Por Fabio Oliveira                                                                                      @fabio_oliveira

 

Internacional x Corinthians – Brasileirão

28ª Rodada

 

Gosto amargo

 

Na tarde desse domingo, o Corinthians entrou em campo para enfrentar o Inter em Porto Alegre.

A equipe teve a volta de Fágner, além das entradas de Gabriel e Vitinho nos lugares de Cantillo e Adson.

Mesmo com as mudanças, o jogo não começou bem pro alvinegro e logo aos 8 minutos a equipe já estava em desvantagem no placar.

Patrick cruzou e Rodrigo Lindoso finalizou duas vezes para vencer Cássio.

O Corinthians seguia repetindo os mesmos erros da partida passada, com erros de passe e pouca profundidade. Dessa forma, o jogo estava confortável para os donos da casa.

O Timão só incomodou aos 20 após jogada de Gabriel Pereira, a bola acabou saindo em escanteio. Na cobrança, Renato Augusto, sozinho, cabeceou pra fora.

Os lances empolgaram o Timão, mas seguimos pecando nos passes e nas movimentações ofensivas.

O Inter apostava no contra ataque e em uma escapada dessas, Taison bateu de fora da área e Cássio colocou pra escanteio.

Renato Augusto e Vitinho eram os que tentavam armar o time, mas esbarravam na marcação colorada.

Aos 47, Roger Guedes recebeu na ponta, pedalou e bateu cruzado. A bola saiu sem muito perigo ao gol de Lomba.

Final de primeiro tempo.

Apesar de mal ter criado chances de gol e com muitos erros técnicos, Sylvinho não alterou a equipe para o segundo tempo.

Aos 5 minutos, Yuri Alberto recebeu na área e, mesmo pressionado pelos zagueiros, finalizou forte. A bola explodiu na trave.

Aos 13, Sylvinho colocou Du Queiroz e Gustavo Mosquito nos lugares de Vitinho e Gabriel.

As mudanças não demoraram a surtir efeito.

Aos 15, GP enfiou bola na área para Giuliano, driblar o goleiro e bater pro gol. Belo gol corintiano. A lei do ex nunca falha!

5 minutos depois, Renato Augusto passou para Roger Guedes dentro da área. O camisa 123 driblou e foi derrubado pelo zagueiro: pênalti para o Corinthians!

Fábio Santos, como de costume, bateu com categoria e virou a partida!

Agora atrás do placar, os donos da casa passaram a ocupar o campo ofensivo e foi a vez do Timão apostar no contra ataque.

Aos 30, Renato Augusto recebeu e finalizou dentro da área, mas a bola foi travada por Mercado.

Cuesta fez bom cruzamento e Yuri Alberto cabeceou para defesa firme de Cássio, aos 33.

Com a pressão do inter, Sylvinho colocou Xavier no lugar de GP. Isso chamou os colorados pra cima do Timão.

O Inter seguia tentando, mas sem grandes chances.

Até que aos 48, Gustavo Maia arriscou chute forte de muito longe e o Cássio…Bem, difícil dizer o que o Cássio pensou que estava fazendo. Gol dos caras.

Só deu tempo pra Patrick e Xavier serem expulsos após confusão e mais nada.

Fim de partida e mais 2 pontos deixados pelo caminho.

Sylvinho errou na escalação, entregou a solução com as substituíveis e depois entregou o ouro chamando o adversário para o jogo.

Em toda coletiva o técnico diz que o time está “em construção”. A minha impressão é que essa obra está parada faz um bom tempo, viu?

A pressão sobre o comandante alvinegro segue aumentando e com razão.

Hoje, temos time pra jogar bem mais do que estamos apresentando nos últimos jogos.

O Timão volta a campo no dia 1º, em casa, contra a Chapecoense.

Boa semana a todos, soma só 1 aí e #VaiCorinthians

 

 

*Fabio Oliveira é um brasileiro apaixonado por futebol e pelo Timão.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd e no Canal do Telegram : https://t.me/EsportesVD

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments