Por Fabio Oliveira

Twitter: @fabio_oliveira

 

Corinthians x Boca Juniors – Libertadores 2022

Oitavas de Final – Jogo de Ida

 

Confronto aberto

 

O Corinthians entrou em campo para enfrentar o Boca Juniors pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores.

Ainda sofrendo com os desfalques, Vítor Pereira mandou a campo uma equipe longe do que considera a ideal. O Timão iniciou a partida com: Cássio, Fágner, João Victor, Raul Gustavo e Piton. Roni, Giuliano e Adson. Mantuan, Willian e Roger Guedes.

A partida começou com muita marcação no meio campo e poucas oportunidades de ataque. O Corinthians esbarrou, novamente, na falta de entrosamento e em um adversário disposto a fazer o tempo correr.

A arbitragem, sempre ponto de atenção contra os argentinos, fez vista grossa em todas ocasiões de cera, inverteu faltas e assinalava impedimentos parando os lances mesmo com a possibilidade de revisão do VAR.

Mas apesar das dificuldades, o juiz marcou pênalti quando Rojo atingiu com o cotovelo o rosto de Mantuan. Um pênalti ser marcado com tanta convicção para um time brasileiro contra o Boca é algo que beira o inacreditável, mas aconteceu.

Depois de 4 minutos de catimba, Roger Guedes foi pra bola e bateu para defesa do goleiro. Chute telegrafado.

Logo na sequência, Cássio operou um milagre em finalização de Benedetto.

Na reta final, Fágner sentiu problema muscular e acabou o primeiro tempo mancando.

O lateral não voltou do intervalo e Bruno Mendez fez sua reestreia pelo Timão.

Já na saída de bola, Willian carregou o lado esquerdo inteiro do Boca e cruzou, mas a zaga travou a finalização de Giuliano.

O camisa 10 mais uma vez foi o principal jogador do Corinthians.

Aos 10, Adson invadiu a área pela direita e foi derrubado pelo zagueiro. O juiz não marcou nada e sequer foi chamado pelo VAR. Deve ter alguma regra na Conmebol proibindo marcar mais de um pênalti contra o Boca.

Com um banco composto praticamente por garotos da base, Vítor Pereira resolveu mandar a campo os jogadores mais experientes e Roger Guedes, que ficou completamente apagado após perder o pênalti, saiu para entrada de Júnior Moraes e Adson deu lugar a João Pedro.

Na sequência, Willian foi derrubado e ficou no chão com fortes dores no ombro. A comissão já preparava a troca, mas o meia sinalizou que continuaria em campo. Aparentemente o ombro foi colocado no lugar e o jogador voltou para a partida, mostrando a garra corinthiana!

O camisa 10 voltou a partir pra cima dos adversários e sofreu falta na entrada da área. Quando todos esperavam uma cobrança de Willian para consagrar o roteiro, foi Piton que bateu fraco e o goleiro pegou sem problemas.

Willian sofreu nova entrada forte, caiu e dessa vez não suportou a dor e deu lugar a Fábio Santos.

A partir disso não houveram mais chances para o alvinegro abrir o placar.

O jogo chegou ao fim com 0x0 no placar e o confronto será decidido na Argentina!

O Timão mesmo com 8 desfalques conseguiu competir com um adversário tradicional e, além do pênalti desperdiçado, ainda criou mais 3 chances de gol. Quando exigido, Cássio impediu o gol adversário com ótimas defesas, mas não sofremos defensivamente.

A expectativa fica toda para a recuperação dos jogadores lesionados para a partida de volta na próxima semana.

Dadas as circunstâncias, o resultado pode ser considerado positivo.

Seguimos vivos e temos chances de voltar da Bombonera classificados!

#VaiCorinthians

 

*Fabio Oliveira é um brasileiro apaixonado por futebol e pelo Timão.

 

Sigam Vida Destra Esportes no Twitter: @EsportesVD, no Instagram: @esportes_vd, no Canal do Telegram: https://t.me/EsportesVD e venham participar também do nosso grupo de debates de esportes: https://t.me/BotecoVDE

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra Esportes. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Sigam
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments