Nunca foi tão fácil perceber que tempos tranquilos produzem homens fracos. Essa história de evitar que os filhos passem pelas mesmas dificuldades pelas quais passaram os pais é, de fato, um erro histórico que a maioria de nós cometemos e agora colhemos os frutos.

É de se contar nos dedos a quantidade de jovens que são capazes de tarefas como lavar o próprio prato ou arrumar a própria cama. E são exatamente estes pirralhos (alguns com mais de 40 anos) que se curvam a ouvir a “sumidade” Greta Thunberg falar sobre meio ambiente, clima e degradação ambiental no Senado Federal. Meus amigos, é ao mesmo tempo preocupante e risível ver a Casa de Leis chamada Senado Federal do Brasil receber um robozinho falante, com aquelas frases prontas fajutas, acusando e denegrindo o Brasil, e a plateia formada por senadores eleitos pelo sofrido povo brasileiro, aplaudir essa aberração sociológica acontecer.

Greta Thunberg é fruto de seu tempo e daquilo que aconteceu com a geração de seus pais. Uma daquelas crianças que ainda está esperando o “Capitão Planeta” ser eleito o governador mundial. Essa menina é o resultado esperado em todos os jovens educados pelos padrões preconizados pela esquerda mundial; uma espécie de pessoa crítica e com convicções aparentemente muito seguras. A mesma Greta afirma (pela milionésima vez) que a Amazônia é o pulmão do mundo, o que me recuso a refutar, também pela milionésima vez, por entender que o querido leitor da Revista Vida Destra já está cansado de saber que é uma anedota.

Mas como pode figuras com a sueca com cara de personagem de jogos eletrônicos medievais terem tanto alcance e poder de influência entre crianças, jovens e adultos? Na verdade, ela é somente aquilo que chamamos de “marionete de globalistas”. E não se engane! Não estou falando de PCC (Partido Comunista Chinês) ou de partidos políticos comunistas mundo a fora. Me refiro àquilo que Leonardo Fiuza costuma chamar de elite globalista, que acha bonito o verniz de humanismo e da pseudo igualdade intrínsecos na cantilena do mundo colorido. Em tese, as frases prontas, politicamente corretas, são a base da fala dessa personagem, chata e repetitiva. É a conversinha afiada que atrai os holofotes dos idiotas inúteis.

Segue a tendência de dar visibilidade aos bebês chorões, adorados pela esquerda. Acontece que não é normal um Senado Federal, de qualquer lugar do mundo, levar uma gringa que foi criada a leite de soja para, literalmente, defecar no país. No mínimo o povo deveria acusar e levar a julgamento, por traição à pátria, os responsáveis por colocar ao vivo uma adolescente que não aprendeu que aquilo que ela fala polui mais que o barco, o carro e o avião que ela usa para se deslocar pelo mundo.

Quanto ao pulmão do mundo, a pirralha deveria lembrar que, se a Amazônia o é, então não teremos girafas e nem elefantes sofrendo por falta de oxigênio, já que a Amazônia exala, segundo seus livrinhos de “çiênssias”, a maior parte do oxigênio da Terra.

Não seria a hora de chamar a Anita para, do alto de sua sabedoria de achar o 17 na tabuada, fazer uma dupla com a sueca, discorrendo sobre o efeito das tatuagens em orifícios anais no clima do planeta. Presume-se que, em fase de cicatrização, fica bem diminuída a possibilidade de flatulência e, consequentemente, de emissão de gases poluentes. Os senadores e senadoras adorariam. Imaginem Randolfe, eufórico, num verdadeiro clímax, ouvindo a dobradinha de Greta e Anita. (Não se confundam!!! Não é a greta da Anita!).

 

 

Davidson Oliveira, para Vida Destra, 16/09/2021.
Sigam-me no Twitter! Vamos conversar sobre o meu artigo! ! @DavidsonDestra

 

Crédito da Imagem: Luiz Jacoby @LuizJacoby

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio
1 mês atrás

Nesta indignação de @Davidsondestra s/a fala de Greta de Thunberg no Senado s/meio ambiente, só posso dizer q tem a mão do globalista George de Soros, interessado nas riquezas minerais brasileiras.