Uma manifestação de todos os que prezam a preservação de nossa sociedade

Nós, o povo brasileiro, declaramos que estamos dispostos a levar às últimas consequências a defesa de nossas famílias contra os canalhas que tentam erotizar nossos filhos, implementando agendas sexistas e ideologia de gênero nos currículos escolares, de forma covarde, tentando destruir os princípios que a moralidade e a ética cristãs nos deram, no decorrer da História. São “escolhas” nossas e não imposições. Nós escolhemos esse padrão moral, sem que poder algum ou grupo identitário nos impusesse tal modelo.

Somos absolutamente contra aberrações como o PLC 122, que relativiza e cria situações que destroem os princípios que aprendemos com nossos pais e passamos para nossos filhos. Não aceitamos a legalização do incesto, da zoofilia, da pedofilia e de outros atentados contra nossas famílias. Seremos severos nesta defesa, e não perdoaremos aqueles que atentarem contra nossos amados.

Manifestamos total oposição ao assassinato de bebês, escondido sob o eufemismo de “direitos reprodutivos”. Não nos renderemos à legalização da matança de seres humanos indefesos, promovida pelos mesmos cretinos que defendem vidas de criminosos hediondos que deveriam apodrecer na prisão e trabalhar para se sustentar pelo resto de suas miseráveis vidas. Somos contra a relativização e a romantização do crime. Não aceitaremos, jamais, que bandidos tenham direitos que o cidadão de bem não tem. Não achamos que um ladrão de celular, que rouba para tomar uma cervejinha, tenha que ficar livre, cometendo seus crimes, matando para roubar. Declaramos que somos contra o roubo, mesmo porque os nossos princípios não nos permitem achar que roubar seja certo em circunstância alguma. Combatemos ferrenhamente a imbecilidade de se pensar em legalização de comércio e consumo de drogas como política pública de combate às mesmas. Já conhecemos a realidade de milhares de famílias destruídas pelo consumo de drogas. Não é questão de combate ao tráfico! Isso sempre existirá! É questão de consumo. Entendemos que consumir drogas é que é o problema, e não o tráfico principalmente, mesmo que o consideremos um grande problema. Exigimos o direito de defender nossas vidas a qualquer custo e por qualquer meio, sem sermos punidos criminalmente por isso.

Manifestamos amor e devoção à nossa Pátria Amada, Brasil, em todas as circunstâncias. Somos a favor do uso livre dos símbolos da pátria, sobretudo da nossa linda bandeira verde e amarela. Não aceitaremos que membros de qualquer dos poderes, eleitos ou não, nos proíbam de levantar nossa flâmula sagrada. Comprometemo-nos a defender, até a morte, o nosso Brasil, jurando lutar para que bandidos não tomem conta do cenário político e retornem ao local do crime para continuar a roubalheira. Vigiaremos, vinte e quatro horas por dia, as intenções de vagabundos que desejam lotear nossa terra, entregando nossas riquezas aos ladrões, saqueadores, que já presentearam ditaduras comunistas pelo mundo, usando nossos recursos, oriundos do suor de milhões de pagadores de abusivos impostos. Seremos a pedra no sapato de larápios que pensam que o passado pode ser apagado.

Defenderemos nossas propriedades, fazendo valer sua sacralidade, reconhecida pela nossa frágil e emendada Constituição Federal. Somos contra a relativização dos nossos bens materiais e defendemos o total direito de posse, e de fazermos deles o que bem entendermos, sem interferência ou intermediação do Estado. Lutaremos para sermos libertos de impostos sobre propriedades e sobre o trabalho. Colocamo-nos ferrenhamente contra qualquer regulação estatal sobre nossos bens materiais e prezamos por um Estado mínimo, com estrutura suficiente para cuidar de segurança pública e infraestrutura, somente. Exigimos que grupos terroristas, invasores de propriedade privada, possam ser considerados criminosos hediondos, deixem de existir e paguem pelos seus crimes. Não aceitamos que burocratas decidam o que podemos ou não possuir, na forma de propriedade. Destacamos que nossa maior propriedade é a nossa liberdade e estamos dispostos a levar às últimas consequências o combate para que ela seja garantida.

Essa é a manifestação da parte do povo brasileiro de bem, que se cansou de alimentar um monstro chamado Estado, na forma atual, e que abomina a existência de partidos políticos associados a facções criminosas, bem como de poderes centralizados nas mãos de ministros do poder judiciário, que, sem um voto sequer, estão legislando e falando sobre todos os tipos de assuntos, inclusive impedindo a polícia de agir em morros, e até impedindo o governo de baixar impostos.

“Dos filhos deste solo és mãe gentil, Pátria Amada Brasil.”

Assinam, simbolicamente, todas as pessoas de bem deste país.

 

 

Davidson Oliveira, para Vida Destra, 11/08/2022.
Sigam-me no Twitter! Vamos conversar sobre o meu artigo! ! @DavidsonDestra

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Subscribe
Notify of
guest

5 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Rute Pires de Sousa Oliveira
Rute Pires de Sousa Oliveira
1 mês atrás

Sou a primeira a assinar essa carta que tão bem mostra a real vontade de famílias de bem. Essa carta sim me representa!

Rogério Marcos Teixeira
Rogério Marcos Teixeira
1 mês atrás

Concordo plenamente com tudo que esta escrito nessa carta.
O nosso Brasil não pode abrir mão de seus valores.
Pátria amada Brasil!

Jucimar Ediel
Jucimar Ediel
1 mês atrás

Quero ter a honra de assinar essa carta pois ela diz o que creio e pelo que tb lutarei. Por Deus e por nossos filhos!

Lia Crespo
1 mês atrás

Parabéns! Ótimo artigo! Assino embaixo!

Lucy.
Lucy.
1 mês atrás

Direita unida!