na cidade. Ninguém ganhou um centavo, mas agora seis pessoas (produtoras e prestadores de serviço) estão com as dívidas pagas! Passam a olhar para o futuro com confiança!!!

MORAL DA HISTÓRIA:
SE O DINHEIRO CIRCULAR NA ECONOMIA LOCAL, ACABA-SE A CRISE!

Daí, um pequeno grande conselho: consumamos mais nos pequenos comércios e mercados!

– Consome o que teus amigos e teu país produzem !!!
– Se o teu amigo tem uma micro-empresa , compra dele!
– Se o teu amigo vende roupa, compra-lhe !
– Se o teu amigo vende sapatos, compra-lhe!
– Se o teu amigo vende salgados, compra dele!
– Se a tua amiga faz unhas, vai e leva a tua mãe!
– Se o teu amigo é escritor, vai e compra um livro dele!!
– Se o meu amigo fosse dono de um restaurante… O que acha? Eu comeria lá!
– Se um amigo meu tivesse um bar (aberto) lá estaria!
– Se um amigo meu tivesse uma loja, iria lá comprar!

Na próxima vez que entrar numa grande pastelaria, lembra do teu amigo, irmã, prima, tio que vende empadas, pasteis, bolos, etc., que são deliciosos!

Ao final do dia, a maior parte do dinheiro é apanhado pelas grandes corporações e instituições financeiras. Mas quando compramos de pequenas e médias empresas, ajuda a elas e todos ganhamos, fazendo funcionar a nossa economia.

Apoiemos o empreendimento!
Apoiemos o consumo local!
Apoiemos a produção nacional!

Reginaldo, para Vida Destra, 9/4/2.020.

Sigam-me no Twitter! Vamos debater o tema! @Reginaldoescri1

Reginaldo Belo de Brito
Últimos posts por Reginaldo Belo de Brito (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Jeremias Mariano
Jeremias Mariano
1 mês atrás

Ótimo artigo, e conselho importantissimo, Parabens e divulguemos!!

Clenir jorge
Clenir jorge
1 mês atrás

Sabias palavras!

Gogol
1 mês atrás

👏👏👏👏👏👏👏

Nunes
Admin
1 mês atrás

Sabias palavras

Moisés
Moisés
1 mês atrás

Perfeito!!!